Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Não há provas de que compra de colchões faz parte de “armação para 8 de janeiro” nem que haja armação

Não há provas de que compra de colchões faz parte de “armação para 8 de janeiro” nem que haja armação

Licitação de 1.000 colchões para Papuda prova que 8 de janeiro foi uma armação do governo Lula, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Governo Lula comprou 1.000 colchões para a Papuda antes dos protestos do dia 8 de janeiro de 2023 e comprova a armação contra os patriotas. 

Análise

Os ataques ocorridos na Praça dos Três Poderes, em Brasília (DF), no dia 8 de janeiro de 2023 chocaram o Brasil e o mundo. O quebra-quebra promovido no local não causou apenas danos materiais, mas se tornou um dos piores episódios de ataque à democracia brasileira desde o fim da Ditadura Militar.

Mas de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, as prisões realizadas no dia 8 de janeiro de 2023 foram uma armação do governo Lula. Segundo a publicação, 1.000 colchões teriam sido comprados e entregues no Complexo Penitenciário da Papuda antes mesmo dos ataques do dia 8 de janeiro. Ainda segundo a história, um deputado teria endossado a história ao afirmar que recebeu um documento que comprovaria a situação. Confira:

“GENTEEE ISSO É GRAVÍSSIMO! Foram comprados mais de mil colchões para o presídio da papuda antes mesmo do 08/01. Então estava tudo acertado entre eles! CANALHAS MIL VEZES CANALHAS, tudo premeditado. Bandidos Eles premeditaram tudo, aquela turma que estava dentro dos ministérios, e os band1dos de favel0s, eles sabem disso por este motivo não querem mostrar as filmagens. Eles sabem que não foram os patriotas, pelas poucas filmagens sabemos que quando os patriotas chegaram perto do planalt0, lá dentr0 já estava tudo quebrado.

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

O acordo foi grande, Zé D1rceu, kaka1, ficaram meses, dias planejando o g0lp3 na direita. Imaginem PF, FAA, GSI, ST5, CGU, e outros todos juntos planejando, de onde saiu todos aqueles ônibus? De uma hora para a outra? Como já sabiam para onde levar o povo? E O efetivo que estava montado? Catraca para o povo rodar, com detector de metal? Gente, se faz de burr0 quem quer! Pode rever as filmagens do dia 08/01 é  cena de filme, a cada passo que os patriotas caminhava aparecia um personagem diferente. Como drone, helicópteros, jornalistas tudo certinho.

Recebemos informações em nosso gabinete, de que mil colchões foram entregues no complexo prisional da Papuda, antes do dia 8 de janeiro, como se estivessem se preparando para prisões em massa! ISSO TEM QUE SER INVESTIGADO!”.

A história viralizou rapidamente nas redes sociais, em especial, no X (antigo Twitter) e em grupos bolsonaristas e extremistas. Apesar disso, a história apresenta algumas características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis.

A partir daí, separamos três questões para te responder se vale a pena acreditar nessa história ou não: 1) Foram comprados 1.000 colchões para o presídio da Papuda antes do 8 de janeiro? 2) Se houve a compra de 1.000 colchões para a Papuda, isso prova que houve armação no 8 de janeiro? 3) Houve armação do governo Lula, de Flavio Dino e do PT no 8 de janeiro?

Checagem

Foram comprados 1.000 colchões para o presídio da Papuda antes do 8 de janeiro?

Não existem provas sobre isso. O que há é uma denúncia, porém, até agora, nenhuma prova foi mostrada (ou exposta na internet, nada que tenha chegado até a nossa equipe). Por isso, o benefício da dúvida foi concedido aqui.

Se houve a compra de 1.000 colchões para a Papuda, isso prova que houve armação no 8 de janeiro?

Não. Compras para instituições públicas ocorrem de forma recorrente e, no geral, essas compras acontecem no início ou no final do ano, após as avaliações das necessidades da instituição. Não é possível fazer nenhuma relação entre a suposta compra e a suposta armação. Além disso, a responsabilidade das licitações do Complexo da Papuda é do governo do Distrito Federal e não do governo federal. Ou seja, o governo Lula não tem nada a ver com a compra de itens para o Complexo da Papuda.

Houve armação do governo Lula, de Flavio Dino e do PT no 8 de janeiro?

Definitivamente não. Essa história tem apenas um objetivo: se livrar das acusações e das consequências dos próprios atos dos envolvidos no dia 8 de janeiro de 2023. Flavio Dino pode não ter divulgado mais imagens sobre o ataque na Praça dos Três Poderes, mas o que foi divulgado até agora mostra que as pessoas invadiram os espaços e promoveram um verdadeiro quebra-quebra. Se isso não bastasse, os próprios participantes colocaram vídeos pessoais na internet, mostrando como o ataque ocorreu. Foi por conta dessas imagens que muitas das pessoas envolvidas no ataque foram identificadas e estão sendo julgadas por seus crimes.

Conclusão

Boato sem comprovação 👎

Não existem provas de que o governo Lula tenha comprado 1.000 colchões para a Papuda antes dos ataques do dia 8 de janeiro de 2023 e que isso seja uma armação para prender os patriotas. Apesar da denúncia feita pelo deputado e pelas histórias, não existem provas até o momento sobre a compra ou sobre a armação. E mesmo que a compra tenha sido feita, o órgão responsável pela compra de itens para a Papuda é o governo do Distrito Federal e não o governo Lula (federal). Até que as provas apareçam, essa história pode ser considerada falsa.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)