Moro fretou avião de Portugal para o Brasil para tratar de prisão de Lula #boato

Boato – Juiz Sérgio Moro estava de férias em Portugal e fretou um avião até o Brasil apenas para tratar da prisão de Lula. Quem paga?

O “solta-não-solta” do ex-presidente Lula, protagonizado pelo desembargador Rogério Favreto e outros membros do Judiciário no domingo (08/07/2018), ainda está dando o que falar. Dentre discussões e notícias, muita gente está compartilhando algumas fake news. A que vamos falar hoje trata de Sérgio Moro.

Se você está por fora da discussão, tem gente falando que o juiz da Operação Lava-Jato estava em Portugal e fretou um avião para o Brasil só para decidir sobre Lula. A mensagem viralizou após ser publicada por perfis pró-Lula no Facebook. “MORO FRETOU UM AVIÃO DE PORTUGAL PARA O BRASIL PRA TRATAR DA PRISÃO DE LULA, QUEM PAGA????”, diz a mensagem.

A tal mensagem foi, inclusive, rebatida por defensores de Moro. “MORO FRETOU UM AVIÃO DE PORTUGAL PARA O BRASIL PRA TRATAR DA PRISÃO DE LULA, QUEM PAGA? SE FOR PARA PRENDER O LADRÃO, NÓS PAGAMOS!”, diz uma mensagem postada em um grupo de apoiadores do juiz.

Moro fretou avião de Portugal para o Brasil para tratar de prisão de Lula?

A discussão sobre Moro, Lula, Portugal e aviões não parou por aí. Diante da informação teve até político defensor de Lula querendo dar pitaco. Mas será mesmo que o juiz saiu de Portugal com um avião fretado só para tratar da prisão do ex-presidente no Brasil? A resposta é não. Confere aí a análise.

O primeiro ponto é lógico. A mensagem tem cara de boato e jeito de boato. Ela é vaga (não fala quaisquer detalhes), alarmista e não cita fontes confiáveis. Ao buscarmos sobre mais informações em relação às férias em Portugal, nada encontramos. Se formos racionar, a própria tese de que Moro “fretou um avião” não se encaixa com a cronologia do caso do habeas corpus de Lula.

A resposta negativa de Moro ao alvará de soltura de Lula se deu em poucas horas após a decisão de Favreto. O desembargador do TRF-4 publicou o alvará às 9:05 da manhã. A resposta foi às 12:05. Detalhe: um voo de Lisboa à Curitiba leva cerca de 10 horas. Ou seja, não haveria tempo hábil para uma resposta tão rápida “de Moro em Curitiba”.

Para além do fator lógica, há também um desmentido da Justiça Federal de Curitiba. De acordo com a assessoria do órgão, Moro não saiu da capital paranaense durante seu período de férias, entre 2 e 31 de julho. A informação foi publicada em veículos contrários a Lula (como o Antagonista) e favoráveis ao ex-presidente (como o site da revista Carta Capital).

Mistério resolvido: a informação que aponta que o juiz Sérgio Moro fretou um avião de Portugal para Curitiba só para manter Lula preso é falsa. Além de a assessoria do juiz ter afirmado que ele não saiu do país nas férias, a logística da tal tese não se sustenta com um mínimo de raciocínio. Mais um boato que circula online.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)