Charles Hoffe, Dolores Cahill e Sherri Tempenny estão certos ao falar de danos irreversíveis da vacina contra Covid-19 #boato

Boato – Médicos Charles Hoffe, Dolores Cahill e Sherri Tempenny estão certos em alertar toda a população sobre danos irreversíveis da vacina contra a Covid-19.

Adeus ano velho, feliz ano novo (que, no mundo das fake news, não tem absolutamente nada de novo). Encerramos o ano de 2021 repletos de histórias falsas que questionavam a segurança e eficácia das vacinas. Infelizmente, o ano de 2022 não começou diferente. Na realidade, começou exatamente igual.

De acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, as vacinas contra a Covid-19 causariam danos irreversíveis ao corpo humano. Segundo a publicação, a prova seriam os relatos dos médicos Charles Hoffe, Dolores Cahill e Sherri Tempenny.

Ainda de acordo com a história, os vacinados contra a Covid-19 estariam apresentando casos de coagulação do sangue, AVC, trombose e ataque cardíaco. Segundo a publicação, o objetivo da vacinação em massa seria matar uma grande parte da população nos próximos 6 meses sem levantar alardes. Confira:

“GRAVÍSSIMO: Vacinados estão coagulando o sangue, causando AVC, trombose e ataque cardíaco – ‘epidemia de mal súbito’As vacinas Covid estão causando coagulação do sangue, que por sua vez causam AVC, trombose e ataque cardíaco alerta especialistas.* ’O PIOR AINDA ESTÁ POR VIR, AVISA O MÉDICO CANADENSE DR. CHARLES HOFFE. O médico canadense, Dr. Charles Hoffe deu um aviso terrível, dizendo que o “mecanismo de lesão” das vacinas da COVID-19 está “causando danos permanentes” aos órgãos que não podem se regenerar e que “o pior ainda está por vir”. ’Porque, você sabe, existem alguns tecidos em seu corpo, como intestino, fígado e rins, que podem se regenerar em um grau bastante bom. Mas o cérebro, a medula espinhal, o coração, os músculos e os pulmões não. Quando eles são danificados, são permanentes ”, disse Hoffe. Como todos esses jovens que agora contraem miocardite por causa dessas injeções, eles têm o coração danificado permanentemente. Não importa o quão leve seja, eles não serão capazes de fazer o que costumavam fazer porque o músculo cardíaco não se regenera. Portanto, esta é a preocupação terrível.’ *

Dr. Shankara Chetty, um médico de família sul-africano que é creditado por melhorar o tratamento precoce para o coronavírus (Covid-19), diz que o objetivo do programa de “vacinação” em massa é “controlar e matar um grande parte da nossa população sem que ninguém suspeitasse que fomos envenenados.’* ’As mortes que se seguem às vacinações nunca poderão ser atribuídas ao veneno. Eles serão muito diversos, haverá muitos, e eles estarão em um período de tempo muito amplo para que possamos entender que fomos envenenados.’- Dr. Shankara Chetty A professora Dolores Cahill, de Dublin, também estimou que pelo menos 30% dos vacinados morrerão em poucos meses. A Dra. Sherri Tempenny explica como as vacinas Covid começarão o processo de despovoamento da população nos próximos 3-6 meses. Ela e outros cientistas previram que milhões de pessoas poderiam morrer e que suas mortes seriam atribuídas a uma nova cepa de COVID, para continuar o feedback de vacinas e mortes, sendo exatamente o que estamos vendo agora. Aos VACINADOS… É FUNDAMENTAL fazer o exame D-dimero para mensurar fatores da atividade de coagulação, segundo a Dra. Carine Petri”.

Charles Hoffe, Dolores Cahill e Sherri Tempenny estão certos ao falar de danos irreversíveis da vacina contra Covid-19?

A informação, obviamente, viralizou nas redes sociais, em especial, no Twitter e no Instagram, deixando muitas pessoas preocupadas. Apesar disso, a história não é real. A explicação fica por conta das inúmeras fake news que embasaram a publicação.

Ao ler a história, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque ela apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista e a falta de fontes confiáveis. Além disso, não é novidade para ninguém que fake news sobre esse assunto já estão circulando há algum tempo na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu dezenas delas aqui.

Ao buscar por mais informações em fontes confiáveis, nada encontramos. Se isso não bastasse, descobrimos que a informação chegou ao Brasil graças a um site negacionista bastante conhecido pelos brasileiros. Além de ser conhecido por compartilhar informações falsas, há alguns meses o mesmo site divulgou uma história que afirmava que a vacina contra a Covid-19 causaria Aids.

E bem, a acusação feita pela história não se sustenta. De acordo com dados do próprio Ministério da Saúde, as chances de alguém ficar internado por causa de uma infecção por Covid-19 é 257 vezes maior do que um vacinado contra a doença apresentar reações adversas graves. Já o risco de morte é quase 57 vezes maior. Por isso, não faz o menor sentido não se vacinar contra a Covid-19, usando a justificativa de trombose (AVC, ataque cardíaco etc). Hábitos muito comuns, como fumar ou tomar anticoncepcionais, apresentam riscos muitos maiores de trombose do que a vacina. Além disso, os efeitos colaterais raros da vacina surgem, no máximo, após algumas semanas. Ou seja, se uma pessoa vacinada apresentar qualquer sintoma, pode procurar um profissional a tempo. E o histórico de diversas vacinas mostram que as reações ocorreram quase que imediatamente, em um período muito curto.

Se isso não bastasse, a história de hoje apresenta diversas acusações falsas e equivocadas que já foram desmentidas, inclusive, pela equipe do Boatos.org. A afirmação do médico Charles Hoffe foi desmentida por dois serviços de checagem. De acordo com a Reuters, o exame Dímero-D analisa a presença dessa proteína no organismo. Uma alta concentração de Dímero-D pode ser um indicativo de coágulos sanguíneos. Entretanto, outras coisas também podem elevar a quantidade dessa proteína no organismo, como uma gravidez, tabagismo e idade avançada. Já segundo a checagem da AAP, não existem evidências que sustentem a afirmação do médico.

Já as teorias das médicas Dolores Cahill e Sherri Tempenny também já foram desmentidas no Boatos.org. Como já explicamos por aqui, essa história de que 30% da população vacinada irá morrer dentro de 3 meses é pura balela. Uma ação como essa causaria desconfiança e ficaria bastante óbvia. Além de que uma análise simples nos frascos de vacina poderiam comprovar toda a farsa. Se isso não bastasse, milhões de pessoas ao redor do mundo já se vacinaram contra a Covid-19 e estão muito bem, obrigada!

Em resumo: a história que diz que os médicos Charles Hoffe, Dolores Cahill e Sherri Tempenny estão certos ao afirmar que a vacina contra a Covid-19 causa danos irreversíveis é falsa! A história de hoje apenas reúne um monte de fake news negacionistas já desmentidas não só aqui no Boatos.org, como em agências de checagem ao redor do mundo. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso