Presidente da Coreia do Sul presenteia Bolsonaro e ora com presidente do Brasil #boato

Boato – Vídeo mostra presidente da Coreia do Sul orando junto com Bolsonaro e dando presentes ao presidente do Brasil. 

Internacionalmente, a imagem do Brasil não anda boa e os maus olhos para o país já começam a aparecer. O sumiço do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips acendeu um sinal de preocupação, com instituições internacionais cobrando mais esforços do Brasil para encontrar os dois homens.

Mas de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, parece que a imagem não anda tão mau assim. Segundo a publicação, o presidente da Coreia do Sul teria orado junto com o presidente do Brasil e ainda presenteado Bolsonaro. De acordo com a história, a prova seria um vídeo que mostraria os dois. Confira:

Versão 1: “Olhem o que o presidente da Coreia do Sul fez com o presidente Bolsonaro. Isso você não verá na mídia esquerdista!!!”. Versão 2: “Alguém conhece outra história  de um governante estrangeiro orar pelo governante de outro país? As COBRAS da CNN e  Globolixo DEVEM ESTAR SE RASGANDO. Ora vejam, grande líder e chefe da Coreia do Sul não fala português, precisa de intérprete igual Bolsonaro. Criaturas patéticas”.

Presidente da Coreia do Sul presenteia Bolsonaro e ora com presidente do Brasil?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Twitter e no Facebook e animou os grupos bolsonaristas. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem do vídeo e da identidade das pessoas que aparecem nas imagens.

Ao se deparar com a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque a história apresenta as principais características de fake news, como o caráter vago, alarmista, a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis.

Resolvemos, então, procurar por mais informações sobre o assunto e descobrimos que a história não é bem assim. O atual presidente da Coreia do Sul é Yoon Suk-yeol, de 61 anos. Ele assumiu a Presidência do país sul-coreano no dia 10 de maio de 2022. Logo, o homem que aparece no vídeo não é o presidente da Coreia do Sul.

Na realidade, o vídeo que acompanha a história foi gravado no dia 8 de junho de 2022. Na oportunidade, o presidente Jair Bolsonaro recebeu em seu gabinete o pastor evangélico sul-coreano Ock Soo Park, fundador da Missão Boa Notícia, e a banda Gracias Choir.

Como é possível ver, o evento reuniu convidados sul-coreanos, mas não se tratava de uma visita de Estado. Já o homem que aparece nas imagens orando com Bolsonaro e presenteando o presidente do Brasil é o famoso pastor evangélico Ock Soo Park.

Em resumo: a história que diz que o presidente da Coreia do Sul orou com o presidente do Brasil e presenteou Bolsonaro é falsa! O evento que aparece no vídeo ocorreu no dia 8 de junho de 2022, no gabinete do presidente Jair Bolsonaro. Na oportunidade, Bolsonaro recebeu o pastor evangélico Ock Soo Park que orou com o presidente e deu alguns presentes a Bolsonaro. O atual presidente da Coreia do Sul é Yoon Suk-yeol e não teve nada a ver com o evento. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso