Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Cartaz com dizeres “Lula traidor” não foi escrito por movimento de professores da UFSC

Cartaz com dizeres “Lula traidor” não foi escrito por movimento de professores da UFSC

Professores da UFSC escrevem cartaz com dizeres Lula traidor, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – Professores da UFSC se revoltaram contra o presidente e colaram um cartaz com dizeres “Lula traidor” na universidade.

Análise

Uma imagem está circulando com força na internet. Em meio a uma greve e diversas negociações do governo com universidades federais, a foto mostraria um momento de revolta de professores da UFSC contra Lula.

O cartaz mostraria a mensagem “Lula traidor” e teria uma confissão apontando que os professores foram traídos porque “elegeram Lula”, “doutrinaram alunos”, “fizeram campanha”. Junto à imagem, mensagens apontam que o cartaz teria sido colocado pelos “professores da UFSC”. Leia:

Vídeo: é falso que a Anvisa esteja barrando entrada de remédios no RS

Versão 1: A confissão numa parede da UFSC: “Doutrinamos e influenciamos alunos…” Versão 2: Professores da UFSC, dizem sem nenhum pudor que DOUTRINARAM e INFLUÊNCIARAM alunos para votarem no PT. POBRE BRASIL! Versão 3: LULA TRAIDOR GREVE JÁ NÓS, professores das FEDERAIS, ELEGEMOS Lula. Doutrinamos e influenciamos alunos, fizemos campanha PT e
LULA nos TRAIU. Salário DEFASADO Universidades SUCATEADAS UFSC

Checagem

O que não tem faltado é gente falando sobre a suposta ação dos professores da UFSC. A checagem do conteúdo do Boatos.org será feita respondendo às seguintes questões: 1) O cartaz com os dizeres Lula traidor foi colocado nos corredores da UFSC? 2) O cartaz com os dizeres Lula traidor foi colocado pelos professores da UFSC que estão em greve? 3) A mensagem do cartaz condiz com o posicionamento dos docentes da instituição em relação ao presidente?

O cartaz com os dizeres Lula traidor foi colocado nos corredores da UFSC?

Sim. Conforme mostram as imagens, se trata de um cartaz que foi colocado nos corredores da Universidade Federal de Santa Catarina. Pelos cartazes que estão em volta dele, foi colocado, aparentemente, no Campus de Florianópolis. Há registros também que ele já foi retirado.

O cartaz com os dizeres Lula traidor foi colocado pelos professores da UFSC que estão em greve?

Não. O cartaz não condiz com o posicionamento dos professores da instituição que estão em greve. O Boatos.org entrou em contato com o Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc) e obteve a seguinte resposta:

Recebemos a informação de que este cartaz foi fixado em um dos murais da universidade e é atribuído de maneira falsa à categoria docente. A Apufsc-Sindical, sindicato que representa os professores e professoras da UFSC, que estão em greve, não reconhece a produção do conteúdo e garante que a peça não é parte das comunicações do movimento de greve. Não temos informações sobre a autoria. Nenhum docente assumiu a elaboração do cartaz à Diretoria do sindicato.

Ou seja: o cartaz foi colocado por alguém que não é professor da universidade ou se é não fala pelo coletivo de professores da UFSC. Gostaríamos de chamar atenção para dois pontos.

O primeiro é que a pessoa se apresenta como “nós professores” (o que foi desmentido pela UFSC). O segundo é que o cartaz têm erros de português, o que enfraquece a alegação de que foi produzido por um coletivo de docentes.

A mensagem do cartaz condiz com o posicionamento dos docentes da instituição em relação ao presidente?

Não. De fato, os professores da UFSC estão (assim como de tantas outras universidades federais) insatisfeitos com o governo federal. Isso não significa que eles “assumiram que foram traídos”, “que doutrinaram” e “fizeram campanha”. O tom do cartaz denota mais para alguém ironizando a situação e tentando lacrar do que com um posicionamento real da classe.

Conclusão

Fake news ❌

De fato, foi colocado um cartaz na sede da UFSC, em Santa Catarina. Porém, o cartaz de “Lula traidor” não é de autoria do coletivo de professores da universidade. Professores, por sinal, que não compactuam com o teor do mesmo.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).