Patrícia Campos Mello, da Folha, é flagrada com Haddad em foto #boato

Boato – Fernando Haddad (PT) é flagrado na companhia da jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S.Paulo, durante campanha presidencial.

Se tem uma coisa que nós brasileiros já estamos fartos nessas eleições são as fake news. Nunca antes na história desse país esse “lance” de boataria chamou tanta atenção da sociedade e causou tanta confusão como nessas eleições. Sobra até para jornalistas. E a última “vítima” da vez é a repórter da Folha de S. Paulo Patrícia Campos Mello.

Se você dormiu nessa última semana e não acompanhou as últimas notícias na rede, saiba que a ela fez uma reportagem que denuncia um suposto esquema de envio de mensagens fakes contra o PT por parte de empresários. Desde então, a vida da jornalista virou de pernas pro ar.

Entre xingamentos e ameaças, Patrícia passou a ser acusada de diversos “feitos”. Uma dessas histórias mostra que Patrícia Campos Mello teria sido flagrada mais de uma vez acompanhada do candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT). Confira:

Versão 1: “Se você enviar para apenas 20 contatos em um minuto… o Brasil inteiro vai desmascarar este Bandido. NÃO quebre essa corrente. Os incautos precisam ser esclarecidos antes que seja tarde demais…”. Versão 2: “Essa é a jornalista Patrícia Campos Mello, que fez matéria contra Bolsonaro na Folha. Petista de carteirinha!!”.

Patrícia Campos Mello, da Folha, é flagrada com Haddad em foto?

As fotos estão aí, viralizando no zapzap. Mas será mesmo que essa história da jornalista e o candidato Fernando Haddad é realmente verdadeira? A resposta é não e os detalhes você confere a seguir.

Vamos lá! Antes de entrarmos no desmentido, é preciso destacar duas coisas. A primeira delas, como já dissemos anteriormente, é que a jornalista Patrícia Campos Mello tem sofrido diversas perseguições após a publicação da reportagem. Em segundo lugar, é importante ressaltar que a matéria foi muito bem “amarrada”, dessa forma, a denúncia merece ser investigada mais a fundo. Entretanto, também é preciso lembrar que não há provas do envolvimento de Bolsonaro nessa ação de empresários (e nem a matéria fala sobre isso). Então, é necessário esperar a investigação.

Dito isso, vamos aos fatos. Para começo de história, os textos que andam circulando nas redes sociais possuem todas as características de boatos online: vagos, alarmistas, com erros de português, pedidos de compartilhamento e não citam fontes confiáveis.

O segundo ponto que destacamos aqui é que as pessoas que aparecem nas imagens não são a jornalista (e muito menos se parecem com ela). Aliás, as pessoas das duas fotos sequer se parecem entre elas.

Na foto do jatinho, que foi usada em uma das visitas de Fernando Haddad a Lula (que está preso em Curitiba), a mulher que aparece na foto é (nada mais, nada menos que) Ana Estela Haddad, a esposa do candidato.

Já a foto que mostra uma mulher abraçada com Haddad, a própria Folha de São Paulo desmentiu a informação. A imagem, na verdade, é antiga (de 2012), durante a campanha do segundo turno para à Prefeitura de São Paulo. Segundo a Folha, a foto foi registrada durante uma carreata pela Zona Leste da capital paulista e Haddad posou entre duas mulheres cujas identidades não são conhecidas. Os próprios responsáveis pela campanha de Haddad também desmentiram toda a história.

Em resumo: a história que diz que a jornalista Patrícia Campos Mello foi flagrada com Fernando Haddad é falsa. As mulheres que aparecem nas fotos não se parecem com Patrícia (muito menos se parecem entre si) e as histórias das imagens também já foram desmentidas. Ou seja, #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)