Pastor Júlio César gravou áudio no WhatsApp antes de se suicidar #boato

Boato – Pastor Júlio César Silva gravou um áudio no WhatsApp dias antes de tirar a própria vida em que desabafa sobre a vida de um pastor.

Dentre todos os tipos de informação, uma das mais complicadas de se noticiar são as que falam do suicídio. Há uma corrente no jornalismo que aponta que não se deve publicar esse tipo de informação pois incentivaria a prática. Nos últimos tempos, outra corrente tem defendido que é importante tocar no tema, mas de forma delicada.

O que muitos não previam é que, com a chegada da internet, informações sobre pessoas que tiram a própria vida são publicadas sem filtro algum. Pior do que isso, há vezes em que informações falsas fomentam que esse tipo de notícia circule. É o caso da história de hoje.

No início do mês de dezembro de 2017, o pastor Júlio César Silva, ex-presidente da Assembleia de Deus Ministério de Madureira, tirou a própria vida. O corpo dele foi encontrado no município de Araruama. Após a divulgação da notícia, começou a circular um áudio no WhatsApp que seria um desabafo dele antes de cometer suicídio.

No arquivo, Júlio César teria falado das dificuldades de ser pastor. Entre outras coisas, ele havia falado que a igreja também tem que cuidar de seu pastor e que há uma cobrança imensa sobre ele (o vídeo poderá ser visto na segunda parte deste texto).

O áudio viralizou no WhatsApp e no Facebook. Junto ao arquivo, uma mensagem dizia o seguinte: “Pastor que suicidou-se, escute importantíssimo. Palavra de desabafo do Pastor Júlio César Possivelmente o que ele estava passando”. Outra mensagem também deixava uma mensagem: “Áudio do pastor Júlio César a sua igreja dias antes de tirar sua vida….Deixou uma mensagem importante a todos. -Seu pastor não é super herói – ele também passa por problemas……. (Ame seu pastor)”.

Pastor Júlio César gravou áudio de desabafo no WhatsApp antes de se suicidar?

Ocorreu um fenômeno interessante com a história. Ao ponto que a morte do pastor Júlio César fez a mensagem viralizar, a mensagem fez com que se falasse mais no caso. Só há um detalhe nisso: o arquivo não foi gravado por ele. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De fato, o vídeo retratou uma angústia real de um líder de uma igreja e até pode ser (ou também pode não ser) que Júlio César também estivesse passando por problemas com o cargo. Mas o fato é que a filmagem que viralizou é de um líder de uma igreja do interior de São Paulo e não tem nada a ver com o caso. Assista ao vídeo completo abaixo:

Outro detalhe: o vídeo postado acima, também por outro pastor, tem dois anos de publicação. Ou seja, é impossível que tenha sido pouco antes do religioso tirar a própria vida. A filmagem é antiga.

Atualização: achamos outra versão do vídeo (enviada por uma leitora nossa no WhatsApp), postada há mais de cinco anos no Youtube. Ou seja: o vídeo tem, no mínimo, cinco anos de existência.

Resumindo: a história que aponta que o pastor Júlio César gravou um áudio no WhatsApp antes de tirar a própria vida é falsa. O áudio foi retirado de uma pregação antiga em outra igreja. Mais importante do que tudo isso é o fato que, mesmo que alguém esteja sofrendo, não há e nem se deve ter justificativas para o ato de se suicidar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)