Ministro do STF (Dias Toffoli) está com câncer no pâncreas e será trocado por Bolsonaro #boato

Boato – Um ministro do STF está com câncer no pâncreas, vai se afastar do corte para o tratamento e dará ao presidente Jair Bolsonaro o direito de trocar três ministros da Corte (e não dois). Mensagens apontam que o ministro é Dias Toffoli. 

Em novembro de 2020, o presidente Jair Bolsonaro vai ter a oportunidade de fazer a primeira troca de ministros do STF. Ao completar 75 anos no dia 3 de novembro, o ministro Celso de Mello (que está, no momento, afastado de suas funções) será aposentado compulsoriamente e sairá da corte. Porém, mensagens apontam que esta não será a única troca “operada” por Bolsonaro nos próximos meses.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

De acordo com mensagens que estão circulando na internet, “um ministro do STF” está com câncer no pâncreas (que tem alta taxa de letalidade) e “teria que ser substituído por Bolsonaro” para realizar o tratamento.

Vimos a história circulando, principalmente, por vídeos no YouTube. Nas filmagens, foi dito que a saída não estaria, diretamente, ligada à morte do ministro e sim a “uma saída definitiva para fazer um tratamento”. A notícia é apresentada (na visão bolsonarista) como uma “boa para o Brasil”, uma vez que o presidente teria direito a nomear um ministro “de sua confiança” para a corte. A mensagem ainda aponta que o “ministro doente” não é Celso de Mello ou Marco Aurélio Mello.

A partir do vídeo, postagens em redes sociais (Twitter e Facebook, principalmente) começaram a apontar que o ministro com câncer seria Dias Toffoli (atual presidente da Corte). Leia algumas das mensagens que estão circulando online:

Versão 1: EXPL0DlU! MINISTRO DO STF COM CÂNCER – BRASIL FICA CH0CAD0 AO DESCOBRIR! Versão 2: BOMBA! Ministro do STF com câncer. Corre nos bastidores do STF que um dos ministros foi diagnosticado com câncer do pâncreas Caso isso seja verdade Bolsonaro poderá trocar 3 e não 2 ministros da Suprema Corte Além de Celso de Melo e Marco Aurélio, Bolsonaro poderá escolher um terceiro ministro até o final do seu primeiro mandato.

Versão 3: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido. ” Câncer no pâncreas. Toffoli. Versão 4: Bastidores de Brasília: comentários dizem que o Ministro Toffoli estaria com câncer de pâncreas. Realmente, muito grave. Lamentável, inclusive não anunciarem. Versão 5: O ministro do STF que está com câncer é o Toffoli, câncer no pâncreas.

Ministro do STF (Dias Toffoli) está com câncer no pâncreas e será trocado por Bolsonaro?

A mensagem se espalhou com muita força na internet. Vídeos passaram de 100 mil visualizações em um dia e as timelines de redes sociais ficaram lotadas. Porém as informações de que um ministro do STF vai ser trocado por Bolsonaro para se tratar de um câncer no pâncreas e que esse ministro seria Dias Toffoli são falsas.

O primeiro ponto que nos deixa desconfiados está nas publicações em si. Vamos convir que falar que alguém está com uma doença letal é algo gravíssimo. Como algo grave, carece de provas, certo? E sabe quantas provas de que há um ministro do STF com câncer no pâncreas são apresentadas? Zero. Ao buscar, inclusive, em fontes confiáveis (que não é o caso das pessoas que publicaram o conteúdo) algo sobre o assunto, nada encontramos. A história, simplesmente, brotou do nada.

Para além disso, a tese de que Bolsonaro “vai trocar ministro” apenas por causa do tratamento também não procede. Na realidade, a lógica é que, se fosse verdade que um ministro estivesse com câncer no pâncreas, ele se afastasse temporariamente para o tratamento (que levaria alguns meses). Não tem lógica um ministro “pedir para sair” por causa da doença.

A saída aconteceria apenas no caso de morte por causa da doença. Em 2009, o então ministro do STF Carlos Alberto Menezes Direito foi diagnosticado com câncer no pâncreas. Para se tratar, ele pediu uma licença médica em maio daquele ano. Em setembro, ele acabou morrendo em consequência da doença. A escolha de um novo ministro ocorreu apenas 15 após a morte de Menezes Direito.

Como boa parte das mensagens começaram a apontar o nome de Dias Toffoli, entramos em contato com a assessoria do ministro do STF (que, por sinal, substitui Menezes Direito em 2009) para saber se ele “estava com câncer no pâncreas”. A resposta foi incisiva. Leia nota:

A Assessoria de Comunicação da Presidência do STF esclarece que as postagens em redes sociais que afirmam que o ministro Dias Toffoli estaria com câncer são falsas e não passam de mais uma tentativa de desinformar a população

Com isso, podemos já chegar ao veredicto. A mensagem que fala que Bolsonaro vai trocar um ministro do STF que vai se afastar para tratar um câncer no pâncreas parte de uma premissa errada (de que o tratamento resultaria, sem morte, em um afastamento definitivo) e cita uma informação sem provas (e que surgiu do nada). Quanto a parte da história que cita Dias Toffoli, a própria assessoria do ministro disse que a informação é mais uma tentativa de desinformar a população.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/318Tn5c
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)