TSE acaba de censurar comentário de Arnaldo Jabor sobre Lula, Dilma, Mensalão e STF #boato

Boato – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) censurou um comentário do jornalista Arnaldo Jabor, no site da CBN, sobre Lula, Dilma, Mensalão e STF. A Corte atendeu a um pedido do “eterno presidente Lula” e feriu o preceito constitucional da liberdade de imprensa.

Há boatos que vão e voltam na internet. Em alguns deles, as pessoas que espalham notícias falsas costumam aproveitar um fato que realmente aconteceu antigamente para viralizar alguma balela nas redes sociais, como no nosso caso de hoje.

Recentemente, começou a circular entre os internautas um comentário sobre um textão atribuído ao comentarista Arnaldo Jabor falando sobre Lula, Dilma, Mensalão e STF. A publicação que está sendo compartilhada afirma que ele acabou de ser tirado do ar pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do site da CBN, a pedido do “eterno presidente Lula”, o que feriu o preceito constitucional da liberdade de imprensa. Veja o texto original que está rodando a internet:

*URGENTE!!!* Decisão do TSE determinou a retirada de comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do eterno presidente Lula, e feriu preceito constitucional da liberdade de imprensa. (Ricardo Ramos) Veja o que escreveu Arnaldo Jabor:

“O que foi que nos aconteceu? No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, ‘explicáveis’ até demais. Quase toda a verdade já foi descoberta, quase todos os crimes provados, quase todas as mentiras percebidas. Tudo já aconteceu e quase nada acontece. Parte dos culpados estão catalogados, fichados, processados e condenados e quase nada rola. A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe, tais são as manobras de procrastinação, movidas por um sem número de agentes da quadrilha.

Isto é uma situação inédita na História brasileira!! Nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente e desfigurada!! Os fatos reais mostram que, com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo, de cabo a rabo da máquina pública e desviou bilhões de dinheiro público para encher as contas bancárias dos quadrilheiros e dominar o Estado Brasileiro, tendo em vista se perpetuarem no poder, pelo menos, por 70 anos, como fizeram os outros comunas, com a extinta UNIÃO SOVIÉTICA!! […]

Não deixe de repassar, é o mínimo que podemos fazer diante de tanta corrupção! Pessoal leiam e repassem, estamos sendo tratados como escravos e sem direito a opinião , vamos novamente para as ruas, e agora vamos parar tudo, a situação tem que mudar pelo amor ou pela dor, repassem.

TSE acaba de censurar comentário de Arnaldo Jabor sobre Lula, Dilma, Mensalão e STF?

Sempre que nos deparamos com alguma notícia que fala da censura de algum comentário de jornalistas ou figuras conhecidas na mídia, especialmente em torno de assuntos de cunho político, geramos automaticamente um sentimento de desconfiança e revolta. Afinal, como fica o direito à liberdade de imprensa? Porém, no nosso caso de hoje, não foi bem assim que aconteceu, e nós te provamos o porquê a partir de fatos.

O primeiro deles é que a mensagem da publicação que está sendo compartilhada carrega todas as características de fake news: é vaga (não diz quando aconteceu a retirada do ar), alamista (usa o caráter de urgência para chamar a atenção dos internautas), contém erros de português e não cita fontes confiáveis que deem credibilidade o que está sendo informado.

O segundo é que quem espalhou a notícia se aproveitou de um fato antigo, mais precisamente, de 2006, para viralizar o texto recentemente. E, infelizmente, não foi a primeira vez que isso aconteceu em textos atribuídos a Arnaldo Jabor. Em 2014, desmentimos um texto supostamente de autoria do colunista que teria sido censurado pelo TSE, chamado “Vote na Dilma”.

Na ocasião, explicamos que realmente houve um texto tirado do ar em 2006, mas que não era esse em questão. Inclusive, o nome da Dora Kramer, que foi citado em um comentário falando sobre o tal texto “Vote na Dilma”, havia sido utilizado erroneamente (leia na íntegra aqui).

Na realidade, o texto que, de fato, foi escrito por Arnaldo Jabor e foi tirado do ar pelo TSE, em 2006, comentava um debate entre os candidatos Lula e Geraldo Alckmin, nas eleições presidenciais do ano em questão, ocorrido no dia 08/10/2006.

O comentário de Jabor foi publicado dois dias depois no site da Rádio CBN e, em 12/10/2006, foi censurado liminarmente pela Corte. Veja o trecho do texto que provocou a suspensão da coluna:

Amigos ouvintes, o debate de domingo serviu para vermos dois lados do Brasil. De um lado, a busca de um ‘choque de capitalismo’. De outro, um choque de socialismo deformado num populismo estadista, num getulismo tardio. De um lado, São Paulo e a complexa experiência de um estado industrializado, rico e privatista. De outro, a voz dos grotões, onde o Estado ainda é o provedor dos vassalos famintos. De um lado, a teimosa demanda do Alckmin pelo concreto da administração pública, e do outro, o Lula, apelando para pretextos utópicos, preferindo rolar na retórica de símbolo (…)’.”

Veja também uma passagem da sentença do juiz que deferiu a censura do texto de Jabor na ocasião:

O comentário impugnado na petição inicial pode ter contrariado a legislação eleitoral. Como medida de natureza cautelar, determino liminarmente sua retirada da página da Representada na rede mundial de computadores e de todas as suas afiliadas.”

Você pode ler mais sobre toda essa história nesse link aqui. Desde o episódio de 2006, nenhum texto de Arnaldo Jabor foi censurado pelo TSE, tampouco recentemente, o que é possível descobrir com uma busca rápida na internet.

Além disso, vale ressaltar que o texto do nosso caso de hoje, que supostamente foi feito pelo colunista, não tem nada a ver com o que foi censurado em 2006, visto que ele cita episódios posteriores aos de 2006, como as eleições de Dilma e a delação de Delcídio do Amaral.

Por fim, não conseguimos verificar se a autoria do tal texto que fala de Lula, Dilma, Mensalão e STF é mesmo de Jabor. Mas visto que há uma enorme quantidade de textos falsamente atribuídos a ele, as chances são grandes. Porém, o que podemos afirmar é o que o TSE não censurou nenhum comentário do colunista recentemente.

Resumindo: O TSE não censurou nenhum comentário de Arnaldo Jabor falando sobre Lula, Dilma, Mensalão e STF. De fato, houve a censura de um texto do colunista pela Corte antigamente, em 2006, mas, desde então, não houve nenhum episódio parecido com esse recentemente. Além disso, o texto censurado à época não era esse em questão. Tampouco, sabemos se o texto que está circulando a internet atualmente, falando sobre esse assunto, é mesmo da autoria de Arnaldo Jabor. Então, não confie em tudo o que lê na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)