Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Marcos Valério foi convocado por Eduardo Girão e falará no Senado em 24/10 #boato

Marcos Valério foi convocado por Eduardo Girão e falará no Senado em 24/10 #boato

Marcos Valério foi convocado por Eduardo Girão e falará no Senado em 2410, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O Senado terá uma audiência pública com a presença de Marcos Valério em 24/10. Ele foi convocado por Eduardo Girão e vai derrubar, de uma vez, , Lula, Alexandre de Moraes, PT, TSE e STF.

A última semana de campanha eleitoral promete emoções das mais extremas. E, de acordo com mensagens que circulam online, uma tem data e local para acontecer: o Senado Federal, no dia 24 de outubro de 2022.

De acordo com a mensagem, Marcos Valério (operador do escândalo do Mensalão) iria denunciar a ligação de Lula com o PCC. Isso teria ocorrido porque o senador Eduardo Girão o convocou para a sessão em questão. Leia a mensagem que está circulando online:

Nesta próxima segunda-feira (24/10), talvez tenhamos a grata satisfação de ver cair por terra DE UMA SÓ VEZ, Lula, Alexandre de Moraes, PT, TSE e STF, todos juntos. Graças a ousadia e CORAGEM do Senador Eduardo Girão, do Ceará, que CONVOCOU para uma AUDIÊNCIA, no Senado Federal, o Sr. Marcos Valério, operador do mensalão, que em sua delação premiada, confirmou, categoricamente, o envolvimento do PT e do Ex-presidiário LULA, com o PCC.

Alexandre de Moraes PROIBIU, a todos os veículos de comunicação, de falar deste assunto, quero ver se ele vai proibir a TV Senado, na próxima segunda-feira (24), de transmitir essa audiência. Outro que merece todo o nosso reconhecimento e agradecimento é o Senador

Marcos Valério foi convocado por Eduardo Girão e falará no Senado em 24/10?

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

A informação circulou com muita força na internet. Só que, apesar de, de fato, uma audiência no Senado tratar de supostas declarações de Marcos Valério sobre Lula e o PCC, não houve convocação e tudo aponta que o operador do Mensalão não está no local.

A primeira coisa que fomos fazer foi procurar a respeito da tal reunião de Marcos Valério no Senado. Logo chegamos a uma audiência pública marcada para o dia 24/10 na Comissão de Fiscalização e Controle (CTFC) do Senado que trata, de fato, de declarações dadas por Marcos Valério à Polícia Federal em 2017.

O pedido, como mostra a pauta da reunião, foi feito por Eduardo Girão. A mesma página mostra que não houve convocação de Marcos Valério. Na realidade, há convidados para a sessão: Wagner Rosário (Ministro da CGU), Edson Fábio Garutti Moreira (do Ministério da Justiça e Segurança Pública), Amanda Faria Lima (da Transparência Internacional Brasil), Fabiano Emídio de Lucena Martins (da PF), Eliana Calmon (ex-ministra do STJ), Marcos Valério e Janaina Paschoal (Deputada Estadual).

Além disso, no item “Marcos Valério” há um detalhe: a situação descrita para ele é “ausência confirmada”. Ou seja: não só Marcos Valério foi convidado (e não convocado) como também já se sabe que ele não está presente na audiência pública em questão.

Resumindo: haverá (até segunda ordem) uma reunião no Senado para tratar do depoimento de Marcos Valério em que ele teria citado Lula e o PCC. Porém, o operador do Mensalão não foi convocado e tampouco estará presente na sessão em questão.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso