Durante vídeo de Geraldo Alckmin, mulher grita eu voto é no Lula #boato

Boato – Durante gravação do candidato Geraldo Alckmin (PSDB) no Nordeste, dona Marluce resolveu gritar “comigo não, eu voto é no Lula”. Vídeo vazou.

Em menos de uma semana, o horário eleitoral gratuito começa no rádio e na TV. Com isso, candidatos e partidos já estão preparando a musiquinha e viajando para fazer gravações pelo Brasil (com exceção de quem não pode viajar). Com cinco minutos e 32 segundos mais 434 inserções em rádio e TV garantidos, Geraldo Alckmin (PSDB) é um dos candidatos que mais podem se beneficiar do tempo garantido. Mas, pelo menos de acordo com um vídeo que circula online, as coisas podem não estar ocorrendo como esperado para o tucano.

Um vídeo que viralizou na internet e foi divulgado em diversos blogs favoráveis a Lula aponta que uma mulher resolveu fazer uma “participação especial” em um vídeo de Alckmin. Enquanto falava sobre a seca no Nordeste na “fazenda da Dona Marluce”, o candidato teve que ouvir da mulher a frase “não, não, comigo não… Eu voto é no Lula!”. Leia textos que circularam online e assista à gravação:

Versão 1: NEM FANTASIADO DE LULA: Alckmin ouve “meu voto é do Lula”, enquanto tenta vender sorvete de chuchu aos nordestinos. #LulaPresidente. Versão 2: HAHAHAHHAHAHA. Acho que vocês já viram esse vídeo do Alckmin de CosPlay do Lulal, né? Mas acho que vocês não ouviram a versão real com a resposta da Dona Marluci.

Versão 3: Presta atenção na voz ao fundo! O Alckmin veio ao Nordeste e gravou esse vídeo falando da criação de ovelhas da Dona Marluce. Ao fundo, se ouve a voz dela: “não, não, comigo não… Eu voto é no Lula!” Parabéns Dona Marluce!

Versão 4: Geraldo Alckmin no Nordeste falando das ovelhas da Dona Marluce – Não comigo não, eu voto é no Lula. O Alckmin veio ao Nordeste e gravou esse vídeo falando da criação de ovelhas da Dona Marluce. Ao fundo, se ouve a voz dela: “não, não, comigo não… Eu voto é no Lula!

Mulher gritou meu voto é no Lula durante vídeo de Geraldo Alckmin?

Graças à “divulgação” nos blogs pró-Lula e a “colaboração” de fãs do ex-presidente, a história se espalhou muito na internet. Mas será mesmo que a Dona Marluce falou “na cara do Alckmin” que o voto dela é no Lula? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

A resposta para o “enigma” está em uma busca sobre a origem do vídeo. Antes de falar nisso, uma ressalva: fizemos aquela “análise básica” quando batemos o olho no conteúdo e, como era de se esperar, a mensagem é vaga (não diz sequer onde foi gravado), tem erros de ortografia e não cita fontes confiáveis (três características de boatos). Ao buscar sobre fontes confiáveis sobre o assunto, nada encontramos (só publicações pró-Lula).

Dito isso, vamos à origem. O vídeo foi divulgado no dia 23 de agosto no Instagram de Geraldo Alckmin. Não vamos nos ater na “maravilhosa caracterização” do candidato como “nordestino” e vamos focar no áudio original que está na filmagem. Como é possível ver, não há nenhuma “voz de fundo”.

No dia 24 de agosto, o conteúdo do Alckmin “nordestino” foi publicado no site HuffPost Brasil. Foi só no dia 25 que a versão “Eu voto no Lula” surgiu na internet e se espalhou em sites simpáticos ao do ex-presidente. Ou seja: o vídeo original é sem a “voz do além” (até porque seria estranho um vídeo da equipe de Alckmin ter como origem alguém pró-Lula). No dia 25, o site do candidato do PSDB também desmentiu a informação. Leia nota:

NÃO houve declaração de voto a outro candidato em vídeo de Geraldo Alckmin no Nordeste. Estão espalhando nas redes sociais o trecho de um vídeo de Geraldo Alckmin, gravado na Fazenda Terranova, em Petrolina, Pernambuco, com a colagem de uma voz feminina, ao fundo, mencionando o nome de outro candidato. Isso é mentira.

Em postagem no Instagram, Geraldo Alckmin visitou a Fazenda Terranova, da dona Marluce Rodrigues, um exemplo de garra e determinação ao criar ovelhas e carneiros enfrentando os problemas da falta de água na região. Ouvimos o balido dos animais e os sons de pés se movendo na terra, não há voz feminina ao fundo.

Resumindo: a história que aponta que uma mulher gritou “Eu voto é no Lula” durante um vídeo de Geraldo Alckmin é falsa. A voz da “Dona Marluce” foi inserida na gravação dias após a publicação original.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Durante vídeo de Geraldo Alckmin, mulher grita eu voto é no Lula #boato

  • 29/08/2018 em 10:17
    Permalink

    O que não tira a bizarrice do candidato ao falar de carneiros e ovelhas quando a criação é de caprinos. O cara não sabe identificar nada em uma fazenda.

    Resposta
  • 27/08/2018 em 17:39
    Permalink

    Esse comentário não foi convincente. Assim como alguém pode ter inserido o áudio logo após a divulgação do vídeo. Também poderia a equipe do Alckmin ter omitido a voz da senhora ao fundo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)