Maçonaria acaba de declarar apoio à CPI do STF e Judiciário, mostra vídeo #boato

Boato – Agora, a CPI do STF vai para frente. Vídeo mostra que a maçonaria acabou de declarar apoio para a instauração de uma investigação contra o Judiciário.

Quando as mensagens de diálogos de integrantes da operação Lava Jato vazaram na internet, alguns parlamentares se mobilizaram para organizar uma CPI para investigar da força-tarefa. Em contrapartida, outros parlamentares se mobilizaram para criar uma CPI para investigar membros do Judiciário em geral. Nenhum dos dois pedidos foram para frente. Mas, de acordo com uma mensagem que circula online, isso mudou.

Um vídeo que circula na internet aponta que a maçonaria acabou de declarar apoio à CPI do STF. No vídeo, o senador Major Olímpio (PSL-SP) diz que conseguiu as assinaturas necessárias para a instauração da CPI e é aplaudido durante um evento. Descrições apontam que tudo isso aconteceu “agora”. Leia algumas versões da mensagem que circula online e assista ao vídeo:

Versão 1: Agora a CPI da Lava Toga, que investiga o STF e outros membros do Judiciário, vai ser instaurada. Versão 2: A maçonaria conseguiu! Vai ter a CPI dos tribunais superiores! PARABÉNS Temos que acabar com esse STF #FORASTF #FORAJUIZESCORRUPTOS

Versão 3: Maçonaria se une contra a corrupção e pede CPI do STF e STJ. Versão 4: MAÇONARIA SE ORGANIZA CONTRA O STF e o STJ. QUERO VER AGORA. AZEDOU FEV 2020 A MAÇONARIA BRASILEIRA ENTROU NA GUERRA COM O STF. CPI DO JUDICIÁRIO AGORA SAI.

Vídeo mostra que a maçonaria acaba de declarar apoio à CPI do STF e outros membros do Judiciário?

A mensagem deixou muita gente animada em redes sociais. Mas será mesmo que o vídeo em questão é um indício de apoio da maçonaria à CPI que investiga o STF e outros membros do Judiciário? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

A mensagem, por si só, já causa desconfianças. Ela tem algumas das principais características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português e falta de citação de fontes confiáveis. Sem muitos indícios da origem do vídeo, resolvemos fazer uma busca reversa seguindo essa metodologia:

Logo descobrimos que o vídeo em questão é de setembro do ano passado. Na ocasião, a CPI da Lava Toga esteve perto de sair. O evento em questão, organizado pelo Instituto de Lideranças Empresariais de São Paulo (Ilesp) e o Grande Oriente de São Paulo (Gosp), teve a fala de líderes empresariais e maçons de diversas partes do Brasil.

Durante a fala sobre as assinaturas da CPI do Judiciário, Major Olímpio foi, de fato, aplaudido e tudo indicava que a comissão seria instaurada (o que não aconteceu e nem tem previsão de acontecer).

Para além do fato de o vídeo ser antigo (que detona a tese de que a CPI está quente e que a maçonaria acabou de declarar apoio a ela), tem o detalhe que não é possível, apenas com o vídeo, definir o posicionamento da “maçonaria brasileira” em relação à Lava Toga.

Os aplausos ao anúncio do senador saíram de uma reunião de uma entidade que faz parte da maçonaria. Neste sentido, uma parte não pode representar o todo. E, ao buscar sobre qualquer informação sobre um posicionamento oficial da “maçonaria brasileira” em relação ao assunto, nada encontramos.

Resumindo: a história que aponta que a maçonaria brasileira acabou de declarar apoio à CPI do STF e de outros membros do Judiciário não procede. Além de o vídeo ser antigo (de um período que a instauração das investigações estava mais quente), não é possível afirmar, apenas com o vídeo, que o apoio em questão é institucional.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/37JYkkZ

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet