Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Postagem do MTST (e não do MST) sobre Jesus é distorcida na internet

Postagem do MTST (e não do MST) sobre Jesus é distorcida na internet

MST (ou MTST) fez post em que chama Jesus de bandido na Sexta-feira Santa, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O MST ou o MTST fizeram um post chamando Jesus de bandido em plena Sexta-feira Santa.

Análise

Uma postagem está causando polêmica em redes sociais. Na imagem, Jesus Cristo aparece crucificado e há pessoas que teriam falado que “bandido bom é bandido morto”.

A partir da publicação, há pessoas falando que a postagem seria do MST (há versões que citam o MTST) e apontam que os movimentos (ou um dos movimentos) teria chamado Jesus Cristo de bandido. Leia uma das versões da história que está circulando online:

Vídeo: é falso que assalto foi realizado com camiseta no retrovisor de carro

PUBLICAÇÃO DE HOJE …. Em pleno dia de sua Morte o MTST/MST estão chamando Nosso Senhor Jesus Cristo de Bandido . Esse é o Movimento que tem apoio do @guilhermeboulos.oficial e do bandido @lulaoficial . E vcs que os apoiam são piores que eles. Lixos Humanos . “Senhor NÃO os Perdoe..Eles sabem bem o que fazem ” POLÊMICA: Post do MST chamando Jesus de ‘bandido’ causa revolta na sexta-feira Santa

Checagem

O assunto gerou polêmica, mas tem pontos verdadeiros, falsos e distorcidos. Por isso, vamos fazer a checagem respondendo às seguintes questões: 1) É verdade que o MST ou o MTST fizeram a postagem em questão? 2) Qual é a origem da imagem de Jesus crucificado? 3) O MST ou MTST chamou Jesus de bandido no post?

É verdade que o MST ou o MTST fizeram a postagem em questão?

Como boa parte das postagens estão publicando o nome o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), aqui cabe um esclarecimento.

Além do MST, existe o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto). Quem fez a postagem em questão foi o MTST. Ou seja: o MST nada tem a ver com isso.

Qual é a origem da imagem de Jesus crucificado?

Pela assinatura, vimos que há a identificação de Jota Camelo. Ao buscar pelo nome e a identificação da charge, descobrimos que se trata de um ilustrador que fez a charge no Natal de 2017. Ou seja: sequer o debate é recente. Essa matéria cita que, na época, houve polêmica. 

O MST ou MTST chamou Jesus de bandido no post?

O MST nada fez. Ou seja: nem vamos entrar no mérito do movimento e o post.

Quando falamos do MTST, conseguimos enxergar, no mínimo, uma distorção do que é mostrado. Está claro que o post é, na realidade, uma crítica às pessoas que acreditam no tal “bandido bom é bandido morto”. Trata-se de uma metáfora que aponta que, se isso existisse na época de Jesus, essas pessoas apoiariam Barrabás.

Cristãos podem achar que a imagem poderia ter sido utilizada em vão (seja para fazer política ou para fazer uma comparação espúria). Se levarmos por este lado, temos que pensar que política e religião não é algo tão incomum.

Sobre a comparação, pode caber críticas. Só não pode dizer que o MTST quis chamar Jesus de bandido. Vale apontar que o próprio movimento “explicou a ironia” e criticou a “falta de interpretação de texto.

Conclusão

Enganoso 😈

Primeiro, o MST não fez o post. Segundo, a publicação não chama Jesus Cristo de bandido. Trata-se de uma ironia que pode ser passível a críticas (e também a elogios), mas está sendo distorcida em muitas das publicações.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).