Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Religião > É falso que o papa Francisco tenha excomungado o apóstolo Paulo da Igreja Católica

É falso que o papa Francisco tenha excomungado o apóstolo Paulo da Igreja Católica

Papa Francisco excomungou o apóstolo Paulo da Igreja Católica, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O papa Francisco excomungou o apóstolo Paulo da Igreja Católica por conta da “visão fascista” sobre mulheres e casamento.

Análise

Tem circulado em redes sociais, como o Facebook e o TikTok, mensagens que apontam que o papa Francisco teria tomado uma decisão drástica no dia do seu aniversário.

Francisco teria decretado a excomunhão do apóstolo Paulo da Igreja Católica. O motivo seria supostas posições fascistas em relação às mulheres e o casamento. Leia o texto que esta sendo compartilhado na internet:

Papa Francisco comemora 87 anos hoje e excomunga da igreja o Apóstolo Paulo pelas suas visões fascistas sobre as mulheres e o casamento.

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

Checagem

A parte de comentários do texto é um show de adjetivos negativos ao papa Francisco. Por isso, estamos aqui para responder às seguintes questões e checar a mensagem: 1) É verdade que o papa Francisco excomungou o apóstolo Paulo da Igreja Católica? 2) Qual é a visão de Paulo sobre mulheres e casamento? 3) O que o papa Francisco pensa sobre a visão do apóstolo sobre mulheres e casamento?

É verdade que o papa Francisco excomungou o apóstolo Paulo da Igreja Católica?

Não é verdade. A mensagem é uma fake news que brotou em redes sociais e não é balizada por nenhuma (nenhuma mesmo) fonte confiável ou oficial que aponte para a tal decisão do papa Francisco. Mais do que isso: descobrimos que a história surgiu em um site “de humor” (ou que tenta ser de humor) em inglês que só publica notícias falsas.

Qual é a visão de Paulo sobre mulheres e casamento?

Na passagem bíblica de Efésios 5:22-33, Paulo (ou São Paulo) apontou que as mulheres devem ser submissas ao marido como “ao Senhor”. Leia:

As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido

No contexto atual, a fala soaria, no mínimo, como misógina e machista. Porém, é preciso entender que a fala acaba apenas refletindo um visão (retrógrada) da época. Felizmente, este é um pensamento que está sendo superado.

O que o papa Francisco pensa sobre a visão do apóstolo sobre mulheres e casamento?

Não encontramos nenhum posicionamento direto do papa em relação ao trecho em questão da Bíblia. Sobre São Paulo, Francisco já falou que ele é um exemplo por ter mudado de vida por conta de Jesus Cristo. Sobre mulheres, ele tem uma visão de que a igreja deve se abrir para elas. Mesmo com, uma visão, provavelmente, divergente, em relação a de Paulo, o papa não o “excomungou”.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o papa Francisco tenha decidido excomungar o apóstolo Paulo por conta de uma visão sobre mulheres. A história surgiu em um site de notícias falsas e não reflete nenhuma decisão real da Igreja Católica.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)