Besouro potó deixa entra em ouvido de homem e o deixa cego #boato

Boato – Dr. Rosenberg, do HU, alertou sobre o perigo do besouro potó que deixou um homem cego depois de entrar em seu ouvido.

Falamos há pouco tempo sobre a chegada do verão e a alta temporada de tempestades. Esclarecemos inclusive uma história bizarra sobre uma tempestade que supostamente ocorreu em Campos do Jordão (confira aqui, se ficou curioso(a)). Acontece que com as temperaturas quentes do verão, não é “só” com tempestades que as pessoas estão preocupadas.

A proliferação de insetos, típicos do calor e da umidade, também já está incomodando muitas pessoas pelo Brasil. E mais, esses insetos estão até causando tragédias. Segundo uma história compartilhada no Facebook, é preciso combater o besouro potó, pois um desses bichinhos deixou um homem cego de uma forma, digamos, peculiar.

A mensagem repassa o alerta emitido pelo “Dr. Rosenberg” quem supostamente contou sobre a cegueira causada pelo besouro depois que ele entrou no ouvido de um pobre homem e atingiu o nervo ótico, liberando um ácido. Confira o aviso completo:

ATENÇÃO: Pessoal, Dr. Rosenberg me pediu para alertar a todos sobre o perigo desses besouros chamados ” potós”. Esta tendo uma enorme quantidade deles nas ruas e nas casas. Pediu pra dizer que tem um homem no HU que ficou cego depois que um desses bichos entrou pelo seu ouvido , fez um percursso la dentro, atingiu vários nervos, incluindo o nervo ótico e ele ficou cego.

O potó libera um ácido por onde passa. Voltando da caminhada encontrei com ele colocando fogo em varios besouros na calçada da casa dele. Daí ele me pediu para dar o alerta no grupo . Disse pra antes de dormir, checarmos colchão, travesseiro e cobertas. E disse que iria passar sobre isso no jornal local. OBS: COLOCAR ALGODÃO NOS OUVIDOS

Médico disse que besouro potó deixou um homem cego após entrar em seu ouvido?

A história está dando o que falar no Facebook. Muita gente tem compartilhado o aviso confiando no recado do tal Dr. Rosenberg, mas o caso da cegueira não é verdade e o médico não disse nada sobre isso. Agora, vamos aos detalhes.

Começando pela mensagem, ela é muito suspeita. Apresenta todas as características de boatos: é alarmista, não apresenta informações específicas (como o lugar do ocorrido ou quando o suposto caso da cegueira aconteceu). Além disso, não dá muitas informações sobre o doutor e possui erros de ortografia.

Depois, quando procuramos informações sobre os besouros potó, o que encontramos é que, de fato, os bichos estão incomodando bastante em Minas Gerais. Especificamente na cidade de Januária (Minas Gerais), a alta quantidade desses insetos pelas ruas, estabelecimentos e casas até virou notícia. Os besouros realmente causam queimaduras ao liberarem um ácido quando se sentem ameaçados. No entanto, nada sobre um homem que ficou cego porque o besouro entrou em seu ouvido foi reportado.

Como mencionamos no começo do texto, esses insetos adoram calor e umidade, logo, têm incomodado em cidades com esses perfis de clima. Em 2013, também noticiaram problemas causados pelos insetos no Piauí e até se comentou que um bichinho desses causou uma queimadura muito próxima ao olho de um fotógrafo. Ainda assim, nada de cegueira.

Por fim, o portal WebTerra (site de notícias da região de Montes Claros) encontrou o mencionado Dr. Rosenberg da mensagem compartilhada. O médico cardiologista desmentiu que tenha atendido qualquer caso de um homem que ficou cego por causa do besouro potó.

Conforme esclarecido ao site, Rosenberg também não trabalha no HU e apesar de ter de fato dado recomendações à população de Montes Claros sobre os insetos, a parte do homem cego foi inventada. O HU de Montes Claros igualmente desmentiu a ocorrência da cegueira em um paciente por causa do potó em nota. Leia:

“A respeito de um possível caso de cegueira em paciente atendido no Hospital Universitário Clemente de Faria após a entrada de um besouro “potó” no ouvido, a instituição não confirma este acontecimento. Tem chegado ao nosso Pronto – Socorro, pacientes com relatos do caso, e que, após exame médico, se constata a presença do inseto, o mesmo é retirado, sem outras complicações. Pedimos atenção e cuidado com casos de notícias falsas, que não devem ser repassadas sem a devida apuração prévia dos fatos, pois tais situações podem trazer transtornos a instituições e pessoas”.

Resumindo: não é verdade que um besouro potó deixou um homem cego depois de entrar em seu ouvido. Não encontramos qualquer prova disso e até mesmo o médico citado na história e o HU esclareceram que é mentira. Mais um “boato de verão”, que nem começou ainda.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Um comentário em “Besouro potó deixa entra em ouvido de homem e o deixa cego #boato

  • 07/11/2018 em 10:02
    Permalink

    Que eu saiba, potó é outro inseto, diferente do besouro da foto. Aqui no meu estado (Tocantins) tem bastante. Pensei se tratar de troca de nomes, devido a regionalismo, mas creio que não. Potó é potó em todo lugar mesmo hehehe Vou linkar aqui um site que encontrei na internet, com as fotos dos dois bichinhos ( o seu potó e o meu!), juntinhos.
    http://www.portalpatos.com/noticia.asp?id=47227

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)