Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Primeira sessão da CPMI do 8 de janeiro já começou #boato

Primeira sessão da CPMI do 8 de janeiro já começou #boato

Primeira sessão da CPMI do 8 de janeiro já começou, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Vídeo com o deputado federal Gustavo Gayer mostra que a primeira sessão da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro já começou.

Uma das principais bandeiras da oposição do presidente Lula está na implementação de uma CPMI para investigar os atos antidemocráticos do dia 8 de janeiro em Brasília. A prova disso está na história de hoje, que aponta que “tudo já começou”.

De acordo com publicações que acompanham um vídeo do deputado federal Gustavo Gayer, a primeira sessão da CPMI dos atos antidemocráticos que resultaram em vandalismo já foi iniciada no Congresso. “Lula tentou, Pacheco tentou…mas não conseguiram,a primeira seção da CPMI já começou. Atenção, atenção, atenção”, diz a legenda do vídeo.

Primeira sessão da CPMI do 8 de janeiro já começou?

Não demorou para a história viralizar com força na internet e, claro, gerar comentários empolgados. Porém e apesar de muitos pesares (que vamos abordar aqui), a primeira sessão da CPMI do dia 8 de janeiro ainda não foi realizada.

Vídeo: é falso que imagens mostram Lulinha agredindo a esposa

Para chegar à solução do caso, precisamos apenas correr atrás do contexto da situação e do vídeo do deputado em questão. De fato, a CPMI dos atos antidemocráticos tem de tudo (apesar de uma resistência inicial do governo) para ocorrer.

No início, o governo avaliava que uma CPMI poderia tirar a atenção de pautas consideradas importantes como a reforma tributária. A oposição, por outro lado, gostaria de um espaço para explorar a narrativa de que a culpa do vandalismo também foi do governo Lula.

Nesta queda de braço, algumas assinaturas para a realização da CPMI foram retiradas. Mesmo assim, a oposição ainda teve força (com a ajuda de deputados independentes) para coletar os pedidos suficientes para a composição da comissão.

Tudo estava certo. Só faltava um detalhe: uma sessão conjunta do Congresso para promulgar a CPMI. Foi aí que no dia 18 de abril de 2023, o presidente do Senado Rodrigo Pacheco aceitou o adiamento de uma sessão conjunta do Congresso (sob protestos da oposição).

Neste sentido, Gustavo Gayer gravou o vídeo apontando que haveria quórum para a tal sessão. Importante lembrar que, em nenhum momento, ele falou que se tratava de uma sessão da CPMI.

Três coisas ocorreram a partir do momento em que o vídeo foi gravado. 1) A sessão conjunta do Congresso (que também analisaria vetos do governo) foi mesmo adiada e não houve a leitura do requerimento para a CPMI. 2) O governo resolveu mudar de posição e aceitou a instalação da CPMI (a estratégia é tentar ganhar espaço). A terceira coisa foi a reprodução do vídeo em questão com uma legenda errada (de que já houve o início da CPMI).

Resumindo: é bem provável que, de fato a CPMI do 8 de janeiro seja instalada. Mas o fato é que o vídeo que está circulando na internet não é da primeira sessão da CPMI em questão. Ainda não houve, por diversos motivos, o início dos trabalhos.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm