Maria do Rosário contratou advogado para defender Adélio Bispo de Oliveira #boato

Boato – A deputada federal Maria do Rosário (PT/RS) enviou um advogado especialista para defender Adélio Bispo de Oliveira, acusado de esfaquear Jair Bolsonaro (PSL).

O ataque contra o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro ainda está dando o que falar. Desde o ocorrido, na tarde de 06/09/2018, o que não faltou na internet foi informação falsa a respeito do assunto. A bola da vez é a deputada federal (que é candidata à reeleição) Maria do Rosário (PT/RS).

De acordo com uma notícia que está viralizando na internet, Maria do Rosário teria contratado um “advogado especialista” para defender Adélio Bispo de Oliveira, acusado de cometer o atentado contra Bolsonaro. A mensagem aponta, ainda, que a deputada afirmou que o que aconteceu foi um “exagero da mídia” e que Bolsonaro “recebeu um arranhão na barriga”. Ao final, a mensagem aponta que o advogado “custa R$ 25 mil” e tem um link para o “conteúdo completo”. Leia a mensagem (viral no WhatsApp e Facebook):

A defensora de bandidos resolveu agir. A deputada federal do PT, Maria do Rosário enviou um advogado especialista para representar Adelino Bispo de Oliveira, autor do atentando contra o candidato a presidência da República Jair Bolsonaro. Em entrevista, Maria do Rosário disse que o homem tem claros problemas psicológicos e não deve responder como criminoso, mas sim como pessoa especial com problemas mentais. A deputada ainda disse que nada de grave aconteceu ao deputado, e que tudo foi um exagero da mídia.

“Ele recebeu um arranhão na barriga e tão fazendo esse alvoroço todo, me poupe. Sinceramente, acho que ele ta rindo da cara dos trouxas que acham que ele está realmente mal. E mais, o cidadão que praticou esse ato não pode ficar preso, pois não foi nada grave e o mesmo claramente tem problemas mentais. Vou mandar meus advogados para representá-lo e farei de tudo para que ele seja liberado o mais rápido possível.” Segundo informações, o advogado enviado é um dos mais caros do Brasil, e recebe cerca de 25 mil reais por cada audiência. COMPARTILHE.[Link]

Maria do Rosário mandou advogado para defender Adélio Bispo de Oliveira?

A mensagem está se espalhando rapidamente pelas redes sociais e está deixando muita gente “revoltada” com a deputada. Mas será mesmo que Maria do Rosário contratou um “super advogado” para defender Adélio Bispo de Oliveira, acusado de esfaquear Bolsonaro? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Se você notar a mensagem, ela carrega todas as características de uma fake news. É vaga, alarmista, tem erros de ortografia (ela chega a chamar Adélio de Adelino), pedido de compartilhamento e não cita fontes confiáveis. Aliás, a fonte citada é mais um indício de que a informação é falsa.

O site citado é um conhecido disseminador de fake news. Foi lá que surgiu a história da CNH cancelada por causa do IPVA atrasado e que Lula lançaria o filho para ser candidato à Presidência. Ou seja, a fonte não é um “primor de confiabilidade”.

Mesmo com todos esses indícios, fomos buscar mais detalhes sobre a informação. De fato, o acusado conta com quatro advogados particulares e o fato que causou estranheza por parte do deputado Fernando Francischini (PSL). Porém, o nome de Maria do Rosário não tem a ver com a defesa. De acordo com essa matéria do UOL, os advogados foram contratados após familiares entrarem em contato com a igreja Testemunhas de Jeová (informação refutada pela igreja, que, de acordo com essa matéria do IG, dizem que vão processar os advogados).

Não parou por aí. Tentamos buscar por quaisquer comentários de Maria do Rosário minimizando o atentado contra Bolsonaro e nada encontramos. A única manifestação dela foi de condenação do ocorrido: “Sou contra a violência sempre. Em qualquer esfera da vida e na política. Defendemos o respeito e a não violência. Somos pela apuração rigorosa e responsabilização de quem comete violência, sempre”, disse no Twitter.

Resumindo: a informação que aponta que a deputada federal Maria do Rosário contratou um advogado para defender Adélio Bispo de Oliveira é falsa. Além de ter surgido em um site de fake news, não há qualquer indício que comprove participação da deputada na contratação de defensores do acusado e nem as aspas atribuídas a ela são reais.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)