Igreja vai exigir certificado de virgindade para mulheres se casarem #boato

Boato – Papa Francisco anuncia que será necessário certificado de virgindade para que as mulheres possam se casar na Igreja Católica.

Como já dissemos várias vezes em textos anteriores deste site, o Papa Francisco é bem popular. Entre os fieis e mesmo na mídia, a cada passo ou nova declaração que dá, Bergoglio acaba virando notícia. Nem sempre elas são positivas, mas em se tratando de uma figura pública que tem tentado fazer diferente desde que assumiu o posto no comando da Igreja Católica , era de se esperar que as coisas fossem assim mesmo.

boato-afirma-que-igreja-exigira-certificado-de-virgindade-das-mulheres-que-quiserem-casar
Boato afirma que Igreja exigirá certificado de virgindade das mulheres que quiserem casar

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/39Tje3u

Confira o nosso Instagram:

Instagram

De tão “pop” que é, Francisco também acaba sendo alvo de muitas balelas na internet. Aqui mesmo já desmentimos várias histórias falsas envolvendo o pontífice. São tantas que renderam até uma lista.

E não é que o Papa segue sem trégua? A notícia mais recente relacionada a ele anuncia um novo escândalo – as mulheres supostamente terão que apresentar certificado de virgindade para se casar na Igreja a partir do ano que vem. Confira:

“Segundo notícias que circularam a internet no começo desse ano, o Papa Francisco teria anunciado na sua missa dominical que a partir do próximo ano todos os casamentos a serem celebrados pela Igreja Católica, terão como condição a noiva ter que apresentar um atestado de um médico afirmando que ela é virgem.

 O pronunciamento trata de argumentar que o Papa quer que as mulheres entrem puras no casamento, assim como é ditado pelos costumes religiosos, mais espera-se que esta medida só irá afectar aqueles que realmente quiserem (não será obrigatório).

 O Papa teria também sugerido que as mulheres que já não são virgens poderão casar sim, mas o seu vestido de noiva não poderá ser de cor branca, teriam de usar um vestido colorido, supostamente para dar a entender que a pessoa já não é pura, também esclareceu que este certificado não será solicitado a homens e por sua natureza.

Se a notícia for verdadeira, estima-se que o número de casamentos irá reduzir drasticamente!”

A Igreja irá exigir certificado de virgindade das mulheres?

Uma matéria que comece com “segundo notícias que circularam a internet” já não merece crédito logo de cara. Se termina com “se a notícia for verdadeira”, é um sinal pior ainda. E quando um assunto, digamos, polêmico, envolvendo a Igreja Católica e o papa “circula a internet”, mas não aparece em um veículo de renome sequer, é porque ele é boato.

Como se não bastasse o fato de que essa suposta exigência chocante não foi noticiada em nenhum lugar confiável, fomos dar uma olhada nos sermões do papa Francisco que a mídia não cobre regularmente, esses da homilia realizada na Casa Santa Marta, no Vaticano. Para nossa não surpresa, não encontramos nenhum sermão em que o papa comentasse tal exigência de certidão de virgindade. Na dúvida, estão todos acessíveis no Diário de Homilias, é só fuçar.

Além disso, fomos procurar no jornal do Vaticano, o L’Osservatore Romano. Afinal, algo tão impactante para os fieis da Igreja Católica com certeza apareceria na mídia da própria Igreja, certo? Pois lá, também não há nada sobre certificados de virgindade para que as mulheres queiram casar.

E não pensem que o papa nunca professou discursos sobre o casamento, nada disso. O pontífice já falou do tema várias vezes e, claro, em suas falas de maior destaque, a mídia fez disso notícia. Foi assim quando Francisco declarou que os divorciados não precisam se sentir excomungados e merecem frequentar a Igreja. Ou quando ele afirmou que grande parte dos casamentos hoje em dia são nulos (essa inclusive, rendeu muito na imprensa).

Resumindo, quando o papa Francisco fala, a mídia geralmente escuta, filtra o que quer e divulga o que julga mais importante. Uma exigência que invadiria a intimidade de mulheres católicas de todo o mundo e que, com certeza, inflaria discussões sobre machismo e feminismo, não ficaria de fora da grande imprensa ou das redes sociais. Logo, é boato. E que as noivas se casam de branco se quiserem.

PS: Esse artigo foi uma sugestão dos leitores Gabriel Cerqueira e Elza Augusta. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)