Desafio das princesas da Disney contra o câncer é um ritual de bruxas #boato

Boato – Áudio no WhatsApp alerta que o desafio das princesas, que incita as pessoas a colocarem um foto de um princesa da Disney no perfil é, na realidade, um ritual de bruxas e satanistas que querem o mal das pessoas e destruição da família.

Em meio à turbulência no país causada pela greve dos caminhoneiros, uma história começou a chamar atenção no WhatsApp. Trata-se do chamado “desafio das princesas”. A brincadeira (bem sem noção, diga-se de passagem) é a seguinte: colocar uma imagem de uma princesa da Disney no perfil para “lutar” contra o câncer infantil e repassar uma mensagem.

A mensagem a ser repassada era a seguinte: “Desafio das princesas desafio vc colocar umas das fotos das princesas no seu perfil em apoio a luta contra o câncer infantil passe para seus contatos”. Ok, a gente sabe que, para além de chamar atenção para o câncer infantil, o tal desafio não tem a mínima utilidade. Nem nos demos trabalho para desmentir isso (é mais uma besteira do que um boato). Até que apareceu uma história que “valeu a pena”.

Uma série de mensagens e um áudio surpreendeu a todos (menos, né, rs) ao “revelar” que o desafio das princesas nada mais é do que um ritual de bruxaria. “Não coloquem essas fotos de princesa no seu perfil ou status (é um ritual de bruxaria para acabar com a família)”, dizia uma mensagem. Leia outros exemplos de mensagens que circularam por aí:

Versão 1: Gente cuidado com as princesas que vcs receberam para colocar no perfil NÃO FAÇA ISSO! não  coloque no seu perfil… Isso e um ritual de bruxas que querem o seu MAU pfv mande para todos os seus  contatos ninguém merece isso

Versão 2: “Sabe essas bonequinha que as pessoas estão pedindo para gente coloca no perfil? Então o criadr dssas bonecas.fez um pacto com orixá.e magia negra. para conseguir o máximo de pessoas participando elas vem da da Disney. e são consagrada a bruxaria.elesdisse que e para ajudar contra o câncer infantil. e ta virando uma febre todo mundo ta colocando no perfil. Espera que vc não fica chateada por eu falar. Se vc quiser pesquisa depois sobre essas bonequinha.

Mas não parou por aí. Em meio a toda essa história surgiu um áudio “revelador”. De acordo com a pessoa que narra o texto, o ritual é uma bruxaria que “veio da França, do Canadá e da Holanda”, faz menina virar menino, faz matar, roubar e atrapalha a vida do casal. Leia a transcrição e escute a história.

Não é para colocar irmã. Peço para que não coloque. Isso daí é um ritual de magia das bruxa, que elas lançaram isso daí falando que é para ajudar o Hospital Infantil do Câncer. Não é mãe. Isso daí é pra destruição da família, do lar, da vida sentimental… isso aí é uma destruição para as crianças também, irmã. É meninos vira menina. Menina vira menino pra tá matando, pra roubando, pra tá mentindo… é, os adultos… a vida do casal para cair em conflito, em destruição.

Alerta o pessoal aí que não é para colocar essa foto da das tema da Disney no perfil e nem nos status, que isso é uma magia de bruxaria que veio da França, do Canadá, da Holanda… para tomar muito cuidado, fica atento. Quem quiser ajudar a infantil do Câncer, entra em contato com o hospital, peça o número da conta. Quem não puder ajudar em dinheiro que ore pelas crianças que estão com câncer lá no hospital. Aquelas que entraram agora, aquelas que algum tempo, aquelas que estão em fase terminal.

Apresenta em oração, mas não faça isso que não é para ajudar Hospital do Câncer. Não coloca foto das Princesas da Disney nos perfis e nem status. Alerta aí irmã, a toda e qualquer Irmandade aí, de qualquer denominação. Tanto faz, católico, evangélicos, Crente e servo de Deus. Qualquer pessoa alerta aí irmã. Por favor.

Desafio das princesas da Disney contra o câncer é um ritual de bruxas?

Caramba!!! O que não faltou foi alerta sobre o satanismo dessas fotos do perfil. Teve áudio, teve mensagem, teve print. Sabe o que isso significa? Que tem um monte de gente criando boato por aí. Sim, porque a tese é falsa.

Olha. Se você vir as versões que estão circulando na internet vai notar uma coisa: elas são completamente sem sentido. Uma fala de magia negra da França, Canadá e Holanda (como se fossem países vizinhos e como se a Disney não fosse norte-americana) criada por bruxas. Outra fala “do criador” que fez pacto com orixá e satanismo. Outra fala de “bruxas genéricas” e destruição da família…

Sabe a única coisa que há de comum entre o áudio, a imagem e as mensagens? O caráter vago (todo mundo explica muito mal a história), alarmista, com diversos erros de português, pedido de compartilhamento e sem citar uma fonte confiável. Ou seja: tem todas características de boatos.

Ao procurar sobre a origem da história, não achamos nenhuma referência do exterior. Aparentemente, alguém teve a bela ideia (provavelmente um adolescente), espalhou em grupos no WhatsApp e a história se espalhou. No dia 30 de maio, alguém postou esse vídeo no Youtube. Não dá para dizer se o tal canal é a origem da brincadeira, mas é a primeira referência que temos sobre o assunto na internet:

Toda essa busca nos leva a crer que a bobagem, digo, desafio das princesas surgiu assim como surgiram outros “jogos” (tipo a brincadeira da girafa, do balde de gelo e das fotos sem filtro): alguém postou, desafio e um monte de gente foi atrás. Mas nenhum desses desafios tem a ver com bruxaria. São só virais que aparecem e desaparecem.

Fizemos mais uma busca: sobre quem criou as ilustrações. Também ao contrário do que foi dito, não é francesa, canadense, holandesa, bruxa ou “um criador”. Trata-se da ilustradora paquistanesa Maryam Safdar. Como é possível ver na página do Devianart da artista, não há nada de satanismo nos desenhos dela. Ao contrário, há trabalhos sensacionais.

Resumindo: está certo que o desafio das princesas não ajuda em nada as crianças com câncer e seria melhor pensar em uma doação, mas também não tem nada a ver com bruxas e satanistas do exterior. Além de o viral ter surgido no Brasil, quem publicou a história criou uma tese sem o mínimo embasamento. E como o ônus da prova fica com quem acusa, paramos por aqui.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet