Mandetta embolsou R$ 5 bilhões destinados à compra de vacinas contra Covid-19 #boato

Boato – O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta embolsou R$ 5 bilhões que eram destinados à compra de vacinas contra Covid-19.

O caso de hoje é um exemplo vivo de como a internet é um telefone sem fio amplificado à décima potência. O que começou com uma acusação de negligência terminou com uma acusação de desvio de dinheiro.

De acordo com textos que estão circulando na internet, o ministro da Economia Paulo Guedes acusou o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta de “embolsar” R$ 5 bilhões destinados à compra de uma vacina contra Covid-19. Leia algumas das mensagens que vimos em redes sociais:

Versão 1: O Ministro Paulo Guedes AFIRMA Que Mandetta EMBOLSOU, AFANOU ANTES DE SER MANDADO EMBORA CERCA DE 5 ( CINCO ) MILHÕES. Versão 2: Mandetta embolsou 5 bilhões da União, enquanto Ministro da Saúde e não comprou 1 dose de vacina. Gravíssimo. Versão 3: O homem da ciência embolsou muito dinheiro , mas fique em casa enquanto ele torra o dinheiro roubado da pandemia .

Mandetta embolsou R$ 5 bilhões destinados a compras de vacinas contra Covid-19?

Como vocês viram, a denúncia de que Mandetta teria “embolsado” o dinheiro da vacina se espalhou por aí (tanto que chegou à nossa pauta). Porém, nem o Ministro da Saúde fez isso tampouco a acusação de Paulo Guedes era relacionada a isso.

Tudo começou com uma entrevista do ministro da Economia Paulo Guedes à CNN. Ao falar sobre o atraso na compra de vacinas, Guedes citou que a compras deveriam ser feitas já na gestão de Luiz Henrique Mandetta (que ficou no governo até abril de 2020). Na entrevista, ele disse essa frase: “No primeiro dia, Mandetta saiu com R$ 5 bilhões no bolso. É desde aquela época que deveríamos estar comprando vacina, não é mesmo? O dinheiro estava lá”.

A crítica de Guedes estava direcionada ao fato de Mandetta não ter tentado comprar a vacina logo no início da pandemia. O ex-ministro da Saúde respondeu a crítica falando que os “R$ 5 bilhões” foram gastos com leitos de CTI, EPIs e testes. Ele também apontou que, quando saiu do Ministério da Saúde, ainda não havia recebido a primeira oferta.

Independentemente da discussão, vamos ao ponto central: não é verdade que Guedes tenha acusado Mandetta de desviar R$ 5 bilhões ou mesmo que há provas que isso tenha ocorrido (e o ônus da prova é de quem acusa).

Só que, a partir da declaração, alguns sites e perfis bolsonaristas começaram a repercutir “daquele jeito”. Um deles deixou a acusação com um caráter um tanto quanto dúbio: “Guedes diz que Mandetta recebeu dinheiro, mas não comprou vacina; “Saiu com R$ 5 bilhões do bolso” (sem explica que não se trata da “saída dele” do Ministério da Saúde).

Bastou a “bola ser levantada” para um monte de gente começar a cravar que Guedes disse que Mandetta pegou o dinheiro da vacina, embolsou e saiu do Ministério da Saúde com a grana toda. Ou seja: se você viu alguma acusação de que Mandetta tenha desviado R$ 5 bilhões na vacina, tudo não passa de um grande telefone sem fio.

Resumindo: não é verdade que o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta desviou e embolsou R$ 5 bilhões do dinheiro destinado à vacina. Tampouco é verdade que a acusação de Paulo Guedes perpasse por isso. As mensagens que estão circulando não passam de uma versão “evoluída” de uma discussão entre os dois.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/3kWrohw
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet