Voto parcial: quem votar só para presidente e branco nos outros candidatos terá voto anulado #boato

Boato – Atenção! Se você escolher apenas um candidato para presidente e votar em branco para os outros cargos, voto não será válido. Será voto parcial e será anulado.

Desde as eleições de 2014, o Boatos.org tem sido obrigado a desmentir um boato (o que fala que voto nulo anula eleições). Fizemos isso em 2014 e 2016. Graças aos esforços do TSE e da mídia (que neste ano resolveu olhar para as fake news), não precisamos desmentir esse boato em especial. Mas como as “mentes brilhantes” não param, cá estamos com outra “estória” envolvendo regras do pleito.

De acordo com uma mensagem que viralizou no WhatsApp, muito eleitores correm o risco de, sem querer, anular a sua escolha. A mensagem aponta que se a pessoa votar apenas para presidente e votar branco em algum dos outros cargos (governador, senador, deputado estadual e federal), o voto será anulado.

A mensagem até “batizou” o nome da ocorrência como voto parcial. O texto aponta ainda que a “fonte da informação” foi uma instrutora de um treinamento para mesários na Justiça eleitoral. Leia a mensagem que circula online:

Só um aviso aqui, galera. Ontem passei pelo treinamento para os trabalhos para a justiça eleitoral no próximo dia 7. Lembrem-se de votar em todos os candidatos. Se votar só em Presidente, e votar em branco nos outros, o voto é tido como voto parcial. Logo, seu voto é anulado. Só computa válido quando é completo.

Questionei isso lá, dizendo que a sociedade não tinha ciência de que voto parcial não é computado como válido. Questionei indignado, mas a instrutora foi bem clara em dizer que não era computado. Logo, vamos ficar esperto. Se tiver mais alguém aqui que vá trabalhar e eles tocaram nesse assunto, se manifeste.

Quem votar só para presidente e branco nos outros terá voto parcial e anulado?

Em poucas horas, a mensagem se espalhou com muita força na internet. Mas será mesmo verdade esse papo de voto parcial e anulado se o eleitor tiver alguma escolha de voto em branco? Claro que não. Senta aí que a gente explica tudo.

Para começar, a mensagem segue aquele roteiro básico das fake news. A história é vaga, faz um alarde, tem erros (poucos) de português e não cita fontes confiáveis (o peso de uma instrutora da Justiça Eleitoral em uma mensagem como essa é o mesmo de “uma enfermeira de um grande hospital” falando de um surto de uma doença em um áudio).

Sem muitas informações a respeito do assunto, fomos buscar mais detalhes sobre a história. Além de não encontrar nada que fale dessa regra, digamos, sem noção no site do TSE, descobrimos que a “tese do zapzap” já foi desmentida.

Ao buscar sobre o assunto no Twitter do TSE, descobrimos que eles (endossando um desmentido do serviço Fato ou Fake, da Globo) apontaram que a história é falsa. “É #FAKE que voto é anulado se eleitor  escolher apenas presidente e votar em branco para os outros cargos”, diz a mensagem. Atualização: o TSE também divulgou um texto explicando mais detalhes sobre a fake news. leia:

A Justiça Eleitoral alerta que os eleitores devem votar em todos os cargos, ainda que anule ou vot em branco. O eleitor pode votar em um candidato, em branco ou nulo para o cargo que quiser, não há nenhuma restrição para isso. Não existe a figura do “voto parcial”.

Porém, se houver alguma eventualidade (a pessoa passar mal, por exemplo) e o eleitor tiver votado apenas no primeiro cargo (deputado federal), o voto que ele tiver registrado será contabilizado normalmente e os demais que ele não registrar serão considerados nulos. Ao teclar o “confirma”, se efetiva o registro de cada escolha feita pelo eleitor, seja para voto válido, nulo ou branco. Também pode acontecer, em casos muito raros, de uma urna “travar”. Nessas situações, o voto de um eleitor que estava na metade do procedimento, por exemplo, é reiniciado.

Só para ficar bem claro, vamos repetir o óbvio. Se você votar em algum candidato para presidente e optar por votar em branco nos outros cargos, o seu voto para presidente será computado e os votos para governador, senador e deputados serão considerados brancos. Simples assim.

Resumindo: a história que aponta que o voto será anulado por completo se a pessoa votar branco em algum dos cargos é falsa. Além de a história não fazer nenhum sentido e ter brotado “do nada”, mensagem já foi desmentida pelo TSE. Boato.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)