Página CNJ – Destituição de Sérgio Moro conta votos contra juiz #boato

Boato – Página do CNJ recebe votos para destituição de Sérgio Moro do cargo de juiz federal.

Tratado como herói, o juiz federal Sérgio Moro, ficou conhecido após liderar com mãos de ferro a Operação Lava Jato, responsável por investigar uns dos maiores esquemas de corrupção do país. A prova está nas manifestações de apoio que a “estrela” do judiciário recebeu no ato pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Mas, há quem critique os excessos cometidos pelo juiz. Em especial, após a condução coercitiva do ex-presidente Lula e a divulgação dos grampos telefônicos. Em meio à polêmica, surgiram novos boatos sobre Moro.

De acordo com a mensagem, que circula em aplicativos do Whatsapp, uma suposta página do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) coleta votos contra o juiz Sérgio Moro. Leia o que diz as mensagens compartilhadas no aplicativo:

IMPORTANTE: REPASSEM EM SEUS GRUPOS. Há no facebook uma página ou link com o título CNJ, informando que se vc clicar verá o currículo do Juiz SÉRGIO MORO. Na verdade não é nada disso. NÃO CLIQUE!!! Se vc clicar irá dar um voto para uma ação para DESTITUIÇÃO do juiz. JOGO MUITO SUJO. REPASSEM POR FAVOR. FONTE SEGURA.

É muita COVARDIA !!!! Gente muito cuidado. Há uma página no Facebook com a chamada CNJ – destituição do Juiz Sérgio moro, e quando você clica na página para saber do que se trata, é uma petição e sem você clicar em nada já conta um voto contra nosso excelentíssimo Juiz Sérgio moro. NÃO ABRAM ESTA PAGINA.

A história, que tem causado indignação nos usuários do aplicativo, na verdade é falsa. O Boatos.org resolveu checar as informações. Veja o que encontramos:

Primeiramente, essas mensagens compartilhadas com intenção de alertar a população são, na maioria dos casos, falsas. Além disso, as mensagens possuem características de boatos. São alarmistas e contém erros ortográficos comuns.

Mas vamos lá, de fato, existe uma petição on-line pedindo a destituição do juiz federal Sérgio Moro. Porém, a petição foi criada no site da Avaaz, e não pelo CNJ (muito menos no Facebook), como indica a mensagem compartilhada. Se você tem dúvida, pode conferir aqui. O objetivo da petição, criada por uma internauta identificada como “Sueli Mara C. Brasil”, no dia 6 de março, é atingir duzentas mil assinaturas para ser entregue ao CNJ.

Na petição não consta nenhuma informação sobre o currículo de Moro, como indica uma das mensagens compartilhadas. Mas, se você tem interesse de consultar o currículo do juiz federal, pode acessar aqui.

Além disso, uma simples busca no site do CNJ já resolve o mistério. Não há nenhuma petição pedindo a destituição de Sérgio Moro. Na página, a notícia que aparece sobre o juiz trata-se de mudanças na legislação.

Por fim, vale lembrar que o Facebook não tem nenhum acordo para ser contabilizado em decisões. isso seria a mesma coisa do que pedir para acessar o site do câncer de mama para ajudar na causa ou compartilhar fotos de bebês doentes para que sejam levantadas doações. 

Resumindo: a história de que a página do CNJ recebe votos para destituição de Sérgio Moro do cargo de juiz federal é falsa. Tudo não passa de mais um desses boatos que circulam em grupos de Whatsapp.