Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Tabata Amaral posou com cartaz sobre 37 ministérios e “volta Bolsonaro” #boato

Tabata Amaral posou com cartaz sobre 37 ministérios e “volta Bolsonaro” #boato

Tabata Amaral posou com cartaz sobre 37 ministérios e volta Bolsonaro, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – A deputada Tabata Amaral ergueu dois cartazes. Um tinha escrito “37 ministérios por 1,7 bilhão. A tentação foi grande. Eu votei sim!”. Outro tinha “Volta Bolsonaro, Lula tá foda!”.

Perto do que vivemos nos últimos meses de 2022 e no início de 2023, podemos dizer que o clima político está, sem dúvidas, um tanto quanto mais ameno. Para quebrar este “clima” (que, aliás, está longe de ser de paz), hoje há uma história envolvendo a deputada Tabata Amaral.

Fotos com elas erguendo um cartaz com os dizeres “37 ministérios por 1,7 bilhão. A tentação foi grande. Eu votei sim!” e “Volta Bolsonaro, Lula tá foda!” estão sendo compartilhadas na internet com legendas como “Urgente: Tabata Amaral protesta no plenário” e “Tábata Amaral, ativista pela  Educação”.

Tabata Amaral posou com cartaz sobre 37 ministérios e “volta Bolsonaro”?

As imagens se espalharam com estas e outras versões (que nem consideramos publicar aqui). Como a foto de Tabata Amaral apareceu de diversas formas, cá estamos para esclarecer duas coisas: 1) Apontar as legendas que não foram utilizadas. 2) Apontar a legenda que é real.

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

De fato, a deputada ergueu um cartaz recentemente durante uma sessão da Câmara dos Deputados, em Brasília. Aliás, ela costuma fazer isso com certa frequência (há outras ocasiões como aqui).

No caso da imagem que está sendo utilizada na internet, trata-se de um cartaz com os dizeres “A história dos povos indígenas não começa em 1988”. O cartaz foi erguido durante votação sobre o Marco Temporal na Câmara. Nas redes sociais, ela postou a seguinte mensagem junto com o cartaz:

A Câmara aprovou o Marco Temporal, um retrocesso enorme pro nosso país ao determinar que os povos indígenas que não estavam em posse do seu território na data da promulgação da Constituição percam o direito a elas. É mais um ataque direto aos povos indígenas e ao meio ambiente!

Resumindo: é falso que a deputada Tabata Amaral levantou um cartaz com dizeres sobre ministérios, verba ou sobre Bolsonaro e Lula. Tratam-se de montagens (bem toscas em cima de um cartaz relacionado a povos indígenas.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm