Carne de urubu é vendida como de galinha caipira em feira de Manaus, no Brasil #boato

Boato – Polícia descobriu que carne de urubu estava sendo vendida como se fosse de galinha caipira em uma feira de Manaus (ou Belém), no Brasil. Fotos mostram o animal sendo preparado.

Quando o assunto é alimentação, todo cuidado é pouco. Afinal, é a nossa saúde que está sob risco quando comemos (como dizem por aí) “gato por lebre”. E, de acordo com mensagens que circulam em redes sociais, estão, na realidade, comendo “urubu por frango” em Manaus, Belém e outras cidades brasileiras.

Imagens de cabeças de urubu e de um animal depenado (que supostamente seria da espécie) estão circulando na internet junto com a denúncia de que estão vendendo carne de urubu como se fosse de galinha caipira. Vimos versões da história falando de cidades como a de Belém, mas, graças à colaboração de alguns veículos de mídia locais, a versão mais recorrente aponta que o caso ocorreu em uma feira de Manaus.

Os textos apontam que há um mercado de carnes clandestinas nas ruas da capital do Amazonas e que o preço da unidade da ave seria de R$ 5. Leia trechos de duas das versões da história que circularam em redes sociais.

Confira o desmentido em vídeo

Versão 1: Bizarro! Manauaras em perigo; Carne de Urubu está sendo vendida na Cidade de Manaus como frango Um novo mercado de carnes clandestinas circula pela capital amazonense. Homens oferecem carne de Urubu dizendo que é galinha caipira, segundo informações repassadas ao portal O Abutre.

Os animais são capturados com linha de pesca e anzóis com isca, depois são tratados e embalados e passam a ser vendidos nas ruas de Manaus. O preço é 5 reais a unidade, a Fonte que nos passou a informação diz que foi vítima do golpe e alerta a população a ter cuidado, se oferecerem galinha caipira, cuidado! Você pode estar comprando carne de Urubu.

Versão 2: Urubus são vendidos como galinha caipira nas ruas de Manaus Os amazonenses estão comprando “gato por lebre”, ou melhor, urubu por galinha caipira. A denúncia é do site de notícias O Abutre, que publicou fotos postadas em redes sociais mostrando as aves sendo depenadas e vendidas nos bairros de Manaus ao preço “promocional” de R$ 5.

Segundo a denúncia, o comércio é feito nas ruas da cidade em carros que circulam anunciando a venda do produto clandestino. As fotos mostram urubus já abatidos, preparados e embalados para o consumo. Ainda de acordo com a publicação, os urubus são capturados com linha de pesca e anzóis com isca. […]

Carne de urubu é vendida como galinha caipira em feira de Manaus, no Brasil?

Muita gente ficou assustada com a história e saiu compartilhando as fotos por aí. Mas será mesmo que a informação que aponta que carne de urubu está sendo vendida em Manaus (ou em qualquer outro lugar do Brasil)? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Apesar de as notícias terem saído em alguns veículos, um detalhe nos incomodou: as características do texto. Apesar de ter uma “cara” de notícia, ele é extremamente vago (faltam informações sobre as pessoas que estavam vendendo, o local etc), alarmista e não cita fontes confiáveis (em alguns casos, citavam um site manauara como o “denunciante”, que, por sua vez, citava “as redes sociais” como fonte).

Sem muitos indícios sobre a história, resolvemos fazer uma busca pelas imagens dos supostos urubus vendidos no Brasil. Foi aí que descobrimos que a foto circulou em países de língua espanhola muito antes de chegar por aqui.

Ao fazer uma busca reversa pelo “caso do urubu vendido como frango”, descobrimos que a história “chegou ao Brasil” por volta do dia 3 de janeiro. Porém, descobrimos registros de imagens que viralizaram no México e outros países da América Central no dia 29 de dezembro do ano passado.

O primeiro lugar que achamos registros da história foi Honduras. Depois disso, vimos a denúncia circulando pela Nicarágua, Costa Rica e México. Todas as denúncias linkadas aqui são do dia 29/12/2019. A partir daí, vimos versões no México (algumas falavam que o “caldo do urubu” estava sendo vendido como um produto medicinal). Só alguns dias depois que a denúncia “virou brasileira”.

Resumindo: a história que aponta que carne de urubu está sendo vendida em uma feira de Manaus é falsa. Com tantas versões circulando na web, fica difícil saber o local real da venda. Porém, a cronologia da denúncia e a falta de repercussão entre autoridades no Brasil já nos faz ter certeza que a venda das aves das imagens não ocorreu por aqui.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/36oLGIe

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet