Bíblia previu guerra da Síria do Século XXI no livro Isaías 17 #boato

Boato – A explicação sobre a guerra da Síria, bombardeios e Estado Islâmico está na Bíblia. Em Isaías 17, está escrito que Deus castigará a Síria e Israel.

Nos últimos dias, os confrontos na Síria voltaram a ser assunto na mídia. A morte de centenas de crianças após bombardeios em Damasco tem causado comoção em muitas pessoas. Tanto que muitos estão tentando buscar explicação para os conflitos. Para estas pessoas, a resposta está em uma imagem da Bíblia que viralizou online.

Uma foto de uma página da Bíblia que viralizou no Facebook mostra que o profeta Isaías, no capítulo 17, previu a destruição da Síria no Século XXI. “Deus castigará a Síria e Israel. Damasco não será mais uma cidade; ela vai virar um montão de ruínas. As cidades da Síria ficarão abandonadas para sempre; os rebanhos irão para lá para descansar, e ninguém os espantará dali. Fortalezas de Israel serão destruídas, e a Síria deixará de ser um reino. Os sírios que que não forem mortos serão como o povo de Israel: eles viverão na miséria. Sou eu, o SENHOR Todo-Poderoso, quem está falando”, diz o trecho do livro sagrado dos cristãos. Confira imagem:

Bíblia previu guerra da Síria do Século XXI no livro Isaías 17, diz boato
Bíblia previu guerra da Síria do Século XXI no livro Isaías 17, diz boato

Bíblia previu guerra da Síria do Século XXI no livro Isaías 17?

A foto circulou muito na internet, deixou muita gente intrigada e outras tantas revoltadas. Mas será mesmo que a Bíblia estava falando desse conflito na Síria do Século XXI? Todos os indícios apontam que a resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Muita gente que acompanha o Boatos.org (principalmente no WhatsApp) participa de congregações cristãs. Nossos leitores sabem (mais do que a gente) que a Bíblia dá, por diversos motivos, margem para diversas interpretações. Uma delas estás nas inúmeras formas de tradução do livro sagrado.

Pelo que apuramos, a Bíblia que descreve a mensagem é uma edição que teve a letra aumentada e a “linguagem de hoje”. Pesquisamos outras versões da Bíblia (Católica e Evangélica) e descobrimos que a tal “profecia” está bem mais implícita no texto. Leia a versão Católica:

“Oráculo contra Damasco. 1. Damasco vai ser suprimida do número das cidades, e será reduzida a ruínas abandonadas para sempre. 2.Suas cidades serão abandonadas aos rebanhos que virão repousar aí sem que ninguém os enxote. 3.Foi tirado o baluarte de Efraim, foi tirada a realeza de Damasco; os restos de Aarão perecerão, passarão como a glória de Israel. Oráculo do Senhor dos exércitos. 4.Naquele dia a glória de Jacó declinará, e sua gordura reduzir-se-á em magreza, 5.como quando o ceifador já colheu o trigo e seu braço cortou as espigas, alguém rebusca as searas no vale de Rafaim; 6.aí não haverá para respigar, como quando já se varejou as oliveiras, senão dois ou três bagos no mais alto topo. Oráculo do Senhor, Deus de Israel.”

Buscamos também uma mesma versão da Bíblia evangélica e notamos que também o texto é muito mais rebuscado do que o apresentado na imagem do Faceboook. Leia a versão de Isaías 17:

1 – PESO de Damasco. Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas. 2 – As cidades de Aroer serão abandonadas; hão de ser para os rebanhos que se deitarão sem que alguém os espante. 3 – E a fortaleza de Efraim cessará, como também o reino de Damasco e o restante da Síria; serão como a glória dos filhos de Israel, diz o SENHOR dos Exércitos. 4 – E naquele dia será diminuída a glória de Jacó, e a gordura da sua carne ficará emagrecida. 5 – Porque será como o segador que colhe a cana do trigo e com o seu braço sega as espigas; e será também como o que colhe espigas no vale de Refaim. 6 – Porém ainda ficarão nele alguns rabiscos, como no sacudir da oliveira: duas ou três azeitonas na mais alta ponta dos ramos, e quatro ou cinco nos seus ramos mais frutíferos, diz o SENHOR Deus de Israel.

Deu para notar que, com exceção de Damasco, sequer outra cidade da Síria atual é citada. Há uma citação a Efraim (cidade cristã de Israel) e Aroer, cidade que estaria na área da Jordânia. Será que apenas Bíblia mais recente está correta?

Já deu para mostrar que há contradições entre diversas versões da própria Bíblia, mas tem um ponto em comum que chama atenção em todas elas e poderia ser usada como argumento para “justificar” os conflitos. É o seguinte trecho: “Damasco não será mais uma cidade; ela vai virar um montão de ruínas”. Esse trecho é mais do que claro, mas será relacionado ao conflito atual? Há controvérsias, mas a maioria dos especialistas diz que não (confira um desmentido “católico” e um “evangélico”).

Em abril de 2017, a mesma história viralizou online e alguns religiosos se manifestaram dizendo que a “profecia” já havia sido cumprida em 732 A.C. Naquele ano (ou aproximadamente), os assírios tomaram Damasco. Anos depois, a segunda parte da profecia se cumpriu: os assírios tomaram Israel. Os mesmos especialistas levantaram um detalhe importante: a grande maioria das profecias do Velho Testamento (inclusive a vinda do “Messias”) já se cumpriram.

Há um último motivo que derruba a tese e é mais “mundano”. Temos todo respeito as religiões, mas colocar a “culpa” dos conflitos da Síria nas “costas de castigo divino” é uma atitude, no mínimo, irresponsável. É quase tirar a responsabilidade do ditador Bashar Al-Assad, do fundamentalismo religioso do Estado Islâmico, das atitudes de Rússia, EUA e Turquia por tudo que está acontecendo por lá.

Resumindo: o texto que detalha que a Síria está sofrendo ataques por causa de um castigo de Deus não está explícito em todas as versões da Bíblia, a tese não é defendida pela maioria dos especialistas em religião (que dizem que a profecia já se cumpriu) e é, no mínimo, irresponsável. Claro que essa vai levantar controvérsias, mas por enquanto é um boato que circula online.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

15 comentários em “Bíblia previu guerra da Síria do Século XXI no livro Isaías 17 #boato

  • 09/03/2018 em 11:09
    Permalink

    Amigo. Deus não muda. Sua palavra também não. As Bíblia pode ser escritas de várias formas, para um melhor entendimento. Porém o sentido da palavra, ou da profecia permanece o mesmo. Tudo o que a Síria está passando é resultado de uma maioria de um povo que não aceita Jesus Cristo como seu Salvador. Em Isaías 17.10 deixa bem claro isso. Não por conta dos homens de poder que estão sofrendo, é por conta deles mesmo, pois não reconhecem Jesus e sim Maomé. E Deus é todo poderoso, ele nã muda. Um ato profético é somente uma visão dada por Deus aos seus, para nos mostrar as coisas que ão de acontecer. É pq acontecerá. Deus não nos revela algo e diz assim. Vou castigar aquela cidade, simplesmente pq eu tenho poder para isso. Não! Ele nos diz o pq fará isso. Se o povo atentasse para palavra de Deus, certamente clamaria ao Senhor por arrependimento e o Senhor sararia a terra. Pq ele tem poder para isso!!

    Resposta
    • 18/04/2018 em 19:19
      Permalink

      Então deus tem que destruir praticamente toda humanidade afora, a India não adora Jesus, , a China , o proprio brasil é cheio de diversas religiões, mas só a SYRIA QUE TEM QUE SER DESTRUÍDA, e o povinho de deus que são adoradores de satã?

      Resposta
      • 29/08/2018 em 21:01
        Permalink

        Deus veio para todos, mas exclusivamente para os seus (seu povo). Então, ele veio mas o povo rejeitaram-lhe, Deus sentiu-se rejeitado, sendo assim, fazendo isso como uma forma castigo. Que a paz de Deus resplandeça sobre sua vida irmão .

        Resposta
    • 09/05/2018 em 07:11
      Permalink

      Caro acéfalo, muçulmanos não enxergam “Maomé” como “Salvador”.
      E Isaías não era cristão, mas judeu tal qual Jesus o foi.
      Se atente melhor à maneira como interpreta as coisas porque evangélico quando decide ser burro o faz com maestria.

      Resposta
  • 09/03/2018 em 03:10
    Permalink

    O trecho bíblico de Isaías 17 diz que Damasco será tirada e já não será mais cidade, mas um montão de ruinas, e dentre todas as vezes que a cidade de Damasco passou por guerra, essa é a primeira vez que isso acontece.

    Resposta
  • 08/03/2018 em 03:47
    Permalink

    Claro que esta acontecendo tudo que Deus disse que iria acontecer , tudo se passará nessa terra mas a palavra de Deus permanece para todo o sempre

    Resposta
  • 07/03/2018 em 04:17
    Permalink

    Na época de Isaías, Efraim não era uma cidade, mas um codinome para o Reino dividido de Israel (naquela época, os israelitas estavam divididos em 2 países: Reino de Israel, com capital em Samaria; e Reino de Judá, com capital em Jerusalém).

    Resposta
  • 06/03/2018 em 20:31
    Permalink

    visite o blog do masopias, tem um bom esclarecimento aprofundado sobre esse tema.

    Resposta
  • 06/03/2018 em 12:28
    Permalink

    Ótimo trabalho, Matsuki!
    Observo que a cada dia, fica mais difícil acreditar na informação, seja ela via internet, jornais ou etc.
    O imediatismo da informação, a sede por um furo, almejando status e etc, deixam fragilizada a informação, distorcida, sem veracidade, porém, viral.

    Resposta
    • 12/03/2018 em 10:37
      Permalink

      S0 lets try to use our brain while consuming the daily INFOTAINMENT

      Resposta
  • 06/03/2018 em 01:24
    Permalink

    Uma boa anális: equilibrada e racional!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)