Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que STF e Flavio Dino tornaram operação que apreendeu fuzis na Barra da Tijuca ilegal

É falso que STF e Flavio Dino tornaram operação que apreendeu fuzis na Barra da Tijuca ilegal

STF e Flavio Dino tornaram ilegal a operação que apreendeu 45 fuzis na Barra da Tijuca, diz boato (Foto: Reprodução/TikTok)

Boato – O STF e Flavio Dino tornaram a operação que apreendeu 45 fuzis na Barra da Tijuca como ilegal. 

  Análise

Está circulando na internet um suposto print do portal g1 no qual é dito que o Ministério da Justiça e o STF teriam tomado uma atitude após uma operação da Polícia Federal ter apreendido dezenas de fuzis em uma mansão na Barra da Tijuca (Rio de Janeiro).

A mensagem aponta que, a pedido de Flavio Dino (ministro da Justiça e Segurança Pública), o STF teria tornado a ação ilegal e anulado a apreensão, que seria de 45 fuzis. Leia a mensagem que está circulando na internet:

Confira o desmentido em vídeo:

A pedido do MJ, STF torna ilegal operação que apreendeu 45 fuzis de guerra em mansão na Barra da Tijuca. O ministro da justiça Flávio Dino alegou na ação que não havia autorizado a operação e que escutas telefonicas que levaram ao local foram ilegais. Por Astolfo Canuto 11/10/2023 12:08 – Atualizado há 5 minutos

Vídeo: é falso que chá de mamão cure a dengue hemorrágica

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) Qual operação que a mensagem que circula na internet se refere? 2) É verdade que o STF e Flavio Dino tornaram operação que apreendeu fuzis como ilegal? 3) O g1 deu alguma notícia a respeito do assunto?

Qual operação que a mensagem que circula na internet se refere?

No dia 11 de outubro de 2023, a Polícia Federal deflagrou uma operação com o nome de War Dogs. Entre as ações, estavam a apreensão de 47 (e não 45 fuzis) em uma mansão na Barra da Tijuca. Três pessoas foram presas e as armas iriam para traficantes da capital fluminense.

É verdade que o STF e Flavio Dino tornaram operação que apreendeu fuzis como ilegal?

Não é verdade. Flavio Dino não só não falou que a operação seria ilegal como também comemorou a ação por meio das redes sociais. Via Twitter, ele publicou um print da notícia sobre a apreensão no portal g1 e também um vídeo das armas apreendidas. Nas publicações, ele fez os seguintes comentários:

Estamos intensificando todas as ações possíveis para apoiar o Rio de Janeiro no trabalho da Segurança Pública. Temos colhido muitos resultados. Hoje tivemos mais um. Cumprimento as equipes participantes da operação>>

Parte do arsenal de fuzis e munições apreendidos pela Polícia Federal hoje no Rio de Janeiro, em mansão na Barra da Tijuca. Neste ano, no Rio de Janeiro, houve apreensão de milhares de armas ilegais. Também foram apreendidos bens e ocorreram prisões.

O g1 deu alguma notícia a respeito do assunto?

Não. O conteúdo que está circulando nada mais é do que um print de uma montagem feita no código-fonte do Portal g1. A prova disso é que não consta a tal “notícia” sobre pedido de anulação da operação nas páginas do site de notícias (e nem em nenhuma outra fonte confiável).

Conclusão

Fake news ❌

É falso que Flavio Dino tenha pedido a anulação da operação que apreendeu fuzis na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Também é falso que o STF tenha aceito o pedido e anulado a operação. O print do g1 é montagem e a história é uma fake news.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)