Empresários de Cuiabá vão para Cuba tomar vacina Sputnik V #boato

Boato – Um grupo de empresários de Cuiabá (MT) vai para Cuba tomar a vacina Sputnik V contra a Covid-19. Tudo ocorrerá em um acordo com o presidente Raúl Castro, que receberá R$ 1 milhão.

A lentidão da vacinação no Brasil e os seguidos recordes de casos e mortes por Covid-19 no país têm feito com que “planos mirabolantes” apareçam por aí. O grande problema ocorre quando alguns desses planos são levados a “sério demais”.

De acordo com publicações que apareceram na web, um grupo de empresários da cidade de Cuiabá vai para Cuba para tomar a vacina contra a Covid-19 russa Sputnik V. O texto aponta, ainda, que os tais empresários iria gastar R$ 2 milhões para fretar um avião, R$ 600 com hospedagem e doar R$ 1 milhão para o “presidente de Cuba” Raúl Castro. Leia trechos da mensagem que circula online:

Empresários de Cuiabá vão fretar avião para tomar Sputnik V em Cuba Presidente de Cuba, Raul Castro, deve autorizar vacinação de grupo de cuiabanos ao custo de R$ 1 milhão, que será doado ao sistema de saúde pública de Havana.

Empresários de Cuiabá vão para Cuba tomar vacina Sputnik V?

A tal história gerou muita repercussão em redes sociais. Há, inclusive, pessoas de esquerda se utilizando politicamente da situação (brincando com o famoso “vai para Cuba”). Independentemente de como surgiu essa história maluca, uma coisa é fato: os tais empresários não vão “conseguir” tomar a vacina contra Covid-19 Sputnik V em Cuba.

O enredo da história, por si só, é muito nebuloso. Apesar de “detalhes” estarem sendo mostrados na tal combinação, não há sequer o nome dos tais empresários ou como se deram as tratativas com o governo de Cuba”. E aí, uma outra versão da história começa a esclarecer o mistério.

O que, de acordo com esse site, ocorreu foi uma conversa em um grupo no WhatsApp. Detalhe: a própria matéria aponta que a conversa ocorreu em um tom de brincadeira (sabe, conversa de grupo de zap).

Para além disso, o texto que circula online (não sabemos se induzido pela própria conversa no WhatsApp) aponta para duas informações que, digamos, torna a viagem para Cuba, inviável aos tais empresários.

A primeira delas aponta para um “acordo” com o “presidente” Raúl Castro e a doação de R$ 1 milhão para a “saúde de Cuba”. Só que Raúl Castro não é mais presidente de Cuba. O presidente do país, desde 2018, é Miguel Díaz-Canel (tão sabendo bem, né?).

A segunda é que é citada a “vacina Sputnik V”. Porém, Cuba não tem aprovação para aplicação (nem emergencial) da vacina. Ao todo, 51 países têm autorização para aplicar a vacina russa contra Covid-19. Cuba não é um deles.

Para jogar uma “pá de terra” na história, o próprio Consulado Geral de Cuba em São Paulo negou que esteja combinando a tal “viagem” com os empresários de Cuiabá. Por meio de nota (publicada também no site G1 MT), foi dito o seguinte (traduzido):

Nota de esclarecimento. Foi publicado um artigo no site [site] e que se diz que empresários de Cuiabá (Brasil), vão fretar um avão para se vacinar em Cuba com a vacina Sputnik V por um custo de R$ 30 mil por pessoa. Essa notícia é completamente falsa. Cuba nunca faria tal coisa com a finalidade de cobrar grande somas em troca de um serviço humanitário. Além disso, Cuba não dispõe, em nenhum caso, da vacina Sputnik V, muito menos para comercializá-la. As notícias falsas têm um objetivo de causar dano, o que é doloroso em uma conjuntura tão difícil como a que vive a humanidade agora. Consulado Geral de Cuba em São Paulo.

Muito provavelmente, a história surgiu após uma notícia de alguns meses atrás (que não conseguimos confirmar) de que Cuba, após a aprovação de sua vacina (a Soberana, que ainda está em fase de testes) iria vacinar qualquer pessoas que estivesse na ilha e desejasse (independentemente da realidade). Nada a ver com a Sputnik V, doação ao governo ou outra coisa.

Resumindo: a história que aponta que empresários de Cuiabá vão a Cuba para tomar a vacina contra Covid-19 da Sputnik V é falsa. Não passa de uma história que passou a ser tomada como real (mesmo sem verossimilhança e com informações erradas) e foi desmentida pelo próprio governo cubano.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/3kWrohw
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet