Manuela D’Ávila diz que abortar é a saída para não criar filho de vagabundo #boato

Boato – Manuela D’Ávila, pré-candidata a presidente pelo PCdoB, publicou que abortar é a única saída para não criar filho de vagabundo. Bolsonaro respondeu que outra saída seria não transar com vagabundos.

Estamos, mais do nunca, sentindo um “cheirinho” de eleições no ar. A prova disso é a quantidade de boatos relacionados a quem se tem se lançado como pré-candidato. Além de Lula, Bolsonaro e Temer (figuras carimbadas aqui), já desmentimos boatos de Ciro Gomes, Rodrigo Maia, Marina Silva, Joaquim Barbosa (que acabou de desistir da candidatura) e, mais recentemente, de Guilherme Boulos.

O mais novo nome que apareceu em uma fake news é o de Manuela D’Ávila. A última história que circula online dá conta de uma postagem que ela teria feito no Facebook em relação ao aborto.

De acordo com a mensagem, a pré-candidata do PCdoB publicou a seguinte frase: “ABORTAR é a unica saída pra não criar filho de VAGABUNDO sozinha”. Como resposta, Jair Bolsonaro teria falado o seguinte: “Não dar para vagabundo é outra saída. Grande abraço!”. O print gerou outros posts. Confira:

” MANUELA DÁVILA ,CANDIDATA A PRESIDENTE, COMUNISTA : ABORTAR É A ÚNICA SAÍDA PARA NÃO CRIAR FILHO DE VAGABUNDO SOZINHA.” BOLSONARO CANDIDATO A PRESIDENTE. CRISTÃO, RESPONDE A ELA : NÃO TRANSAR COM BANDIDOS, VAGABUNDOS, É A OUTRA SAÍDA !!!”

Manuela D’Ávila disse que abortar é a saída para não criar filho de vagabundo?

A mensagem, com direito a “mitada” de Bolsonaro, circulou muito na internet. Mas será mesmo que Manuela D’Ávila disse que abortar é a saída para não criar filho de vagabundo? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Antes que vocês comecem a discutir aborto aqui no Boatos.org (o nosso site não é lugar para isso), precisamos dizer que as pessoas estão “se estressando” e levando a sério um print falso. Alguns detalhes denunciam isso.

O primeiro está na própria forma que a mensagem é escrita. Há alguns erros de ortografia (como o “único” sem acento) que não é do feitio de Manuela D’Ávila (e de qualquer presidenciável que conte com uma equipe para realizar postagens em redes sociais). Também não é do feitio dela usar o adjetivo “vagabundo”. Também não é do feitio de Bolsonaro comentar na página de adversários políticos. Ainda mais com “grande abraço”.

O segundo ponto está nos ícones da postagem. Manuela D’Ávila não utiliza aquela foto “com o fundo amarelado” de perfil e ela (e Bolsonaro) têm perfis verificados no Facebook (o tique azul aparece).

O terceiro ponto está nas marcas d’águas da mensagem. Os mais atentos vão ver um “STF” nela. A sigla é para Super Tweet Fictício (que é autoexplicativo). Há outra sigla, CBM (que é do Corrupção Brasileira de Memes, página que faz memes políticos e de humor). Ou seja, os mais espertos vão perceber que é uma montagem antes de começar a brigar com o amiguinho.

Por fim, a própria Manuela D’Ávila desmentiu a postagem em sua conta do Facebook. “O nível da loucura dos criadores de fake news…”, comentou. Em cima da imagem, ela postou uma tarja “mentira” para ficar bem claro.

Resumindo: a história que aponta que Manuela D’Ávila, pré-candidata a presidente pelo PCdoB, publicou que abortar é a única saída para não criar filho de vagabundo é falsa. Foi uma montagem feita por uma página de humor e compartilhada por quem não tem muita simpatia pela presidenciável.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)