Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Governo Lula isenta empresas de recolher FGTS de empregados #boato

Governo Lula isenta empresas de recolher FGTS de empregados #boato

Governo Lula isenta empresas de recolher FGTS de empregados, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O governo Lula acabou de dispensar as empresas de recolher o FGTS dos empregados. Isso ocorre por conta de “novas regras”.

Desde o início do ano, o que não tem faltado na internet é notícia falsa sobre supostas ações do governo federal que visam prejudicar a população. A última das histórias aponta para uma suposta decisão de Lula em relação ao FGTS.

Vídeos do TikTok e outras redes sociais de vídeo estão circulando junto com uma suposta notícia que aponta que o governo Lula havia dispensado as empresas de recolherem o FGTS de empregados. Isso ocorreria por “a proibição da dispensa sem justa causa dispensaria o uso do benefício”. Leia a mensagem que circula online:

Governo Lula isenta as empresas de recolherem o FGTS dos empregados. O Ministério do Trabalho reconhece que com as novas regras e a proibição da dispensa sem justa causa não há justificativa para recolher o FGTS, uma vez que o desempregado por justa causa não poderá sacar seu fundo de Garantia e nem seu seguro-desemprego.

Governo Lula isenta empresas de recolher FGTS de empregados?

Vídeo: é falso que imagens mostram Lulinha agredindo a esposa

O que não faltou foi gente comentando, principalmente em redes sociais de vídeos, sobre a suposta ação do governo. Porém, é falsa a informação que aponta que o governo Lula isentou as empresas em questão de recolher o FGTS dos empregados.

A mensagem já nos deixa muito desconfiados da veracidade da informação. Ela tem características de fake news como o caráter vago, o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis que comprovem a história (depois voltaremos neste último ponto).

Não bastasse isso, a própria mensagem se baseia em outra informação falsa: de que Lula havia acabado com a demissão sem justa causa. Na realidade, este é um debate do Poder Judiciário que não tem data para ser concluído. Vale apontar, ainda, que mesmo que fosse aprovada, esta regra não acabaria com o FGTS.

Ao buscar por fontes confiáveis sobre o assunto, nada encontramos. Na realidade, a história brotou em vídeos e usa como “fonte” (lembra que falamos sobre ela) um print de uma página chamada “Bolha de S.Paulo”. Ou seja: saiu de uma paródia da Folha de S.Paulo que visa espalhar fake news.

Resumindo: é falso que Lula isentou empresas de recolherem o FGTS de trabalhadores. A história surgiu de uma fonte nada confiável e não há qualquer medida que aponte para o governo decidir sobre isso.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm
Marcações: