Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Religião > É falso que o papa Francisco tenha nomeado Alex Soros, filho de George Soros, como cardeal da Igreja Católica

É falso que o papa Francisco tenha nomeado Alex Soros, filho de George Soros, como cardeal da Igreja Católica

Papa Francisco nomeou Alex Soros, filho de George Soros, como cardeal, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O papa Francisco nomeou Alex Soros, filho de George Soros, como cardeal da Igreja Católica.

Análise

Tem circulado em redes sociais, por meio de prints de publicações em sites, mensagens que apontam para um ação polêmica do papa Francisco.

Os textos apontam que ele teria nomeado Alex Soros, filho do bilionário húngaro George Soros, como cardeal da Igreja Católica no Vaticano.

A ação é tratada como um “absurdo” por diversos motivos: um deles é pelo filho de George Soros não ser iniciado na Igreja Católica como sacerdote. Outro é porque seria a prova que a “Nova Ordem Mundial” (seja lá o que isso signifique) dominaria o Vaticano é Francisco. Leia algumas das mensagens que estão circulando online:

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

Versão 1: Bergoglio nomeou filho de George cardeal Alex Soros 37 herdeiro bilionário Cardeal Diácono da Igreja Católica Notícia caiu como bomba no Vaticano, que se profetiza terrível cisma que abalará os próprios alicerces numeroso colégio cardeais criado pelo papa nos últimos consistórios

Versão 2:Papa Francisco nomeia filho do magnata George Soros como cardeal da Igreja AD.- O Papa Francisco acaba de nomear Alex Soros, 37 anos, formado em História, herdeiro bilionário de George Soros, cardeal diácono da Igreja Católica. A notícia caiu como uma bomba nas fábricas de fofocas do Vaticano, nas quais se profetiza um terrível cisma que abalará os próprios alicerces do numeroso colégio de cardeais criado pelo Papa nos últimos consistórios.

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) É verdade que o papa Francisco nomeou Alex Soros como cardeal na Igreja Católica? 2) Há alguma chance de o papa nomear o filho de George Soros como cardeal da Igreja Católica? 3) De onde surgiu essa história que aponta para Francisco e Alex?

É verdade que o papa Francisco nomeou Alex Soros como cardeal na Igreja Católica?

Não. Assim como tantas outras mentiras que apontam para absurdos sobre ações do papa, trata-se de uma fake news que surgiu do nada com o intuito de gerar especulações sobre a Nova Ordem Mundial e a teoria QAnnon. Não há nada em qualquer fonte confiável ou oficial sobre o assunto.

Há alguma chance de o papa nomear o filho de George Soros como cardeal da Igreja Católica?

Aparentemente, não. Primeiro, porque não foi colocada nenhuma intenção por parte dos “Soros” para que Alex seja nomeado como cardeal. Isso, inclusive, não foi pauta no encontro entre o papa e Alex Soros que ajudou a fomentar o boato. Segundo, porque há um rito e regras para serem seguidas.

A mais relevante é que o cardeal precisa ter um título dentro da Igreja Católica (normalmente, é de bispo. Porém, pode ser de padre e ou diácono). Ou seja: Alex precisaria ser um padre, no mínimo, para ser nomeado cardeal.

De onde surgiu essa história que aponta para Francisco e Alex?

Conforme falamos, a história surgiu em sites que insistem em lançar fake news sobre uma suposta Nova Ordem Mundial. Trata-se de uma série de páginas que espalham desinformação a fim de gerar cliques e angariar fundos com algo totalmente fantasioso.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o papa Francisco tenha nomeado o filho de George Soros como cardeal. Trata-se de uma balela que surgiu de sites que sempre espalham fake news e não tem qualquer fundo de realidade.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)