Canário da mata eleva asas e faz oração ao nascer do sol, mostra vídeo #boato

Boato – A filmagem mostra o canário da mata elevando as asas sempre ao nascer do sol, como se estivesse fazendo uma oração e louvando a Deus. É mesmo lindo!

Na internet, não faltam vídeos religiosos com mensagens de superação, curas milagrosas e de contato com o sobrenatural que enchem as pessoas de esperança e fé em suas crenças.

Neste sentido, recentemente, um vídeo chamou a atenção dos internautas religiosos no Facebook e gerou uma série de likes e compartilhamentos! A filmagem mostra um suposto canário da mata elevando as asas sempre ao nascer do sol, com o intuito de orar e louvar a Deus. As imagens são realmente lindas! Confira o vídeo que circula nas redes sociais e a mensagem original da publicação:

“Este pássaro se chama canário da mata Todos os dias ao nascer do Sol, ele eleva suas asas, como se estivesse louvando e orando a Deus. MARAVILHOSO Que coisa mais linda,como a natureza nos da cada ensinamento.”

Canário da mata eleva asas e faz oração ao nascer do sol?

Há quem acredite que a natureza está diretamente ligada a um poder espiritual e sagrado, o que poderia explicar perfeitamente a viralização nas redes sociais do vídeo do suposto canário da mata fazendo oração e louvando a Deus. Mas será mesmo que o movimento que o pássaro faz todas as manhãs está relacionado a um ritual religioso? A resposta é não! E nós te provamos o porquê essa notícia não é verdadeira com fatos!

O primeiro deles é que a mensagem original da publicação do vídeo no Facebook segue a linha de todas as características de uma fake news: é vaga (não cita estudos, fontes ou informações que comprovem o que diz o post), alarmista (tem o intuito de atiçar a curiosidade das pessoas) e possui vários erros de português.

Em segundo lugar, sabemos que não é raro surgirem boatos online associando vídeos com imagens fora do contexto a fins religiosos. Aqui no Boatos.org, nós já desmentimos alguns, como o curioso caso do suposto demônio flagrado no Canadá, do pastor que fez a perna de uma criança crescer em um suposto milagre e o famoso e polêmico vídeo de supostos cristãos sendo mortos na Angola.

Em todos esses casos, imagens fora do contexto, isto é, filmadas em outra situação, foram utilizadas para espalhar notícias falsas de caráter religioso e provocar indignação e a comoção dos fiéis.

Além disso, fazendo uma análise mais aprofundada do vídeo, chegamos à seguinte conclusão: para começar, o pássaro que aparece no vídeo não se trata de um canário da mata. O pequeno animal tem a cor cinza, enquanto o verdadeiro canário da mata, tipicamente brasileiro e com nome científico de Myiothlypis flaveola, é amarelo, como você pode ver aqui nesse link.

A ave que executa o movimento de elevar as asas supostamente ao nascer do sol, na realidade, é uma das espécies da chamada Ave do Paraíso, que vive principalmente na Oceania. E tem mais! Outro fato interessante que você precisa saber é que o movimento que ele faz com as asas não acontece pelas manhãs e tampouco se trata de uma oração, mas sim de uma dança do acasalamento.

Em uma das primeiras versões do vídeo que vimos rodando a internet, sem a edição com a música de fundo da versão que circula no Facebook, é possível comprovar que o pássaro (macho) está mesmo em um ritual que visa unicamente atrair a fêmea para o acasalamento. Inclusive, aqui nesse vídeo você pode ver o ritual completo da dança do acasalamento da Ave do Paraíso. É mesmo mais um dos espetáculos da natureza!

Resumindo: O vídeo que está sendo compartilhado nas redes sociais com o canário da mata elevando as asas ao nascer do sol para fazer oração e louvar a Deus não é verdadeiro. As imagens são mesmo muito bonitas, mas não se tratam de um canário, nem de oração e tampouco acontecem pelas manhãs, como você comprovou nesse artigo. Por isso, é importante não acreditar em tudo o que se vê na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)