Tentaram matar Eduardo Bolsonaro hoje pela manhã, mostra vídeo #boato

Boato – O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) quase sofreu um atentado hoje pela manhã em Campinas (SP). Tentaram matar o filho de Bolsonaro. 

O ataque ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) se tornou o evento de maior repercussão até o momento nas eleições. Há quem diga que o atentado ajudou o candidato a conquistar o voto dos eleitores indecisos e aumentar o índice de intenções de voto para 28%, como mostra a última pesquisa Ibope (divulgada em 18/09/2018).

Não é novidade para ninguém que o ataque gerou uma onda de fake news (o Boatos.org que o diga) e, como de praxe, não faltou criatividade para os mestres da balela. A última que circula por aí aponta que o filho do Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) também sofreu um atentado hoje pela manhã.

A prova do “incidente” está em um vídeo que circula online. No vídeo, há imagens de Eduardo Bolsonaro em sua campanha eleitoral em Campinas, interior de São Paulo, durante um tumulto causado pelo suposto atentado sofrido pelo candidato. Na descrição do vídeo, a informação aponta que “tentaram matar Eduardo Bolsonaro”.

A informação começou a circular quando o candidato visitou Campinas no dia 18 de setembro de 2018, mas só ganhou força nas redes sociais no dia 22 de setembro (já com a legenda “nova”). Depois surgiram versões de que o ataque teria sido “hoje de manhã”, que o autor seria um “militante da esquerda” e que estava com uma “pistola”. Leia o que diz as mensagens:

Versão 1: Após atendado a Jair Bolsonaro agora houve tentativa contra Eduardo Bolsonaro #unidassomosmaisfortes Versão 2: ACONTECEU AGORA A POUCO. TENTARAM MATAR EDUARDO BOLSONARO… ELE FOI RETIRADO DO LOCAL POR SEGURANÇAS, MAS PARECE QUE HOUVE UMA TENTATIVA DE MATA-LO. Versão 3: HOMEM ARMADO TENTA MATAR EDUARDO BOLSONARO! SEGURANÇAS AGIRAM RÁPIDO Versão 4: Militante da esquerda tentou agora a pouco matar Eduardo Bolsonaro. Os seguranças impediram. Segundo informações estava de posse de uma pistola. Aconteceu tudo isso em Campinas. O direito é de possuir arma dentro de casa para defesa. Porte de arma, além de testes psicotécnicos, de curso de tiro, de comprovação para ter autorização do porte, já foi explicado isso por ele várias vezes. Hoje os que possuem armas, 90%, são armas ilegais, sem registro, são bandidos na maioria.

Tentaram matar Eduardo Bolsonaro hoje pela manhã?

Não é mentira que o vídeo e as mensagem viralizaram na internet, assim como não é mentira que muita gente ficou preocupada com a integridade física do candidato. Mas não é verdade que tentaram matar Eduardo Bolsonaro hoje pela manhã. Se você não entendeu o porquê, continua lendo.

O primeiro ponto que ajuda a derrubar a farsa está na própria mensagem, que segue aquele roteiro básico dos boatos online: vago (se limita a dizer que foi hoje de manhã), alarmista, com erros de português e não cita fontes confiáveis, além do fato de que a história tem, pelo menos, quatro versões diferentes.

Pois bem, só isso já é motivo suficiente para desconfiar da história. Mas não para por aí. Ao pesquisar sobre a origem do vídeo, descobrimos que é real, mas não se trata de um “atentado” e sim um mal-entendido. A explicação está na própria página do Facebook do candidato, que afirmou que o incidente não passou de “alarme falso”. Por sinal, não há nenhum indício que o sujeito seja “de esquerda” e que tampouco utilizava uma pistola. Confira o que ele disse:

ALARME FALSO EM CAMPINAS. Hoje em Campinas um homem se aproximou da fila para tirar fotos comigo, mas provavelmente por descuido esqueceu um canivete e um estilete no bolso. Algumas pessoas viram e alertaram o público. Ele não se aproximou muito de mim e um policial a paisana o deteve para averiguar o caso e o retirou do local.

Ele acompanhou o policial passivamente. Neste meio tempo, por precaução, fiquei atrás de um carro junto com alguns colegas que me acompanhavam. Situação controlada então retornamos para mais alguns minutos de fotos. O rapaz foi liberado. Foi um alarme falso, mas sempre é bom precaver. Obrigado a todos os presentes pelo carinho, vida que segue

Resumindo: o vídeo que circula online não foi de “hoje pela manhã”, não foi uma tentativa de assassinato e nem teve pistola envolvida. Houve uma confusão em Campinas, mas s história não passou de um alarme falso desmentido pelo próprio Eduardo Bolsonaro. Ou seja, #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)