Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, comemora aprovação do fundo eleitoral e derrubada de veto de Bolsonaro #boato

Boato – Namorado de Fátima Bernardes, deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE), postou foto comemorando queda de veto de Bolsonaro na aprovação do fundo eleitoral para 2020.

A falta de apoio de Bolsonaro no Congresso tem se tornado cada vez mais nítida. Nas últimas semanas, foram vários e vários vetos presidenciais derrubados pela Câmara de Deputados e pelo Senado. Com isso, a Lei de Diretrizes Orçamentárias, a lei que torna obrigatória a presença de um psicólogo na escola e a minirreforma eleitoral tiveram modificações importantes após a derrubada de vetos pelo Congresso.

E de acordo com uma história que anda circulando nas redes sociais, parece que alguns deputados andaram comemorando a queda de um suposto veto em especial. Segundo uma publicação acompanhada de uma imagem que viralizou na internet, o deputado federal Túlio Gadêlha foi fotografado segurando uma placa com os dizeres “Bolsonaro, derrubamos seu veto!”, após a aprovação do aumento do fundo eleitoral para o ano de 2020. Confira:

Versão 1: “*Quando o cara é idiota não tem jeito mesmo. O Túlio “namorado da Fátima Bernardes” Gadelha (PDT-PE) comemora ter derrubado o veto do Bolsonaro ao projeto que tira dinheiro da saúde e educação e coloca R$ 600 milhões no fundão eleitoral. DIVULGUEM A FOTO DESSE IMBECIL*”.

Versão 2: “Esse é um deputado federal lixo do PDT, um tal de Tulio Gadelha, mais conhecido como o namorado da Fátima Bernardes, que termina seu primeiro ano de mandato trabalhando contra o povo brasileiro de bem e aprovando a retirada de verbas da saúde e educação para colocar no Fundo Partidário ($$ dinheiro público para sustentar vagabundos de partidos políticos). Ele já disse que se Bolsonaro vetar esse roubo de dinheiro público ele vai votar para derrubar o veto do presidente”.

Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, comemorou aprovação do fundo eleitoral e derrubada de veto de Bolsonaro?

A imagem viralizou nas redes sociais e causou indignação entre muitos brasileiros, que citaram que o aumento deve comprometer o orçamento da Saúde e Educação. Mas será que essa história de que Túlio Gadêlha teria comemorado a queda do veto de Bolsonaro e o aumento do fundo eleitoral é verdade? A resposta é não!

Vamos aos fatos! Ao ler a publicação, é possível perceber que a mensagem apresenta algumas das características de boatos: é vaga, alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis. Além disso, nos últimos dias, Túlio Gadêlha tem sido vítima de outras fake news, como a história que indicava que ele teria proposto um projeto que possibilitaria o casamento entre pais e filhos.

Ao procurar pela origem da imagem, descobrimos que a foto não tem nada a ver com a aprovação do fundo eleitoral. Vale ressaltar que o fundo sequer foi aprovado. Atualmente, o aumento do fundo eleitoral está sendo discutido na Comissão Mista de Orçamento, que conta com 23 deputados, dos quais Túlio sequer faz parte. Para passar a valer, o aumento do fundo precisa de aprovação no relatório final da Comissão e na votação em plenário.

Dessa forma, a foto que foi tirada em plenário não faz muito sentido. Buscando, novamente, pela origem da imagem, descobrimos que a foto foi registrada em outra situação e, inclusive, foi publicada na rede social de Túlio. A imagem comemora a derrubada do veto contra a obrigatoriedade de psicólogos e assistentes sociais em escolas públicas.

Ao pesquisar por mais detalhes sobre a imagem, descobrimos que a Agência Lupa também desmentiu a informação. De acordo com o serviço de fact-checking, Túlio Gadêlha não participou da votação, pois, na mesma data, estava a trabalho no Fórum das Nações Unidas sobre Empresas e Direitos Humanos, na Suíça.

Em resumo: a história que diz que Túlio Gadêlha publicou uma foto comemorando a queda do veto de Bolsonaro e o aumento do fundo eleitoral é falsa! A minirreforma do fundo eleitoral sequer foi votada em plenário. Além disso, descobrimos que a imagem foi retirada de contexto. Ela, na verdade, mostra Túlio comemorando a queda do veto contra a obrigatoriedade de psicólogos e assistentes sociais. Ou seja, a história não passa de balela. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

– Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
– Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
– Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
– Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
– Grupo no WhatsApp http://bit.ly/36nlVru
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)