Informação falsa: Jandira Feghali quer trocar cores da bandeira do Brasil

Jandira Feghali quer trocar as cores da bandeira do Brasil, diz boato
Jandira Feghali quer trocar as cores da bandeira do Brasil, diz boato

Boato – Deputada Jandira Feghali sugeriu, durante entrevista para a Rádio Globo do Rio de Janeiro, que o Brasil trocasse o azul pelo vermelho na cor da bandeira.

Criada em 1889, a atual bandeira do Brasil mantém as cores verde, amarelo, azul e branco desde quando foi desenhada. Porém, um texto que circula pela internet aponta que há uma deputada querendo trocar as cores da bandeira do país.

Odiada pelo militantes com tendência mais à direita, a deputada Jandira Feghali (PC do B – RJ) tem sido acusada de planejar que as cores da bandeira do Brasil sejam trocadas. Ela teria falado isso durante uma entrevista para a Rádio Globo do Rio de Janeiro. Leia o texto:

Vc concorda?

Muitos países já trocaram a cor da bandeira. Está na hora de trocar o azul de nossa bandeira pela cor vermelha. Haja visto que o hoje o nosso país tem uma tendência socialista.

Jandira Feghali – Dep. Federal PC do B

Entrevista na Rádio Globo-RJ

Entre os sites que vimos a tal imagem está o da “OCC”, a Organização de Combate à Corrupção. Também vimos a história sendo compartilhada no Facebook pela página. Mas como você deve imaginar, a informação não faz o mínimo sentido.

Tentamos procurar algum registro da entrevista que ela teria dado à Rádio Globo ou mesmo alguma tentativa dela de difundir a ideia de trocar as cores da bandeira de azul para vermelho. Não achamos nada.

Juntando-se a esse fato, está o histórico da tal OCC. A página é famosa por “dar furos na água” em boatos contra o governo atual e principalmente em histórias falsas envolvendo um suposto golpe militar no Brasil, algo que está longe de acontecer.

Não é a primeira vez que essa história de troca de cor da bandeira do Brasil circula na internet. Nas nossas pesquisas, achamos casos parecidos que circularam em 2010 e até em 2002. Como você pode perceber, o tempo tratou de responder que as histórias eram falsas.

Sem mais o que falar, podemos cravar que a história não faz o mínimo sentido. É mais um boato que circula pelo internet.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)