José Genoino, do PT, é o primeiro suplente de Tiririca na Câmara #boato

Boato – José Genoino, preso no Mensalão, é o primeiro suplente de deputado de Tiririca. Se Tiririca renunciar, Genoino entra no lugar.

O assunto Tiririca ainda está rendendo bem. Depois de dar uma entrevista ao Conexão Repórter (programa do SBT) dizendo que não iria concorrer nas próximas eleições e fazer o anúncio oficialmente no plenário da Câmara, diversos posts sobre o deputado-palhaço começaram a surgir na internet. Claro que muitos deles são falsos.

Uma das histórias que circula na internet liga o nome de Tiririca ao ex-deputado petista José Genoino, que foi preso após ser condenado no processo do Mensalão. De acordo com um texto que circula online, Genoino é o primeiro suplente de Tiririca. “Você sabe quem é o primeiro suplente do Tiririca? JOSÉ GENOÍNO, entenderam?”, diz o título da “notícia” publicada em um blog.

A notícia ainda aponta que, se Tiririca renunciar (algo que já foi desmentido em outro texto do Boatos.org), quem entra no lugar é José Genoino. “Na coligação onde estava José Genoíno e outros mensaleiros, que corriam o risco da ficha suja. Então, providencialmente, descobrem que o tiririca é analfabeto. Ele sai, Genoíno entra!”, completa o texto. Leia (reprodução do Facebook):

José Genoino é o primeiro suplente de Tiririca, diz boato
José Genoino é o primeiro suplente de Tiririca, diz boato

José Genoino, do PT, é o primeiro suplente de Tiririca na Câmara?

A história foi muito compartilhada e nem um pouco checada na internet. Mas será mesmo que Tiririca tem como primeiro suplente José Genoino do PT? A resposta é não. Vamos aos fatos.

A história tem tantos furos que fica difícil falar de todos. O primeiro deles está na própria mensagem. Ela carrega algumas das principais características de boatos na internet (alarmista, com erros de português, informações vagas. Só faltou pedir compartilhamento) e foi publicada em blogs que, tradicionalmente, despejam diversas notícias falsas na internet. Estes detalhes já nos deixaram em alerta, mas vamos mais a fundo.

Há diversos motivos que impedem José Genoino de ser o suplente de Tiririca. O primeiro deles está na forma como são escolhidos os suplentes de deputado. Se você não sabe, deputados federais são eleitos em votos proporcional. Ou seja, de acordo com o número total de votos que o partido conquiste, a sigla tem “X” cadeiras.

Em São Paulo, foram eleitos seis deputados federais pelo PR (que não fez nenhuma coligação proporcional). Caso algum dos seis deputados deixe o cargo, a vaga é ocupada pelo candidato do PR que mais recebeu votos em São Paulo em 2014. No caso, a beneficiária seria Luciana Costa. Curiosamente, Costa foi suplente de outro político muito votado: Enéas Carneiro. Depois que ele faleceu, ela assumiu.

Para além disso, haveria um impedimento para Genoino assumir uma vaga na Câmara. O primeiro é que ele, por ser condenado, está com os direitos políticos suspensos. Ou seja, ele nem poderia concorrer à vaga em 2014. Por sinal, na época ele estava em prisão domiciliar.

Resumindo: a história que aponta que José Genoino é o suplente de Tiririca na Câmara é falsa. Nem se ele renunciasse (ação que Tiririca afirmou que não tomará), o petista seria o seu substituto.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet