Sobrinho de Lula é preso em Mato Grosso com R$ 6 milhões #boato

Boato – O sobrinho do ex-presidente Lula acaba de ser preso na cidade de Canarama (Mato Grosso) com R$ 6 milhões para comprar uma fazenda. Foto mostra a prisão.

Não é de hoje que notícias falsas envolvendo os nomes “Lula” e “fazenda” circulam na internet. A prova disso é uma história sobre um suposto sobrinho de Lula que circulava online há cerca de seis anos e voltou a viralizar em 2021.

De acordo com mensagens que estão se espalhando em redes sociais por meio de um print de uma postagem no Facebook, o sobrinho de Lula acabou de ser preso na cidade de Canarama (Mato Grosso) com R$ 6 milhões que seriam destinados à compra de uma fazenda. A prova seria uma foto da suposta prisão. Leia o texto que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

Manda pra todo mundo conhecer. ‘Sobrinho do Lula foi preso com aproximadamente 6 milhões de reais Sobrinho do Lula foi preso em Canarana/MT com aproximadamente 6 milhões de reais e disse para a Polícia que era do tio Lula e foi para comprar uma fazenda. A delegacia está cercada à 200 metros porque a população ameaça invadir a delegacia, a força nacional já foi deslocada para o local para ajudar na segurança.

Sobrinho de Lula é preso em Mato Grosso com R$ 6 milhões?

O print, acompanhado de diversas acusações a Lula, já está se espalhando na internet, principalmente em redes de pessoas que não nutrem simpatia ao ex-presidente. Só que a história não só é falsa como também já foi desmentida por aqui lá em 2015. Leia o que escrevemos na época:

A história se espalhou pela internet, apareceu em vários blogs e sites e se destacou também no Facebook. No entanto, em grandes veículos como o G1, nada foi dito sobre a relação do homem com Lula.

De fato, sabemos que José Silvan de Melo foi preso no município de Canarana (MT) com 3,2 milhões de reais (e não seis milhões) e que já vinha sendo monitorado pela polícia. Outro detalhe, meramente técnico, quem apreendeu o dinheiro e o veículo foi a Polícia Civil da cidade.

O suspeito tem antecedentes na Polícia e é investigado por envolvimento com o tráfico internacional de drogas em Recife. Embora José Silvan tenha alegado que a quantia era proveniente da venda de gado na região, ainda não se sabe qual a origem do dinheiro.

O que sim sabemos, é que ele teve o pedido de habeas corpus negado pela justiça e que aguarda a investigação do caso na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá. Ah sim, sabemos também, pela falta de qualquer prova contrária, de que o homem não tem nenhum parentesco com o ex-presidente Lula. Boato barato, fraco até. E desmentido, como deve ser.

PS: Em setembro de 2015 começou a apareceu uma nova versão do boato: ele dizia que o filho de Lula teria sido preso no Mato Grosso. O resto da história é igual o desmentido descrito acima. Ou seja, tanto a história do sobrinho como a do filho são boatos.

Resumindo: a história que aponta que o sobrinho de Lula foi preso em Mato Grosso é falsa. O sujeito preso na cidade em questão em 2015 não tem parentesco com o ex-presidente. Não passa de um boato que seis anos depois voltou a circular na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet