Polícia prende oito vereadores em Rondônia após invadir sessão em 2019 #boato

Boato – O Brasil está mudando. A prova disso está no vídeo que mostra que a polícia invadiu uma sessão na Câmara Municipal e prendeu oito vereadores em Rondônia.

O que não tem faltado neste ano é notícia falsa de vídeos antigos sendo compartilhados como atuais. Na maioria das vezes, as imagens servem para tentar provar que o “Brasil mudou” ou que a “mamata acabou”.

As imagens em questão estariam mostrando a polícia entrando em uma sessão na Câmara dos vereadores de uma cidade de Rondônia e prendendo oito políticos. De acordo com a mensagem, o fato teria ocorrido em 2019, durante, claro, o governo Bolsonaro. Leia três versões da mensagem que circula online:

Versão 1: *BRASIL MUDANDO!!!* *Polícia de Rondônia adentrou a Câmara de vereadores e prende 8 dos vereadores presentes juntamente com o secretário de saúde.**Exemplo a ser seguido em todo país*. Versão 2: #Brasil POLÍCIA PRENDE OITO VEREADORES EM RONDÔNIA Polícia de Rondônia invade a Câmara de vereadores e prende 8 vereadores e o secretário de saúde um exemplo a ser seguido em todo país.

Versão 3: NUMA CIDADE “MUITO LONGE DAQUI”… Polícia de Rondônia invade Câmara Municipal e prende o Secretário de Saúde, bem como oito “vereadores”. A distância física entretanto não é suficiente para garantir que inúmeras Câmaras estejam em condição similar e sujeitas a uma operação de mesmo teor, prendendo verdadeiros bandidos travestidos de representantes do povo.

Polícia prendeu oito vereadores em Rondônia após invadir sessão em 2019?

Muita gente comemorou as imagens e compartilhou a mensagem. Só há dois detalhes que nem todos perceberam. 1) O caso não aconteceu em Rondônia. 2) A As imagens não são de 2019. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De cara, a mensagem já nos causou desconfianças. Ela tem características intrínsecas em fake news: é vaga (não diz sequer o nome da cidade em que teria ocorrido a prisão), alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis. Junte isso ao fato de que a “prisão dos vereadores de Rondônia” não foi noticiada em lugar algum e temos bons motivos para desconfiar.

Bastou uma análise pela origem do vídeo, que mostra esquadrões do grupamento Tigre da Polícia Civil, para as chances diminuírem ainda mais. O grupamento especial de Rondônia é o GOTE. O Tigre é o nome de grupamentos no Paraná e em Alagoas. E, ao buscar pelo vídeo, descobrimos que o ele foi feito em Alagoas.

A ação da polícia ocorreu no município de Joaquim Gomes, em 2014. Na ocasião, o MP realizou uma operação conjunta com as polícias civil e militar para investigar a denúncia de que vereadores da cidade estavam recebendo dinheiro em troca de apoio político ao prefeito da época. Ao todo, oito vereadores e o ex-secretário de Saúde foram presos (essa é a única informação correta na mensagem).

Resumindo: a história que aponta que a polícia invadiu a Câmara Municipal em Rondônia para prender vereadores em 2019 é falsa. O vídeo que viralizou é de 2014 e o caso ocorreu na cidade de Joaquim Gomes (Alagoas).

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)