Governo de Pernambuco proíbe transmissão de missas e cultos religiosos online #boato

Boato – No decreto que endurece as regras de isolamento social, o governo de Pernambuco proibiu a realização e transmissão de missas e cultos religiosos online no estado.

O crescimento no número de casos e mortes causados pelo novo coronavírus tem feito alguns estados adotarem medidas mais rígidas na tentativa de combater o alastramento da doença. O governo de Pernambuco, por exemplo, já anunciou que vai adotar medidas mais rígidas de isolamento a partir do dia 16 de maio. No meio disso, uma história começou a circular na internet.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

Ela dá conta de que o governador Paulo Câmara (PSB) resolveu proibir a transmissão de missas e outros cultos religiosos pela internet. A informação circulou por meio de vídeos no YouTube e textos em redes sociais. Leia alguns deles:

Versão 1: O governador socialista/comunista de Pernambuco decretou que não pode mais haver transmissão online de missas e cultos, mesmo com as igrejas e templos fechados. Meu Deus, até isto esses desalmados querem nos tirar.

Versão 2: Governo de Pernambuco proíbe Missas online PERSEGUIÇÃO: Governador de Pernambuco, Paulo Camara (PSB), proíbe transmissão de Missas e cultos pela Internet. Por considerar que não se trata de serviço essencial, a partir de 16 de maio estará proibido qualquer transmissão.

Governo de Pernambuco proíbe transmissão de missas e cultos religiosos online?

A mensagem se espalhou com muita força na internet e chamou atenção, principalmente entre as pessoas que são mais religiosas. Mas será mesmo que o governador de Pernambuco Paulo Câmara proibiu a transmissão de missas e outros cultos na internet? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De cara, a história nos causou um pouco de estranhamento. Além de a mensagem ter algumas das principais características de boatos online (vaga, alarmista, com erros de português e falta de citação de fontes confiáveis) e Pernambuco estar “na crista da onda” da boataria (ontem mesmo desmentimos um fake que falava da aquisição de veículos sem licitação), não há muita lógica na história (uma vez que um culto online não significa aglomeração).

Com desconfianças, fomos buscar por mais detalhes a respeito do assunto. Logo descobrimos que a informação que aponta que missas e cultos online estão proibidos não procede. Quem esclareceu a informação foi o próprio governo de Pernambuco. Leia o que foi escrito na página do Facebook:

É FALSO que o governador Paulo Câmara proibiu a realização de cerimônias religiosas via internet. Na realidade, o decreto Nº 49.024, publicado nesta sexta-feira, 15 de maio, assegura que líderes religiosos e sua equipe podem se deslocar para gravar e/ou transmitir suas mensagens espirituais. Não compartilhe fake news! Para obter informações seguras a respeito da quarentena e do combate à Covid-19 no Estado, informe-se pelos canais oficiais do Governo de Pernambuco.

Não é verdade que o governador Paulo Câmara proibiu a realização de cerimônias religiosas via internet. Pelo contrário; o decreto Nº 49.024, publicado nesta sexta-feira, 15 de maio, assegura o deslocamento dos líderes religiosos para gravar e/ou transmitir suas mensagens espirituais. Não caia em fake news nem repasse informações sem comprovação.

Ao procurar o decreto, é possível ver que está prevista a gravação e transmissão de missas entre serviços essenciais. Leia o trecho: “Atividades de preparação, gravação e transmissão de missas, cultos e demais celebrações religiosas pela internet ou por outros meios de comunicação, realizadas em igrejas, templos ou outros locais apropriados”.

Resumindo: a história que aponta que o governo de Pernambuco proibiu a transmissão de missas e cultos online no estado é falsa. Não passa de mais um boato que circula na internet sobre o isolamento social no Brasil.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2BWWK1B

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)