Mensagem falsa conta briga de Luiz Claudio Lula da Silva no Cirque du Soleil

Luiz Claudio Lula da Silva teria brigado em apresentação do Cirque du Soleil, diz boato
Luiz Claudio Lula da Silva teria brigado em apresentação do Cirque du Soleil, diz boato

Boato – Luiz Claudio Lula da Silva, filho mais novo do ex-presidente Lula, discutiu de forma arrogante enquanto estava bêbado em uma apresentação do Cirque du Soleil no Brasil.

O mais novo (ou não tão novo) hoax que passou a viralizar na internet nesta semana fala do filho de Lula. Por incrível que pareça, a bola da vez não é Fábio (mais conhecido como Lulinha), que já foi apontado como dono da Friboi, de avião de R$ 100 milhões e de fazenda de R$ 47 milhões. O eleito é o filho mais novo: Luiz Claudio Lula da Silva

Curta também a nossa página no Facebook e não caia em boatos

A história, que passou a circular com força nas redes sociais na segunda quinzena de 2013, conta uma história que apareceu na web em janeiro de 2010. O texto, que pode ser lido aqui, conta a história de uma confusão que aconteceu em uma apresentação do conhecido Cirque du Soleil no Brasil.

Basicamente, a história narra a discussão que Luiz Claudio teve com funcionários do circo após tentar sentar no lugar de outras pessoas. De acordo com a narrativa, o filho de Lula estava acompanhado de duas mulheres, bêbado e a todo momento repetia que iria usar a influência de ser filho do presidente para sentar onde quisesse.  Claro que o texto acusava o filho de ter os mesmos defeitos do pai.

É difícil precisar se a história realmente aconteceu. Mas alguns detalhes certamente caracterizam a história da discussão como hoax. Vamos aos fatos:

– A história cita como fonte um dos organizadores do Cirque du Soleil durante “uma viagem do narrador”. Viagem para onde? Quando?

– O texto surgiu em um blog chamado Movimento Ordem em Vigília. O blog se mostra totalmente contra o ex-presidente e defende idéias como a volta do regime militar. É possível ver isso em outras postagens da página. Ou seja, não é a fonte das mais isentas. O conteúdo não foi reproduzido em nenhuma fonte confiável. Nenhum site de notícias descreveu a história

– Uma parte do texto cita que o “presidente do Cirque de Soleil” compareceu para saber o que aconteceu na discussão. É improvável que o bilionário Guy Laliberté tenha visto algo. E se ele estivesse presente, seria mais um motivo para isso virar notícia.

– De acordo com o narrador, a história de Luiz Claudio aconteceu em uma apresentação no Brasil. Como o texto foi escrito no início de 2010, as apresentações só podem ter acontecido em 2006, 2007 ou 2009. Ao final do texto, é falado que o filho de Lula pagou R$ 700 pelo ingresso. Isso seria impossível. De acordo com reportagens da Folha, G1 e UOL, os preços máximos são os seguintes:

 2006 – preço máximo: R$ 400 

2007 – preço máximo: R$ 300 

2009 – preço máximo: R$ 490 

– O texto fala que o Cirque du Soleil segue “leis canadenses” mesmo em outros países. Isso é impossível. A única hipótese de isso acontecer seria se fosse representante oficial de um governo como, por exemplo, como embaixada. No site oficial da companhia, o único item que fala de leis canadenses é o de políticas de privacidade de uso do site.

Outras contradições também aparecem no texto. Exemplo, se a amiga de Luiz Claudio falava inglês e ele não confiava no funcionário por que ela não fez a tradução diretamente. Por esses motivos, essa história é, no mínimo, mal contada. E como toda boa história mal contada que viraliza, é hoax.

Este texto foi sugerido pelos leitores Sandro Anderson e Roberto Fleury. Você também pode sugerir artigos para o Boatos.org por meio do nosso formulário de contato ou perfil no Facebook.

 Leia na íntegra o texto que fala da Briga de Luiz Claudio no Cirque du Soleil

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)