Piloto se recusa a cumprimentar Lula durante embarque em avião #boato

Boato – O piloto do avião que levou Lula ao velório do seu neto Arthur em São Bernardo do Campo se negou a cumprimentar o ex-presidente porque ele é um condenado por corrupção.

No dia 2 de março de 2019, o ex-presidente Lula deixou a sede da Polícia Federal, em Curitiba, para ir ao velório do seu neto, Arthur Araújo Lula da Silva, garoto de sete anos que morreu após contrair meningite. O fato de Lula ter sido liberado pela Justiça e ter feito uma “aparição pública” gerou notícias na mídia e boatos em redes sociais.

Uma das histórias dá conta de que o piloto do avião que levou o ex-presidente de Curitiba até São Paulo se negou a cumprimentá-lo. A imagem de Lula estendendo a mão e “ficando no vácuo” é acompanhada de uma suposta declaração do piloto. Na mensagem, ele teria dito que a função dele é pilotar o avião, mas que se negaria a cumprimentar um condenado por corrupção. Leia;

Piloto do Governo do Estado do Paraná se recusa a cumprimentar Lula durante o embarque para São Paulo, após justiça autorizar saída para comparecer ao funeral do neto de 7 anos, falecido em decorrência de uma meningite. Questionado sobre o episódio o piloto respondeu:

– Minha função é pilotar o avião com segurança, independente da “carga” transportada e da rota determinada pelo operador. Isso eu faço com seriedade e profissionalismo. Cumprimentar um presidiário condenado por corrupção, por quem eu tenho desprezo, não faz parte das minhas obrigações. e, por minha livre decisão, decidi não fazê-lo.

Não vejo motivo para polêmica: foi uma decisão pessoal e me responsabilizo pelas consequências que possam advir. Nada e nem ninguém tem o direito de interferir ou modificar minha decisão.

Piloto de avião se recusa a cumprimentar Lula durante embarque para São Paulo?

A imagem e a mensagem se espalhou por perfis de redes sociais e pelo WhatsApp. Mas será mesmo que o piloto que transportou Lula se negou a cumprimentar o ex-presidente e, ainda por cima, deu a tal declaração? A resposta é não. Ao nos deparar com a mensagem, já ficamos desconfiados. Os motivos são três.

1) A forma na qual o texto é escrito (fomentando a polarização em cima de um “ato hostil”) é muito similar a de outros boatos como, por exemplo, esse que aponta que o jogador Boateng se negou a cumprimentar Dilma após a Copa de 2014. Na época, um vídeo falso circulou com a justificativa de que ele não cumprimenta “comunistas” e “terroristas”.

2) O texto tem as principais características de boatos online. Ele é vago (apesar de citar uma declaração gigantesca sequer fala o nome do piloto), alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis. 3) Ao buscar sobre a polêmica, nada encontramos (mesmo com a mídia cobrindo a saída de Lula de forma incisiva).

Com base nessa desconfiança, fomos atrás de mais informações. E a verdade não demorou a chegar. Bastou buscar pelo vídeo original. Nas imagens, o piloto não só não dá declaração alguma como também (olha só) aperta a mão de Lula. Assiste aí, olhe o print e tire as suas conclusões:

Olha aí como o piloto cumprimenta Lula (Foto: Reprodução/Youtube)
Olha aí como o piloto cumprimenta Lula (Foto: Reprodução/Youtube)

Resumindo: a história que aponta que o piloto do avião que levou Lula para São Paulo se negou a cumprimentar o ex-presidente é falsa. As imagens mostram que ele apertou a mão do ex-presidente e o texto que circula por aí é só conversa para boi dormir.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

3 comentários em “Piloto se recusa a cumprimentar Lula durante embarque em avião #boato

  • 03/03/2019 em 17:12
    Permalink

    É fácil criar intriga. Pior é ver essa intriga sendo divulgada sem critério. Por de tratar de um gesto grosseiro por si só, aonde se refere a uma pessoa que já governou este País. Os seus atos julgados incorretos, pela lei, estão sendo pagos de acordo com ela, obedecendo a constituição. Seria vergonhoso se os inescrupulosos tivessem escrúpulos.

  • 03/03/2019 em 01:10
    Permalink

  • 02/03/2019 em 21:47
    Permalink

    Voces sao bem rápidos quando o assunto se refere a defender a quadrilha petista né, bando de esquerdopata vagabundo sem figura paterna

Fechado para comentários.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)