Papa pede orações e revela que guerras no Oriente Médio e Crimeia vão se espalhar para o mundo #boato

Boato – Papa Francisco diz que guerras no Oriente Médio, Ucrânia e Crimeia vão se espalhar pelo mundo e pede para que as pessoas orem intensamente.

O conflito entre Estados Unidos e Irã causou tensão no mundo todo. No dia 3 de janeiro de 2020, os Estados Unidos lançaram um ataque por drones, em Bagdá, no Iraque, que matou o segundo homem mais poderoso do Irã, o general Qassem Soleimani.

A morte do general causou comoção entre os iranianos e o país prometeu revidar o ataque. De acordo com o líder supremo do Irã Ali Khamenei, a “vingança [contra os Estados Unidos] será severa”.

Nesse clima de tensão, muitas pessoas andam preocupadas. E, de acordo com uma publicação na internet, o papa Francisco teria pedido orações para a situação não piorar. Ainda segundo a postagem, o pontífice teria dito que teve uma visão do “Altíssimo” que mostrava que a guerra no Oriente Médio, Ucrânia e Crimeia iria se espalhar pelo mundo. Confira:

Olha o pedido do papa Francisco hoje.. Por favor, rezem! Com ar de revelação, do Altíssimo, o papa Francisco pede aos sacerdotes que abram as portas de suas igrejas e convide as pessoas a rezarem o Santo Rosário e rezem intensamente diante do Tabernáculo. O papa nos pede para ir às nossas paróquias ou a igreja mais próxima.

Ele advertiu o mundo dizendo: “A guerra no Oriente Médio e agora também na Ucrânia e na Crimeia se tornará muito séria e se espalhará. Para detê-los, devemos orar a Deus para derramar sua misericórdia sobre o mundo e que o Espírito Santo ilumine os governantes para terem consciência do bem e do mal e lutar juntos pela paz e pelo amor”.

Ele também pede aos sacerdotes que a Eucaristia seja simples e com amor. “Ore, ore, ore. Todos nos uniremos na oração todos os dias, onde quer que você esteja no mundo, no seu tempo preferido, ore, ore… Deixe tudo que esta fazendo e ore 3 vezes o Pai Nosso e 3 Ave Maria.” *Faça esta Oração à Deus para que envie Seu Espírito Santo a sobre Terra.*

Papa pediu orações e revelou que guerra no Oriente Médio e Crimeia vão se espalhar para o mundo?

É claro que o suposto pedido viralizou nas redes sociais e deixou muita gente preocupada, mas será que essa história de que o papa Francisco teria revelado que as guerras no Oriente Médio e na Crimeia vão se espalhar pelo mundo e teria pedido orações é verdade? A resposta é não!

Vamos aos fatos! É claro que, para quem tem fé, as orações são sempre boas e bem-vindas. Porém, nem o papa Francisco não é o autor de tal revelação, como o pedido de oração é antigo.

Uma leitura breve é o suficiente para abrir a porteira da desconfiança. O texto é vago, alarmista, possui erros de português, pedido de compartilhamento e não cita fontes confiáveis. Além disso, lembra muito os textos de correntes (do tipo: compartilhe, senão algo vai acontecer).

Vale ressaltar que o histórico de pedidos de orações, amém etc é bastante vasto na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas histórias, como a que dizia que a pastora Patrícia estaria vendendo orações por R$1.500. Há também o caso que apontava que o Estado Islâmico teria tomado Quaragosh e o papa teria pedido orações e, por fim, a história que dizia que o ministro Onyx Lorenzoni teria pedido orações para Bolsonaro curar fortes dores no corpo.

Ao buscar sobre declarações do papa em relação aos conflitos, encontramos um pedido de paz e diálogo. Sem citar o nome dos Estados Unidos ou Irã, o pontífice disse que “a guerra só traz morte e destruição”.

É importante destacar que a situação da Crimeia, citada no texto, já esteve pior. O ápice da crise aconteceu em 2014, quando ocorreu a revolução ucraniana de 2014 e o presidente Viktor Yanukovych foi deposto.

E foi exatamente em 2014 que encontramos as informações mais parecidas com o que diz o texto. Em 2014, durante os conflitos na Crimeia, o papa Francisco pediu orações silenciosas pela paz na Ucrânia e no Oriente Médio. É importante ressaltar que a informação é parecida, não igual. E apesar de pedir orações para a Crimeia e o Oriente Médio, o papa não previu que o conflito iria se alastrar.

Em resumo: a história de que o papa teria previsto que a guerra no Oriente Médio e na Crimeia iria se alastrar e teria pedido por orações é falsa! Sobre o pedido de orações, de fato, ele aconteceu, mas em 2014. Já em relação à previsão do aumento do conflito, isso é falso. Ou seja, tudo não passa de balela. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/36oLGIe