Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Produto anunciado como remédio natural no Facebook não elimina quilos de gordura e nem foi desenvolvido pela UFPR

Produto anunciado como remédio natural no Facebook não elimina quilos de gordura e nem foi desenvolvido pela UFPR

Cabeleireira eliminou quilos de gordura com remédio natural desenvolvido pela UFPR e vendido no Facebook, diz boato (Foto: Reprodução/Internet)

Boato – UFPR desenvolveu remédio natural, vendido no Facebook, que elimina quilos de gordura pelas fezes e cabeleireira já usou e comprovou. 

Análise

No mundo das fake news, começamos 2024 não muito diferentes de 2023. Na internet, as mesmas histórias seguem circulando e tentando enganar os internautas. Exemplo disso são os famosos golpes que aterrorizaram os internautas em 2023.

De acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, uma cabeleireira paulista teria emagrecido 14,3kg, em apenas 34 dias, após usar um remédio natural desenvolvido pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Segundo a história, o remédio natural seria capaz de digerir e eliminar até 4kg de gordura por semana pelas fezes. Confira:

“Cabelereira paulista emagrece 14,3 Kg em 34 dias de quarentena com remédio natural vendido pela internet! Composto desenvolvido na Universidade do Paraná é a grande aposta dos espeacialistas para diminuir a obesidade no Brasil. Recentemente, um estudo realizado na Universidade do Paraná descobriu um composto muito potente capaz de digerir gorduras no organismo e eliminar até 4 kg de gordura por semana pelas fezes.

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

É isso mesmo que você leu: 4 kg de pura gordura sendo eliminados pelas fezes, sem esforço nenhum. Natural e 100% livre de efeitos colaterais, o composto apelidado de “papa gordura”, é a solução para quem precisa perder peso rápido e não aguenta mais fazer dietas da moda ou passar horas se exercitando. E foi graças a esse composto que a cabelereira Andressa Moreira, de 41 anos, conseguiu emagrecer 14,3 kg em apenas 34 dias de quarentena, sem fazer dietas e sem se expor ao vírus fazendo exercícios.

“Confesso que eu comprei esse produto com muito medo. Eu achava que seria só mais um remédio milagroso para emagrecer que aparece todos os dias para mim… Mesmo assim eu resolvi arriscar, eu precisava emagrecer rápido.” “Comecei a tomar o produto no dia 29 de Março. Segui a recomendação: duas cápsulas por dia apenas, uma 30 minutos antes do almoço e outra 30 minutos antes da janta.” “Nos dois primeiros dias eu não senti diferença nenhuma e comecei a desconfiar do produto… No terceiro dia eu me assustei! Fui ao banheiro fazer as necessidades e observei algo diferente… Eu estava eliminando gordura pelas fezes (é um pouco nojento, confesso).””.

A história não demorou muito para se espalhar nas redes sociais, em especial, no Facebook (onde está sendo patrocinada) e deixou muita gente curiosa. Entretanto, a história apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista, a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias sobre o assunto. Além disso, o site usado para fazer a divulgação do produto copiou o layout da página Bem Estar, do g1.

A partir daí, coletamos mais informações e vamos te explicar em três etapas o motivo para não acreditar nessa história: 1) É verdade que a Universidade Federal do Paraná lançou um remédio natural que elimina gordura pelas fezes? 2) O g1 fez alguma matéria da Cabeleireira que tomou o remédio e eliminou gordura? 3) Você deve comprar o remédio em questão?

Checagem

É verdade que a Universidade Federal do Paraná lançou um remédio natural que elimina gordura pelas fezes?

Não. Não existe nenhuma pesquisa sobre isso e nenhum remédio capaz de tal coisa (o que, por sinal, seria algo bizarro). Para começo de história, a gordura não é eliminada do nosso corpo pelas fezes. Na realidade, a maior parte da gordura presente em nosso organismo se transforma em dióxido de carbono e é eliminada pela respiração. A outra parte se une à água e acaba sendo excretada pela urina e outros fluidos corporais, como suor e lágrima.

Se isso não bastasse, a foto do profissional da saúde usada na suposta matéria não tem nenhuma relação com a UFPR ou com a perda de peso. O homem que aparece na imagem é o médico psiquiatra Alessandro de Matos Santos, de Dourados (MS). A imagem usada na história foi feita pelo fotógrafo Hédio Fazan e ilustra uma reportagem do jornal O Progresso, publicada no dia 9 de março de 2015.

O g1 fez alguma matéria da cabeleireira que tomou o remédio e eliminou gordura?

Não. Na realidade, se trata de um link falso que imita o layout da página Bem Estar, do g1. É um golpe. E assim como outros golpes, a história de hoje usa o anúncio de algo que não possui evidências científicas e fotos que não são das pessoas citadas. A primeira imagem que, supostamente, mostraria a cabeleireira sequer é do Brasil. Na verdade, a foto pertence à canadense Joanna Wilcox, que compartilha toda a sua vida fitness em sua página no Instagram.

Ela é praticante da dieta cetogênica há anos e também segue uma rotina intensa e constante de exercícios físicos. A foto em questão foi publicada no dia 14 de novembro de 2017, quando Joanna Wilcox explicou um dos motivos para começar a mudar seus hábitos de saúde. Além disso, as outras imagens usadas na história de hoje também já foram utilizadas em outras vendas de produtos para emagrecer em diversos países, como Peru e Colômbia.

Você deve comprar o remédio em questão?

Definitivamente não. Além de não existir nenhuma evidência científica sobre os benefícios e a segurança do uso do produto, os vendedores ainda usam informações falsas e imagens não autorizadas de pessoas para divulgar o produto. E as pessoas que aparecem na divulgação não emagreceram usando o tal produto. Ou seja, os resultados propostos na divulgação não são garantidos e você ainda pode estar colocando a sua saúde em risco.

Conclusão

Fake news ❌

A UFPR não desenvolveu um remédio natural que elimina quilos de gordura e está sendo vendido no Facebook. O site usado para fazer a divulgação copiou o layout da página Bem Estar, do g1. Além disso, o produto divulgado não possui evidências científicas (a gordura sequer é eliminada do nosso organismo pelas fezes). Se isso não bastasse, as imagens usadas na divulgação foram retiradas da internet e sem autorização. A imagem do profissional é de um médico psiquiatra, de 2015. Já a imagem que supostamente mostraria a cabeleireira que perdeu mais de 14kg em apenas 34 dias é da canadense Joanna Wilcox, que perdeu peso com a dieta cetogênica e uma rotina intensa de exercícios físicos.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).