Lula é convidado a discursar na ONU após pronunciamento de Bolsonaro na Assembleia-Geral #boato

Boato – A ONU convidou o ex-presidente Lula para discursar em Webinário após “fiasco de Bolsonaro” na Assembleia-Geral. 

O pronunciamento do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) tem dado o que falar no mundo inteiro, principalmente, em terras tupiniquins.

As afirmações de que o país teria recebido um auxílio-emergencial de quase mil dólares e que as queimadas na Amazônia e no Pantanal seriam obra de “índios e caboclos”, ao mesmo tempo que negou que a situação estivesse ocorrendo, causou mal-estar entre a maioria dos brasileiro, uma vez que se tratam de informações falsas.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, o “fiasco de Bolsonaro” teria sido tanto que a própria ONU decidiu convidar o ex-presidente Lula para discursar na instituição. Segundo o texto, Lula iria participar o Webinário “Educação e as Sociedades Que Queremos”. Ainda de acordo com a publicação, o evento iria ocorrer no dia 24 de setembro de 2020, às 10h. Confira:

Versão 1: “ATENÇÃO ONU CONVIDA LULA PARA DISCURSAR APÓS VERGONHA MUNDIAL DE BOLSONARO”. Versão 2: Lula“ONU convida Lula para discursar, após fiasco de Bolsonaro. Após a vergonha mundial que Jair Bolsonaro fez nesta terça-feira (22), na abertura da Assembleia Geral da ONU, o ex-presidente Lula foi chamado para discursar no organismo internacional sobre educação. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai discursar nesta quinta-feira (24), às 10h, na abertura do Webinário “Educação e as Sociedades Que Queremos”.

Lula foi convidado a discursar na ONU após pronunciamento de Bolsonaro na Assembleia-Geral?

A informação caiu como uma bomba nas redes sociais, especialmente, no Facebook. Houve quem gostasse bastante da suposta notícia, como os apoiadores de Lula, rendendo mais de 9 mil compartilhamentos em apenas uma das publicações. Apesar disso, a história não passa de balela!

A informação que anda circulando nas redes sociais, na realidade, é uma distorção de uma notícia verdadeira. O ex-presidente Lula, de fato, foi convidado para discursar no Webinário “Educação e as Sociedades Que Queremos”, que acontece no dia 24 de setembro de 2020, às 10h. O encontro faz parte da iniciativa “Sociedades que queremos”, que busca a disseminação de conhecimento e a implementação de programas inovadores para o desenvolvimento de sociedades saudáveis, pacíficas, inclusivas e prósperas. O encontro em questão busca discutir o futuro da educação no mundo. O ex-candidato à Presidência do Brasil, Fernando Haddad, também foi convidado para participar do congresso.

Apesar disso, o evento não tem nada a ver com a ONU. Nem o encontro é organizado pela instituição, muito menos o convite ocorreu por causa do “fiasco de Bolsonaro”. Na realidade, o evento é coordenado pela Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO). A ONU e o Instituto Lula são apenas apoiadores do encontro.

Vale ressaltar que essa história de “fiasco de Bolsonaro” (apesar das informações erradas no discurso do presidente do Brasil) foi algo que surgiu no próprio conteúdo que está circulando nas redes sociais. A ONU não emitiu qualquer juízo de valor em relação ao discurso de Bolsonaro. O próprio Instituto Lula destacou que o convite não tem nada a ver com a fala de Bolsonaro.

Em nota, a assessoria do Instituto Lula destacou que o evento em questão começou a ser construído em julho de 2019. “Não tem nada a ver com o discurso do Bolsonaro”, informa a nota. Além disso, a assessoria afirmou que a divulgação da participação de Lula no evento da ICESCO aconteceu antes do discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra”, encerra o comunicado.

Por fim, a história acabou sendo desmentida por outros serviços de fact-checking, como o site Aos Fatos, o serviço Estadão Verifica e a Agência Lupa. De acordo com a Lupa, Lula foi convidado foi convidado por Kombou Boly Barry, Relatora Especial para o Direito a Educação no Conselho de Direitos Humanos da ONU e ex-ministra da Educação de Burkina Fasso. Ainda segundo a Agência Lupa, os relatores especiais são especialistas independentes que são responsáveis por elaborar relatórios sobre determinado aspecto dos direitos humanos em regiões específicas. Ou seja, o convite não foi feito por uma representante da ONU.

Em resumo: a história que diz que a ONU convidou o ex-presidente Lula para discursar em evento após o “fiasco de Bolsonaro” na Assembleia-Geral é falsa! Lula, de fato, vai discursar em um evento sobre educação, mas o encontro não tem nada a ver com a ONU. Na realidade, ele é coordenado pela Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO) e começou a ser organizado em julho de 2019. A ONU e o Instituto Lula são apenas apoiadores do evento. Por fim, o anúncio da participação de Lula no encontro ocorreu antes do discurso de Bolsonaro. Ou seja, nada tem a ver com a fala de Bolsonaro e, dessa forma, tudo não passa de balela. Não compartilhe! Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK