Jean Wyllys diz que casamento infantil islâmico não é pedofolia #boato

Boato – Deputado Jean Wyllys afirmou que casamento infantil islâmico não é pedofilia e sim uma manifestação cultural.

Diversidade cultural é a gigantesca rede de costumes, hábitos e modos de viver que existem no mundo. E essa diversidade é tão grande que acaba sendo difícil distinguir e entender como as diferentes culturas funcionam.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/39Tje3u

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Assim, muitas vezes diante da diversidade cultural existem choques de costumes e modos de viver que acabam gerando sérios problemas. Um exemplo atual é o constante embate da cultura ocidental e a do oriente, em especial a islâmica. Por causa das diferenças entre essas culturas, o fanatismo existente nos dois lados tem sido cada vez mais intenso.

E muito se engana quem pensa que o Brasil está fora deste espectro de discórdias culturais. As opiniões dos brasileiros sobre a cultura islâmica, por exemplo, se divide em dois polos de aceitação e total rejeição. No momento, o debate está acalorado por causa de um suposto tuíte do deputado federal Jean Wyllys afirmando que o casamento infantil islâmico não é pedofilia, mas apenas uma manifestação cultural:

Nós brasileiros temos que aceitar a tradição dos muçulmanos de se casarem com meninas menores de 10 anos. Não é pedofilia, é cultura islâmica

Depois, uma notícia se espalhou. Leia: Políticos querem legalizar casamento infantil no Brasil – Não é pedofilia é cultura diz eles… Com a recente onda de refugiados islâmicos vindo para o Brasil, diversos grupos tem questionado no que isso pode influenciar na cultura Brasileira, e quais os males que a população possa estar sujeita […] Outro detalhe também é alvo de questionamento sobre a cultura islã, o casamento infantil.. Isso vai ser normal também no Brasil ??

O representante dos direitos humanos, que Ganhou uma viagem com tudo pago para Dubai, aproveitou a oportunidade da estadia no oriente para agradecer ao príncipe da Arabia pelo presente […] Quanto ao casamento infantil,  ele disse que é não é pedofilia e sim uma tradição cultural diferente..

[…] Precisamos abrir nossa cabeça para a diversidade, salienta o parlamentar, Juntamente com meus colegas parlamentares brasileiros , estamos estudando um projeto de lei que deixe totalmente legal o casamento entre adulto e criança, facilitando assim a vida dos imigrantes islâmicos.

Jean Wyllys disse que o casamento infantil islâmico não é pedofilia?

Entre os personagens que estão na boca das histórias falsas da internet está o deputado federal Jean Wyllys. Se ele não ocupa a primeira posição, acreditem, ele está no Top 3 da boataria.

E, geralmente, os boatos envolvendo o deputado tem a ver com frases que ele teria dito. Foi, inclusive, o que houve nesta história mais recente. Jean Wyllys não disse nada do que estão remetendo a ele no momento. Vamos entender.

Começaram a circular a imagem do que seria o print do deputado. Só que a coisa toda ganhou força depois que este print começou a circular em um site estritamente de notícias falsas junto com a informação de que há políticos querendo legalizar o casamento infantil.

Primeiro, a fotografia é nitidamente uma montagem, porque mostra o tweet com mais de 140 caracteres. Regra básica do Twitter – nunca, jamais, nenhuma frase postada pode ter mais de 140 caracteres.

Por fim, como a história viralizou rápido e Jean Wyllys publicou em sua página no Facebook uma postagem esclarecendo que jamais escreveu a favor do casamento infantil:

Um “casamento” com uma criança é abuso sexual infantil, e é abominável. É óbvio que eu não falei a estupidez que colocaram num print falso que simula ser um tuíte meu e começou a circular hoje nas redes sociais. O que acontece é que meus inimigos (que todo o Brasil sabe quem são!) não têm argumentos contra o que eu REALMENTE digo e defendo, então precisam inventar mentiras, criar “fake news”, divulgar supostos projetos de lei ridículos que eu jamais apresentei ou declarações bizarras e toscas que eu nunca fiz.

Um detalhe muito importante: ao contrário que o texto do boato sugere, a fotografia das meninas com roupas de casamento não tem nada a ver com pedofilia. Na verdade, ilustra crianças que foram damas de honra em uma cerimônia na Palestina. Aqui no Boatos.org até desmentimos uma história semelhante antes.

Resumindo: o tweet de Jean Wyllys sobre o casamento infantil islâmico não ser pedofilia é totalmente falso. O mesmo vale para o texto informando que há políticos tentando legalizar o casamento infantil no Brasil. É só mais uma montagem e mais um texto falso aumentando a lista que nós já escrevemos sobre os vários boatos envolvendo Jean Wyllys. Além disso, a imagem não tem a ver com “pedofilia do islamismo”.

PS: Esse artigo foi uma sugestão da leitora Simone Monteiro e diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)