Planserv foi extinta pelo governo da Bahia e vendida à Qualicorp #boato

Boato – Governador Rui Costa (PT/BA) extingue Planserv e terceiriza os serviços de saúde dos servidores públicos da Bahia para a Qualicorp.

Desde 2001, os servidores públicos estaduais da Bahia contam com o Planserv (Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais), um conjunto de serviços de saúde, subsidiado pelos servidores e pelo governo da Bahia e gerenciado pelo Estado. Segundo dados do serviço, cerca de 500 mil pessoas (entre servidores e familiares) são atendidos pelo serviço. Mas parece que os servidores da Bahia acordaram com uma notícia nada boa sobre o futuro do Planserv.

De acordo com publicações que estão circulando nas redes sociais, o governador Rui Costa (PT/BA) teria publicado no Diário Oficial do Estado a extinção da Planserv, no dia 30 de agosto. Além disso, estaria terceirizando os serviços para a Qualicorp, uma administradora de planos de saúde coletivos. Confira:

Versão 1: “Extinção do Planserv… Em noventa dias dados migrarão… Para #Qualicorp… Diz “Eles” que é para aperfeiçoar… Não posso me queixar… Recebi atendimento vip em Salvador… De 2003 até 2008… De lá para cá nós não precisamos mais… Os exames básicos sempre tranquilo… Minha família é muito saudável… Graças a Deus!!”

Versão 2: “Soube agora , de fonte FIDEDIGNA , que o PLANSERV , já não existe , foi terceirizado pela Qualicorp . Rui Costa , nega , porque a reação foi grande quando das primeiras divulgações e está tudo por baixo do pano pra ele não perder votos ! Vamos divulgar !”

Planserv foi extinta pelo governo da Bahia e vendida à Qualicorp?

Bem, muitos servidores ficaram realmente assustados, uma vez que a decisão já teria sido publicada no Diário Oficial do Estado. Para quem depende do Planserv, isso significaria a privatização do serviço. Mas será mesmo que o governador Rui Costa teria terceirizado o Planserv e vendido o Sistema de Assistência para a Qualicorp? A resposta é não. E se você quiser conferir os detalhes, é só continuar lendo.

Já faz algum tempo que nos deparamos com essa história e ela não é nova na internet (nem nas redes sociais). Entretanto, até então, a história circulava sem prints do Diário Oficial. De toda forma, o texto utilizado na história segue aquele roteiro basicão (que a gente já conhece bem) das fake news: é vago, alarmista, possui erros de português, não cita fontes confiáveis (lembrando que “fontes fidedignas” não se enquadram nesse critério) e tem o pedido clássico de compartilhamento.

Durante os meses de Janeiro e Junho de 2018, a própria Planserv precisou vir a público para desmentir essas informações. Em janeiro, a organização apenas esclareceu os boatos. Já em junho, a Planserv pediu para que a Secretaria de Segurança Pública investigasse o caso. Agora, a nova versão, que traz as imagens de um suposto Diário Oficial, também foi desmentida pela empresa e pelo próprio governo da Bahia, por meio do Diário Oficial (agora, de verdade).

Comunicado do governo baiano: “Comunicado Oficial: Foi veiculada nas mídias sociais, no dia de ontem (30/08), uma versão falsa do Diário Oficial do Estado da Bahia (DOE), comunicando uma suposta privatização do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv)”.

Comunicado do Planserv: “O Planserv tem sido alvo constante de notícias falsas, que tentam confundir e preocupar seus beneficiários. É preciso ficar atento: o plano de saúde dos servidores estaduais NÃO FOI PRIVATIZADO! Ao contrário, o governo, gestor do Planserv, vem investindo na modernização da assistência. Espalhar fake news é crime!”.

Em resumo: a história que diz que o Planserv foi terceirizado e será vendido à Qualicorp é falsa! O Diário Oficial que aparece nas imagens é falso. Além disso, o próprio Planserv e o governo da Bahia já desmentiram a informação. Sendo assim, é só mais uma fake news. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)