Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que homem que gravou vídeo chamando eleitor do PT de burro seja João Pedro Stédile

É falso que homem que gravou vídeo chamando eleitor do PT de burro seja João Pedro Stédile

João Pedro Stédile, líder do MST, gravou vídeo bêbado na piscina chamando eleitor do PT de burro, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O homem que gravou um vídeo na piscina chamando o eleitor do PT de burro e estava bêbado é João Pedro Stédile, líder do MST.

Análise

Está circulando na internet uma mensagem que aponta para uma “provocação” que teria vindo de João Pedro Stédile, dirigente do MST no Rio Grande do Sul.

No vídeo, um homem aparentemente embriagado (ou simulando estar bêbado) em um piscina começa a falar que é petista (assim como André do Rap e Sérgio Cabral) e chama o eleitor de burro porque, de acordo com ele, teria sido eleito para “roubar”.

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

No vídeo, ele fala do “luxo”, das bebidas e diz que o próximo ato de corrupção seria por meio de incorporadoras que seriam contratadas. Na mensagem que acompanha o vídeo, há o crédito a João Pedro Stédile. Leia a mensagem e a transcrição:

Versão 1: Eleitor Burro: O nome dele é João Pedro Stedile. Líder nacional do MST,olha ele bêbado o que fala. ABSURDO! Depois disso não tem como defender e votar mais em PT! Só quem for burro como ele mesmo diz no vídeo. Versão 2: *SI LIGA NA REALIDADE* O nome dele é João Pedro Stedile. Líder nacional do MST,olha ele bêbado o que fala FAZUÉLI

Transcrição: Ei você que é um petista incapacitado incapacitado de perceber as coisas dá uma olhada aqui ó eu sou um petista lá de Leão analisa comigo eu você diz o André do rap, que mais? Sérgio Cabral, nós estamos todos desfrutando dos prazeres da corrupção e você petista incapacitado de perceber pra pagar imposto pra mim se manter.

Eu tô aqui na piscina. Tomando Heineken. Licor de Jenipapo. Com o teu dinheiro. Ou você é burro? Você é trouxa? Cê faz imposto e vota em Eu sou do PT e agora eu tô arrumando um jeito de te roubar. Nas incorporadoras na empresas que prestam serviços. Pra pra África, pro Santos, pra temos ela são as as construtoras e a superfaturam em contratos aditivados pra sobrar uma sobra de dinheiro roubado e aí eles me trazem pra mim vou falar levava cinquenta mil reais numa numa caixinha de uísque do Lula.

E agora eles trazem pra mim que eu sou um ladrão de convencido você patrocinar pra mim essa vida aqui é uma piscina continue assim idiota e eu sou um corrupto ladrão e que convence a votar em mim através do Supremo Tribunal Federal

Checagem

Muitos ficaram agitados com a história, mas é falso que a pessoa do vídeo seja João Pedro Stédile do MST. Para realizar a checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) É verdade que a pessoa do vídeo seja João Pedro Stédile, líder do MST? 2) Quem é a pessoa que está gravando o vídeo na piscina? 3) As informações citadas no vídeo atribuído a João Pedro Stédile e o MST são reais?

É verdade que a pessoa do vídeo seja João Pedro Stédile, líder do MST?

Não. Quando nos deparamos com a mensagem, já ficamos um tanto quanto desconfiados. Primeiro, porque não é de hoje que vídeo são falsamente atribuídos a membros do MST. Um dos exemplos mais clássicos é um vídeo atribuído a José Rainha agredindo uma jornalista. 

Além do histórico, o tom “sincero” (ou seja lá o que for) do vídeo também não condiz com a história. Nunca alguém (mesmo bêbado gravaria isso). Além disso, a pessoa não se parece tanto com João Pedro Stédile.

Ao buscar mais detalhes sobre o vídeo, nossas desconfianças se concretizaram. O vídeo não é de alguém do MST.

Quem é a pessoa que está gravando o vídeo na piscina?

A marca d’água (o TikTok foi genial em colocar este recurso) do vídeo tem a @vadecirhanauer. Fomos buscar pela conta citada no TikTok e logo percebemos que se trata de uma pessoa que estava “interpretando um petista”. Assista ao vídeo original:

@valdecirhanauer♬ som original – Valdecir Hanauer

Ao analisar o perfil em questão, vimos que ele é repleto de vídeos com ironias. Ele não é petista. Na realidade, ele concorreu nas eleições de 2022 pelo PRTB e é simpatizante do ex-presidente Jair Bolsonaro. 

As informações citadas no vídeo atribuído a João Pedro Stédile e o MST são reais?

Há informações erradas e/ou acusações sem qualquer comprovação. Ao contrário do que ele sugeriu, André do Rap (traficante foragido da Justiça) e Sérgio Cabral não são do PT.

Por não ser petista e nem político eleito, a cerveja e o licor de Genipapo dele não foram “pagos com dinheiro do povo”. Além disso, a acusação de que Lula foi eleito por meio de convencimento do STF não tem lastro na realidade e não se sustenta.

Sobre construtoras e incorporadores corruptas, faltou ele ser mais específico. No momento, não há investigações sobre isso (apesar de tudo que ocorreu na Lava Jato e não só com o PT). Ou seja: muito papo e pouca prova.

Conclusão

Fake news ❌

A pessoa que está no vídeo que viralizou na internet não é o líder do MST João Pedro Stédile. O discurso não condiz com o dele e, na realidade, o vídeo é uma interpretação que veio de um bolsonarista.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).