Olavo de Carvalho faz post criticando quem vai votar em João Amoêdo #boato

Boato – Filósofo Olavo de Carvalho faz crítica aos eleitores de João Amoêdo e questiona movimento “anti-esquerda” que não vota em Bolsonaro. 

Talvez você não reconheça o nome, mas com certeza já deve ter esbarrado em algum texto atribuído a ele. Nos últimos tempos, ele tem sido o (falso) “autor” de diversos textos e declarações polêmicas sobre políticos que circulam por aí nos confins da web. É claro que estamos falando de Olavo de Carvalho.

Desta vez, “dizem por aí” que o filósofo publicou, em suas redes sociais, uma crítica aos eleitores do candidato à Presidência João Amoêdo (Novo). Na publicação, Olavo reclama de quem está dando seu voto em Amoêdo e questiona o movimento “anti-esquerda”. Leia o que diz a mensagem:

Via Olavo de Carvalho. Vocês que são anti-esquerda, mas não vão votar no Bolsonaro. O que vão fazer quando o Amoedo tiver só 5% dos votos e um comunista se tornar presidente? A – Chorar quando o Lula for solto. B – Se revoltar quando a Lava Jato for extinta. C – Lamentar quando toda mídia for controlada. D – Se esconder quando você e sua família forem tratados como fascistas pelo estado. E – Fugir quando o socialismo for implementado no Brasil.

Olavo de Carvalho faz post criticando quem vai votar em João Amoêdo?

A tal mensagem circulou muito na internet e serviu até de combustível para cabos eleitorais pedirem o voto da direita para Bolsonaro. Mas, apesar de Olavo ser um crítico declarado da esquerda e, de fato, apoiar Bolsonaro nestas eleições, a declaração não pertence a ele. E se você não entendeu o porquê, a gente te explica.

Ao bater o olho no texto, duas coisas chamam atenção. A primeira é que a declaração possui um objetivo muito claro: aumentar as intenções de voto de Bolsonaro (afinal, Amoêdo pode se configurar em um “ladrão” de votos do candidato do PSL). O segundo ponto está no timing da mensagem. Há poucas horas, desmentimos uma postagem atribuída a Arnaldo Jabor sobre Amoêdo.  A grande diferença entre as publicações é que o “falso Jabor” pedia votos para Amoêdo e o “falso Olavo” pede “não-votos” para o candidato do Novo.

Para descobrir se a informação é verdadeira, fizemos algumas pesquisas sobre a fonte dela. Logo chegamos a este perfil, que (apesar do nome) não pertence ao filósofo. Isso porque, em seu site oficial, há outro endereço para a página oficial no Facebook. Por sinal, não encontramos nenhuma publicação sobre João Amoêdo até o momento. Na busca, também encontramos o perfil oficial do escritor, que, como você deve imaginar, não cita nenhuma informação sobre o post ou o candidato à Presidência.

Resumindo: embora Olavo declare apoio à Bolsonaro, a fala sobre João Amoêdo e as alternativas sobre o que fazer não são de Olavo de Carvalho. Elas foram publicadas em um perfil fake de (provavelmente) simpatizantes do filósofo. Ou seja, a história que o aponta como autor é boato. Quanto à premissa descrita, preferimos não opinar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)