Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, ganhou carteira da OAB sem fazer prova #boato

Boato – OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) concedeu a Túlio Gadêlha (PDT-PE), namorado de Fátima Bernardes, registro sem passar pelo Exame da Ordem.

A cada dia que passa, o nível das fake news (aliás, não só delas) está cada vez mais baixo. Em meio ao Fla-Flu da política, histórias surreais circulam online. No caso de hoje, a história envolve o deputado federal eleito Túlio Gadêlha (também conhecido como o “namorado de Fátima Bernardes”).

Circula no WhatsApp a informação que Túlio Gadêlha ganhou o registro da OAB sem precisar fazer o Exame da Ordem. O áudio, que viralizou na internet, foi endossado por um suposto tweet do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), no qual diz que a OAB teria concedido o registro por causa da “sua agenda como deputado”. Leia trechos do áudio e o que diz outras versões:

Versão 1 (áudio):E agora meu amigo para completar mais esse escândalo aí essa vergonha ai do namorado da Fátima Bernardes. Eu estou num grupo ai de advogados que a gente tem aí uma articulação muito grande para combater aí esse aparelhamento do estado. Se você tiver amigos aí advogados em Santa Catarina passe essa informação aí para eles. É porque nós advogados aqui Rio, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal que fazemos parte desse grupo cada um de nós vai mandar, individualmente, uma notificação extrajudicial para a presidência da OAB da nossa seccional, no caso aqui no Rio de Janeiro e para a OAB Nacional, perguntando qual a razão para ser concedido esse privilégio a ele, uma vez que o cargo de deputado é incompatível com o exercício da advocacia…

Versão 2 (suposto print de Bolsonaro): Parabéns a OAB, que para intensificar a sua fiscalização ao Governo Bolsonaro irá permitir ao Deputado Tulho Gadeia, namorado de Fatima Bernardes, a sua inscrição sem a necessidade de realização da prova no Exame da Ordem, dada sua agenda Deputado tem dificuldade na aprovação.

Versão 3 (mensagem em redes): A OAB não pode permitir que o boy da Fátima Bernardes obtenha o registro de advogado sem o devido exame que é exigido de todossssssssss. Esse alpinista socio-político está querendo ser melhor (?) do que milhares de profissionais que ESTUDAM e PASSAM na prova.

Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, ganhou carteira da OAB sem precisar fazer Exame da Ordem?

É óbvio que, da forma que as redes sociais estão, não iria demorar muito para a história viralizar online. Mas será mesmo que Túlio Gadêlha ganhou a carteira da OAB sem passar pelo Exame da Ordem? A resposta é não. Entenda os porquês.

Para começar, a história carrega as principais características de boatos: alarmista, não possui fontes confiáveis e está cheia de erros português (uma delas, chega a errar o nome do próprio deputado). Outro detalhe que chamou nossa atenção: apesar da imagem do presidente no print do tweet, a própria URL do perfil indica que se trata de uma página de fãs do Bolsonaro e não do “presidente” (como pode dar a entender). Ao buscar por publicações na página de Bolsonaro, nada encontramos sobre o assunto.

Em algumas versões, a mensagem aponta que Túlio Gadêlha teria sido eleito pelo PSOL. Mas, na verdade, o deputado federal é do partido PDT, como mostra esta matéria do Correio Braziliense.

Ao buscar por mais informações sobre o assunto, descobrimos mais algumas coisas que ajudam a derrubar a tese. A primeira é que, mesmo sendo formado em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Túlio não é inscrito na OAB, a prova está na lista do site da ordem. Aliás, ao buscar pelo nome, o único resultado que aparece é Tulio Atta Gadelha, que possui registro no Maranhão. Vale lembrar que nome do deputado é Túlio Gadêlha Sales de Melo.

Por fim, a OAB se pronunciou sobre o caso. Em nota, a ordem informou que “não está concedendo a carteira de advogado para deputado” e que todos os bacharéis formados são obrigados a realizar o exame para obter o registro. Confira a nota:

OAB não está concedendo carteira de advogado para deputado. Circula pelas redes sociais a falsa informação de que a OAB estaria concedendo, sem a necessidade da realização do Exame de Ordem, a carteira de advogado para determinado deputado federal eleito.

Cabe esclarecer que os bacharéis formados após a promulgação da Lei nº 8.906/94, o Estatuto da Advocacia, estão obrigados a realizar o Exame de Ordem para obter a condição de advogados. Também é importante reiterar que o compartilhamento de notícia falsa pode ocasionar sanções penais aos responsáveis pela propagação das mentiras, cabendo, inclusive, a obrigação de indenizar as vítimas da difamação.

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, destaca que “o Marco Civil da Internet, de 2014, representou importante conquista, ao prever a retirada de conteúdo indevido da rede, pela via judicial. Não obstante, precisamos avançar mais, promovendo campanhas informativas e fortalecendo o jornalismo profissional”.

Resumindo: a história que aponta que Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, ganhou uma carteira da OAB sem precisar fazer o Exame da Ordem é falsa. A história nem foi publicada pelo Bolsonaro e tampouco há registro do deputado no site da ordem. Ou seja, é tudo boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)