Papa apela para Trump aprovar lei do descanso dominical #boato

Boato – Atenção Adventistas! O papa Francisco está apelando para Trump aprovar a lei do descanso dominical ainda neste mês.

No mundo há inúmeras igrejas em que pessoas se reúnem em torno de uma crença. Cada uma tem algumas regras a se seguir. Por exemplo: de acordo com os católicos, o dia de descanso é o domingo. Já para os adventistas, membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o descanso é no sábado (justamente o “sétimo dia”).

Essa divergência em relação ao “dia de descanso” está sendo alimentada por um texto que aponta que o papa Francisco pediu ao presidente Donald Trump que aprovasse a lei do descanso dominical ainda neste mês. Junto ao texto estaria um pedido do presidente da conferência geral da Igreja Adventista do Sétimo dia, Ted Wilson, para adventistas do mundo inteiro orarem por sete dias e que a mensagem fosse enviada a todos. Leia (reprodução do Facebook):

Print da notícia falsa que fala que papa pediu para Trump aprovar descanso dominical
Print da notícia falsa que fala que papa pediu para Trump aprovar descanso dominical

Papa apelou para Trump aprovar lei do descanso dominical?

A história circulou muito na internet e deixou, de fato, adventistas apreensivos. Mas será mesmo que o papa quer que Trump aprove a lei do descanso dominical ainda neste mês e que Ted Wilson pediu para que todos orassem por isso? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Para começar, o texto segue aquele velho enredo dos boatos de internet: é alarmista, tem informações vagas, não cita fontes e pede compartilhamento (tem alguns errinhos de vírgulas no texto, mas até que não é tanto). Você sabe que notícias assim são mais do que suspeitas.

Com base nisso, fomos procurar por mais informações a respeito do assunto e descobrimos que se trata de um boato antigo. A tal história de o “papa apelar para o presidente” vem desde o tempo em que Obama era o mandatário norte-americano. Detalhe: nem no tempo de Obama, muito menos no de Trump há qualquer informação de pedido de aprovação do descanso dominical.

Na época do primeiro boato, a própria Igreja Adventista desmentiu a história. Em nota divulgada na página oficial da igreja, é dito que há o pedido de maior comunhão com Deus, porém não há a motivação do pedido do papa. Leia:

Em nenhum momento, no entanto, o presidente mundial solicitou que os cristãos orassem por conta de uma pressão exercida pela liderança de alguma igreja em relação a algum governo para decretar qualquer lei que pudesse impedir a liberdade de expressão religiosa.

A nota ainda pede que não seja compartilhada a informação: “Se você receber a mensagem abaixo, que começa com uma declaração falsa, NÃO REPASSE OU COMPARTILHE DE FORMA ALGUMA”, diz.

Resumindo: a informação que aponta que o papa pediu para Trump aprovar a lei do descanso dominical e que os adventistas estão em alerta é falsa. Trata-se de um boato que já circulou anteriormente na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Papa apela para Trump aprovar lei do descanso dominical #boato

  • 18/05/2018 em 00:48
    Permalink

    Manter comunhão diaria com Deus deve ser uma prática tão natural quanto respirar, a palavra de Deus nos ensina a esperar e apressar o Dia de Deus, no sentido de que devemos testemunhar a respeito do Evangelho.Certamente que o Inimigo de Deus está trabalhando e fazendo a sua parte e nós devemos fazer a nossa; pregar o Evangelho e consagrar nossa vida a Deus.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)