Missionária cristã teve a boca costurada por afegãos islâmicos #boato

Boato – Uma missionária teve a boca costurada para que não pudesse pregar a palavra de Cristo. Quem fez isso foram afegãos islâmicos.

Volta e meia, surge na internet uma denúncia de missionários cristãos que estão sendo ameaçados em países dominados por outras religiões. Felizmente, nem todos os casos são reais. Um deles foi desmentido em 2014 no Boatos.org e será relembrado aqui.

De acordo com mensagens que circulam na internet, uma missionária cristã teve a boca costurada por afegãos islâmicos. O objetivo, de acordo com o texto, era que ela não pregasse a palavra de Cristo no Afeganistão. Leia uma das versões da mensagem que circula online em 2020:

Olha, esta missionária foi costurada pra não pregar a palavra de #Cristo. Por favor, vamos orar pela missionária que foi condenada a morte e que será morta amanhã por afegãos islâmicos. Tentem não demorar e passar essa mensagem bem rápido para que muitas pessoas estejam orando por ela

Missionária cristã teve a boca costurada por afegãos islâmicos?

A imagem da mulher (que é impressionante e não vamos exibir aqui) circulou muito na internet. Só que, como falamos antes, essa história é falsa. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

A mensagem (que, por sinal, tem as principais características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e não citar fontes confiáveis) já foi apreciada em 2014. Na época, a versão (que usava a mesma foto) apontava que a história teria ocorrido na Arábia Saudita. Relembre o que escrevemos na época:

O primeiro ponto que chama atenção é justamente a falta de informação da mensagem. O único dado que temos da história é o país do ocorrido. Não se diz em que cidade isso aconteceu, quando e o nome dos envolvidos. Procuramos se havia alguma história parecida relatada na internet. Como era de se esperar, não encontramos nada.

Há a hipótese de não termos encontrado nada. Mas aí veio a foto e derrubou de vez o boato. Ela, na verdade, pertence ao fotógrafo japonês Ryuchi Keroppi Maeda. A coleção mostra pessoas que fizeram mudanças extremas no corpo. No slideshow, a foto da “árabe” é a número 30.  

Vale citar, ainda, que o fato da mesma foto ter sido usado em duas histórias em países diferentes denota ainda mais a farsa e que, posteriormente ao desmentido do Boatos.org, a balela foi desmentida em sites como o Snopes (em 2015).

Resumindo: a história que aponta que uma missionária teve a boca costurada por islâmicos no Afeganistão é falsa. Não passa de mais um boato antigo que voltou a circular na internet em 2020.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2UyyDRF

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet